Ganhador.com

Copa do Brasil

Instável, Corinthians põe o vigor de seu elenco à prova contra o Vitória pela Copa do Brasil

Corinthians aposta em Pedrinho e Rodriguinho para vencer a retranca do Vitória hoje em Itaquera pela Copa do Brasil.

Foto: Marco Galvão/Estadão Conteúdo/Reprodução

Sem o mesmo desempenho de 2017 e em meio a uma maratona de jogos, o Corinthians precisa de um triunfo hoje sobre o Vitória para seguir adiante na Copa do Brasil e “fazer caixa”.

Desde a conquista do Campeonato Paulista, o Corinthians entrou em campo 7 vezes em 21 dias – média de 1 jogo a cada 3 dias. Até a pausa para a Copa do Mundo, o Timão terá realizado mais 11 jogos em 34 dias. Com um elenco em geral abaixo daquele que conquistou o Brasileirão e o Paulista em 2017, a parte física começa a pesar e isso se reflete nos resultados. Somadas todas as (muitas) competições que disputa, o Corinthians está há 4 jogos sem vencer. Foram 2 empates (Ceará e Vitória) e 2 derrotas (Atlético-MG e Independiente). Com o fim do gol qualificado, o Timão precisa de um triunfo hoje no Itaquerão sobre o Vitória por qualquer resultado para avançar às quartas de final da Copa do Brasil e abocanhar um prêmio de cerca de R$ 3 milhões (se chegar à final garante, pelo menos, R$ 20 milhões com o vice-campeonato). Dadas as circunstâncias, será sinal de inteligência a comissão técnica eleger o mata-mata nacional como prioridade na temporada para o atual campeão brasileiro.

 

Curto e rentável

Com problemas semelhantes aos que enfrentou em 2016 na montagem do elenco, o Corinthians tem dificuldades para “dar conta” de todos os campeonatos que disputa e brigar por títulos. Por estar um pouco “abaixo” de alguns clubes na Libertadores e dificilmente “ter fôlego” para disputar o título brasileiro até o final, o Alvinegro poderá fazer, a partir de hoje, uma opção pela Copa do Brasil.

Rodriguinho, que retorna ao time titular hoje depois de ter sido poupado na matinê de domingo contra o Ceará, declarou em coletiva que:

“A Copa do Brasil é importante, tem uma premiação muito boa para o clube, é tiro curto. Podemos ser campeões em poucos jogos. Não dá para poupar. Eu prefiro passar na Copa do Brasil a ter uma vitória no clássico (domingo, contra o Palmeiras). No Brasileiro tem muita coisa para rolar ainda.”.

Sem dúvidas, com o caixa combalido, enrolado com a dívida do estádio, tendo despesas com jogadores que não deram retorno (Giovanni Augusto, Guilherme, Marlone, Marquinhos Gabriel) e fazendo contratações de qualidade duvidosa (Sheik, Roger), pensar na polpuda premiação da Copa do Brasil é, no mínimo, sensato.

Além disso, vale vaga na Libertadores de 2019.

 

Sem referência

Sem poder contar com Roger – que fez sua estreia no último domingo – pela Copa do Brasil, o Corinthians voltará ao esquema 4-2-4, sem centroavante, que vem dando certo na maior parte dos compromissos da equipe na temporada (outra mostra do talento de Fábio Carille em tirar “leite de pedra” com o pouco material que tem para trabalhar).

Quem ganhará nova chance entre os titulares é Pedrinho. O xodó da Fiel, que fez sua primeira partida como titular na temporada no último domingo pelo Brasileirão ganhou a vaga de Mateus Vital e atuará aberto pela direita do ataque, deslocando assim, Romero, para o lado esquerdo.

Sem grandes “cartas a esconder” e com Fagner, Ralf, Renê Júnior e Clayson no departamento médico, o Corinthians deverá ir a campo hoje com uma formação bem conhecida: Cássio; Mantuan, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon; Pedrinho, Jadson, Rodriguinho e Romero.

 

Invencibilidade

O técnico Vagner Mancini vai a campo hoje defender um tabu de 3 jogos sem perder para o Corinthians. Foram 2 empates (com a Chapecoense na abertura do Brasileiro de 2017, e pela Copa do Brasil no jogo de ida das oitavas de final com o Vitória no último dia 25) e 1 triunfo (também com o Vitória, por 1 a 0 no Itaquerão no returno do Brasileirão de 2017; em jogo que acabou com a invencibilidade alvinegra). Os resultados conquistados em Itaquera – onde o Timão não mostra, nesta temporada, a mesma força de 2017 – servem ao time baiano na noite de hoje. O triunfo, por qualquer resultado, dá a vaga ao Rubro-negro enquanto que o empate, também por qualquer placar, levará a decisão para os pênaltis – cenário que, normalmente, equipara as chances entre equipes tecnicamente bem distintas.

Bom para Mancini que vem de uma série de 4 jogos sem vitórias no Brasileirão e chegará para o jogo de hoje com alguns desfalques: Bryan, Juninho, Rodrigo Andrade, Jonatas Belusso e Nickson, aos cuidados do departamento médico seguem fora, e por terem atuado por outros clubes nesta edição da Copa do Brasil,  Jeferson, Lucas Fernandes e Wallyson não podem jogar. O goleiro Fernando Miguel que está a caminho do Vasco não faz mais parte elenco rubro-negro.

Sem apresentar a possível escalação do time, o clube divulgou a lista de 20 jogadores que estarão à disposição de Vagner Mancini para o jogo de logo mais, às 19:30, em Itaquera:

Goleiros: Ronaldo e Caíque;
Laterais: Pedro Botelho e Lucas;
Zagueiros: Bruno, Aderllan, Ramon e Kanu;
Volantes: Willian Farias, Uillian Correia, Fillipe Soutto e José Welison;
Meias: Baumjohann, Rhayner, Yago e Guilherme;
Atacantes: André Lima, Neílton, Denílson e Luan.

 

Palpite para Corinthians x Vitória

Mesmo com um desempenho abaixo do obtido na temporada passada – em seus últimos 10 jogos como mandante foram 6 vitórias, 1 empate e 3 derrotas –, o Corinthians vai a campo hoje com o favoritismo de jogar no Itaquerão e com o apoio de sua torcida (mais de 19 mil ingressos já foram vendidos).

Isso deve fazer a balança pesar a favor do alvinegro que deverá se garantir nas quartas de final da Copa do Brasil com uma vitória simples, sem brilho mas necessária. E de quebra, colocará um fim à boa série de Vagner Mancini contra o Timão e aumentará a pressão baiana sobre os ombros do professor.

 

Ontem na Copa do Brasil

Sem pisar muito no acelerador e com grande atuação de Borja – que mostrou serviço depois de ver William “voando” em campo – o Palmeiras fez o que dele se esperava e venceu o América-MG por 2 a 1 ontem no Estádio Independência (Horto). Valente, o Coelho bem que tentou colocar pressão em cima do Verdão, mas faltou qualidade na hora de concluir e o empate – que seria possível – não aconteceu.

Os reservas do Grêmio não tomaram conhecimento do Goiás e em ritmo de treino confirmaram a vaga do Tricolor com uma vitória por 3 a 1 na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. O Imortal segue mostrando serviço e, aparentemente, ainda longe do seu limite técnico. Melhor para o o futebol.

O Vasco da goleada por 4 a 1 em cima do América-MG no último final de semana pelo Campeonato Brasileiro esqueceu de comparecer, ontem, no Estádio da Fonte Nova e facilitou a vida do Bahia que saiu na frente vencendo o jogo por 3 a 1 e encaminhando sua vaga às quartas de final da Copa do Brasil (a volta será no próximo dia 16 em São Januário).

 

Resultados, horários e palpites para os jogos das oitavas de final da Copa do Brasil

Quarta-feira, 9 de maio de 2018

  • 19:30 – Grêmio 3 x 1 Goiás – Arena do Grêmio – palpite: Grêmio
  • 19:30 – América-MG 1 x  2Palmeiras – Estádio Independência (Horto) – palpite: empate
  • 21:45 – Bahia 3 x 0 Vasco – Arena da Fonte Nova – palpite: Vasco

Quinta-feira, 10 de maio de 2018

  • 19:30 – Corinthians x Vitória – Arena Corinthians – palpite: Corinthians
  • 19:30 – Flamengo x Ponte Preta – Maracanã – palpite: Flamengo
  • 21:45 – Santos x Luverdense – Vila Belmiro – palpite: Santos

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar