Ganhador.com

Futebol: Vídeos

Houve tempo para surpresas – e polêmica – nas finais dos estaduais

Cruzeiro, Corinthians e Botafogo revertem as vantagens de Atlético-MG, Palmeiras e Vasco, surpreendem e conquistam seus estaduais enquanto que no Rio Grande do Sul o “fico” de Renato Gaúcho faz a alegria do tricolor campeão estadual.

Para quem achava que as finais estaduais seriam uma chatice só depois dos jogos de ida, o final de semana teve surpresas (e também polêmica), dignas da imprevisibilidade do futebol.

Em São Paulo, o esforçado Corinthians, no jogo do pênalti que foi sem nunca ter sido, reverteu a vantagem do Palmeiras, amarrou-se na defesa e, nos pênaltis levou mais um troféu para casa – o terceiro de Fábio Carille em 16 meses como técnico. Revoltada, a diretoria palmeirense proibiu os jogadores de receberem as medalhas e o troféu de vice e com 8 atletas na seleção do estadual não participou da festa de encerramento do torneio ontem, dia 9, e ainda emitiu uma nota oficial onde comunica seu “rompimento” com a Federação Paulista de Futebol até que suas “exigências” para o Paulistão de 2019 sejam atendidas.

No Rio, Joel Carli marcou no final, empatou o saldo agregado e, nos pênaltis, o Botafogo de Alberto Valentim (outro técnico da “nova safra”) levou o título de campeão carioca em cima do valente Vasco de Zé Ricardo.

No Rio Grande do Sul, o Grêmio goleou novamente o Brasil de Pelotas e comemorou o título e a permanência do técnico Renato Gaúcho no comando do time. O “não” do professor deixou o Flamengo “órfão” e, sem Plano B. O interino Maurício Barbieri assume o comando da equipe no início do Brasileirão e tenta repetir o desempenho razoável de Zé Ricardo quando foi alçado ao time principal na Gávea.

Em Minas, a Raposa – que muitos consideravam morta – marcou os dois gols que precisava e levou para casa mais um Campeonato Mineiro impedindo assim o bicampeonato do Galo – que conquistou o título em cima deste mesmo Cruzeiro em 2017 sob o comando de Roger Machado (que perdeu o Paulista no último do domingo à frente do Palmeiras).

E ainda tivemos o Ceará Campeão Cearense em cima do Fortaleza de Rogério Ceni e o “time de transição” do Atlético-PR campeão pela primeira vez em sua Arena da Baixada.

Aperte o play e confira o comentário bem humorado de Flavio Soares para estes e outros assuntos que foram destaque no futebol brasileiro na rodada do final de semana.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar