Copa do Mundo Rússia 2018

Harry Kane vai mais uma vez salvar a Inglaterra? O English Team busca a classificação no Grupo G contra o Panamá

Harry Kane da Inglaterra
Foto: Robbie Jay Barratt - AMA/Getty Images

Após quase passar vexame na abertura da Copa do Mundo, os ingleses podem garantir a classificação às oitavas com um triunfo sobre o time da América Central

Não foi a estreia dos sonhos do fanático torcedor da Inglaterra, mas os três pontos vieram. Após um início avassalador contra a Tunísia, o English Team sofreu demais no segundo tempo e poderia muito bem ter saído com o empate se não fosse Harry Kane: o atacante do Tottenham mostrou todo o seu faro de artilheiro nos acréscimos e sacramentou o triunfo por 2 a 1 contra os africanos. Será que o ‘Hurricane’ pode atacar a defesa do Panamá e dar a classificação antecipada aos ingleses? A bola vai rolar às 9h deste domingo (24) na linda arena de Nijni Novgorod.

 

Inglaterra ganhou, mas não encantou

Diz o ditado popular que ‘a primeira impressão é a que fica’, mas, no caso da Inglaterra, isso não se aplicou. A primeira impressão foi excelente: marcação alta, muita velocidade e várias chances de gol nos primeiros 10 minutos. As seis finalizações certas foram o maior número em um primeiro tempo em Mundiais desde a semifinal da Copa de 1966, em casa, contra Portugal – torneio que o English Team viria a vencer na final contra a Alemanha Ocidental.

Agora, o que realmente ficou marcado na memória da Rainha, e do resto do torcedor inglês, é um time perdido, nervoso, e que não conseguiu de forma nenhuma agredir a Tunísia depois de levar o empate – em um pênalti infantil de Walker. O inesperado gol mexeu com o psicológico do English Team – um time muito forte defensivamente e que não está tão acostumado a ter a sua defesa vazada. Lembrou bastante um certo time da América do Sul com cinco títulos mundiais…

A equipe passou o segundo tempo quase que inteiro com a famosa ‘posse de bola morta’: virava o jogo de um lado para o outro, trocava passes perto da área africana, mas tinha extrema dificuldade na hora de furar o ferrolho tunisiano. Quando o time já parecia conformado com o empate, Harry Kane salvou: o matador fez o gol da vitória de cabeça e tranquilizou toda uma nação já traumatizada com a eliminação precoce na edição anterior.

 

“O importante é competir”

Após a derrota de três a zero para a Bélgica, os jogadores do Panamá pareciam felizes com o revés e a torcida nas arquibancadas comemorava o resultado altamente adverso. Essa reação confirmou o que já tínhamos adiantado por aqui: essa equipe já está extremamente feliz apenas com o fato de participar pela primeira vez da Copa do Mundo!

Claro que o futebol é resolvido dentro das quatro linhas, mas, pelo que apresentaram contra os belgas, fica bem difícil imaginar uma zebra em Nijni Novgorod. Os panamenhos seguraram bem a pressão e conseguiram ir para o intervalo em 0 a 0, mas a famosa ‘linha de 5’ desmontou totalmente depois que Mertens abriu o placar em um chutaço de fora da área.

A partir de então, a equipe parecia bem perdida – não sabia se tentava agredir para buscar o empate ou fechava a casinha para não levar mais gols. No fim, pelo tanto de chances que os belgas desperdiçaram, 3 a 0 acabou ficando no lucro. Se mostrarem algo parecido diante da Inglaterra, a chance de um destino similar é gigantesco.

 

Prováveis escalações

Panamá (5-4-1): Penedo; Roman Torres, Escobar, Machado, Ovalle, Murillo; Gomez, Quintero, Barcenas, Godoy; Gabriel Torres.

Inglaterra (3-5-2): Pickford; Walker (Cahill), Stones, Cahill; Trippier, Lingard, Alli, Henderson, Young; Sterling, Kane.

 

A hora de embalar é agora, sir!

A Inglaterra talvez tenha a sido a seleção com mais sorte no sorteio do Mundial: dois adversários bem acessíveis para embalar e ganhar moral antes de encarar times mais desafiadores. Agora, pelo menos depois do primeiro duelo, o sentimento foi de frustração. Chegou a hora dos comandados de Gareth Southgate mostrarem a que vieram na Rússia!

Quase impossível a forte defesa inglesa ser vazada pelos panamenhos, agora, será que o English Team consegue furar a retranca dos Canaleros? A aposta é que sim. Depois que a primeira bola entrar, a Inglaterra administra mais uma vitória tranquila.

 

Palpite: Inglaterra 2 x 0 Panamá

 

Próximos jogos do Grupo G

Sábado, 23 de junho

  • 09:00 – Bélgica x Tunísia

Domingo, 24 de junho

  • 09:00 – Inglaterra x Panamá

Quinta-feira, 28 de junho

  • 13:00 – Inglaterra x Bélgica
  • 13:00 – Panamá x Tunísia

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar