Ganhador.com

Brasileirão Série A

Invencibilidade do Avaí e possibilidade de a Ponte Preta entrar no G-4 abrem 21ª rodada do Brasileirão da Série B

Jogador do Avaí
Foto: Jamira Furlani/Avaí F.C.

Há seis jogos sem serem derrotados, catarinenses tentam ganhar gordura na tabela diante do ameaçado Brasil de Pelotas; Macaca depende de um triunfo sobre o Criciúma para atingir momentaneamente a quarta posição

A 21ª rodada do Brasileirão da Série B dá início nesta terça-feira (14 de agosto) com a briga pelo G-4 mais acirrada do que nunca. Se o líder Fortaleza (40 pontos) e o vice CSA (34) parecem estar um passo à frente dos demais na classificação geral, a disputa pela terceira e quarta colocações está totalmente em aberto. São oito times brigando por duas posições e apenas três pontos separando o Avaí, terceiro na tabela com 32 pontos, do Coritiba, o 10º com 29. Cientes desta proximidade, os catarinenses tentam um resultado favorável contra o ameaçado Brasil de Pelotas, fora de casa. Já em Campinas, a Ponte Preta pega o Criciúma querendo acabar com o mau retrospecto no Moisés Lucarelli para assim figurar pela primeira vez nesta edição no grupo de acesso.

 

Brasil de Pelotas x Avaí

Após vitória sofrida sobre o Vila Nova por 1×0 na Ressacada e encerrar o jejum de quatro jogos sem ganhar em seu estádio, o Avaí volta para o seu melhor habitat neste Brasileirão: os jogos fora de Florianópolis. Segundo melhor visitante da Série B com cinco vitórias em 10 partidas, o clube catarinense vai ao Sul do país enfrentar o Brasil de Pelotas querendo manter a fama.

Para isso, o time dirigido por Geninho leva na bagagem a invencibilidade de seis jogos. É bem verdade que foram apenas dois triunfos no período (diante do Vila Nova e Londrina), mas a Azurra continua forte. Dentro de campo, o treinador do Leão da Ilha deve seguir com a formação com dois zagueiros (Betão e Aírton), que passou ilesa contra o Tigrão. Já na frente, Rodrigão, artilheiro da equipe ao lado de Renato com seis gols, é o principal destaque.

No Brasil de Pelotas, que alcançou o empate na parte final do jogo contra o São Bento, em Sorocaba, encontraremos um time bastante aguerrido. Apesar da 16ª colocação, sendo um ponto acima do Londrina, que abre o Z-4, o Xavante é dificilmente batido no Sul. Em dez jogos, são apenas três derrotas da equipe jogando no estádio Bento Freitas. Melhor, o clube venceu três dos últimos cinco embates como mandante. Mesmo ocupando a parte debaixo da tabela, o time comandado por Gilmar Dal Pozzo promete ser um adversário duro de ser batido.

 

Palpite

É apostando nesta dificuldade que as equipes visitantes têm em jogar no Bento Freitas que acredito na possibilidade de o Brasil de Pelotas ganhar um ponto nesta terça-feira. O empate, aparentemente, parece desastroso pela situação delicada da equipe gaúcha na tabela, mas diante de um rival duro como é o Avaí, não parece tão ruim assim.

 

Ponte Preta x Criciúma

Vindo de uma sonora goleada por 4×0 sobre o Paysandu, em Belém, a Ponte Preta entra como tudo na reta final do Brasileirão. Se no primeiro turno a equipe campineira sofreu com os altos e baixos e perdeu duas oportunidades de entrar no G-4, o início invicto no returno é motivo de confiança no clube.

Melhor visitante da segunda divisão, a Macaca tenta equilibrar sua campanha e deixar para trás a marca de pior mandante, que é marcada por jogos sem torcida, punições e mau desempenho dentro de campo. Esta história pode ser reescrita logo mais, contra o Criciúma, 14º colocado com 24 pontos. Dois pontos atrás do Atlético Goianiense, que abre o G-4, os alvinegros (oitavos com 29 pontos) dependem de uma vitória simples para assumirem a posição provisoriamente.

Só que do outro lado há um time em franca ascensão na Série B. De candidato ao rebaixamento, o Tigre vem em arrancada impressionante, somando cinco jogos de invencibilidade, sendo três vitórias. Pronto para voos mais altos no campeonato, a equipe dirigida por Mazola Júnior quer se aproveitar da fragilidade rival no Majestoso.

Palpite

Esqueça aquela Ponte Preta do primeiro turno atuando no Moisés Lucarelli. À medida que a Série B entra na reta final, a Macaca ganha cada vez mais confiança e força para atingir o objetivo da temporada: acesso à Série A. É com esse foco que a equipe liderada pelos atacantes André Luís e Júnior Santos (ambos com sete gols no torneio) deve acabar com a boa série catarinense na segundona e dormir no G-4.

Confira os jogos da 21ª rodada do Brasileirão da Série B

Terça-feira, 14 de agosto

  • 19:15 – Brasil de Pelotas x Avaí – Palpite: empate
  • 21:30 – Ponte Preta x Criciúma – Palpite: Ponte Preta

Sexta-feira, 17 de agosto

  • 19:15 – Londrina x Paysandu – Palpite: Londrina
  • 20:30 – Vila Nova x CRB – Palpite: Vila Nova
  • 21:30 – Figueirense x Goiás – Palpite: empate

Sábado, 18 de agosto

  • 16:30 – Fortaleza x Boa Esporte – Palpite: Fortaleza
  • 16:30 – Atlético Goianiense x Coritiba – Palpite: Atlético Goianiense
  • 16:30 – Oeste x Juventude – Palpite: Oeste
  • 19:00 – Sampaio Corrêa x Guarani – Palpite: Guarani
  • 21:00 – CSA x São Bento – Palpite: CSA

 

Classificação geral do Brasileirão da Série B 2018

  1. Fortaleza – 40 pontos – Série A
  2. CSA – 34 pontos – Série A
  3. Avaí – 32 pontos – Série A
  4. Atlético Goianiense – 31 pontos – Série A
  5. Goiás – 30 pontos
  6. Figueirense – 30 pontos
  7. Vila Nova – 30 pontos
  8. Ponte Preta – 29 pontos
  9. Guarani – 29 pontos
  10. Coritiba – 29 pontos
  11. Oeste – 26 pontos
  12. São Bento – 25 pontos
  13. Juventude – 25 pontos
  14. Criciúma – 24 pontos
  15. Paysandu – 24 pontos
  16. Brasil de Pelotas – 22 pontos
  17. Londrina – 21 pontos – Série C
  18. CRB – 21 pontos – Série C
  19. Sampaio Corrêa – 17 pontos – Série C
  20. Boa Esporte – 17 pontos – Série C

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Com briga intensa pelo G-4, 21ª rodada da Série B tem Atlético Goianiense x Coritiba e Figueirense x Goiás | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar