Paulista A2

Guarani, São Bernardo, Oeste e XV de Piracicaba: apenas dois subirão; semifinais da A-2 começam nesta sexta

Foto: Letícia Martins / Guarani Press

Times que avançarem à decisão já estarão automaticamente classificados para a elite do Paulistão no ano que vem; primeiro duelo do mata-mata acontece logo mais entre o Rubrão e o Bernô

As semifinais da Série A-2 do Paulistão começam nesta sexta-feira (30) com o confronto entre  Oeste e São Bernardo. No sábado (31), o Guarani, time de melhor campanha na primeira fase, disputará os primeiros 90 minutos da “decisão” contra o XV de Piracicaba, que conseguiu a última vaga no mata-mata graças a uma combinação de resultados. Mas é bom avisar aos curiosos que a Segundona paulista é famosa por suas surpresas, quando o favoritismo de um time beira à pretensão.

 

O que diz o regulamento nas finais da Série A-2

A única vantagem dos melhores classificados é o direito de fazer o segundo jogo em casa, quando não há gol fora de casa como critério de desempate. Aqueles que levarem a melhor nos dois confrontos garantem o acesso à elite do Estadual e depois disputam o título da Série A-2.

 

Semifinal da Série A-2: XV De Piracicaba x Guarani

Amanhã (31), o Bugre inicia as semifinais como visitante diante do XV, no estádio Barão da Serra Negra, às 20h30 (horário de Brasília). Com um trabalho muito consistente, o técnico Umberto Louzer sabe que a excelente campanha da primeira fase de nada serve se o time não garantir uma vaga na primeira divisão paulista em 2019. A verdade é que o acesso vale mais que o título – os dois finalistas da Segundona se qualificam para a Série A-1. Por isso, Louzer se apega ao discurso de respeito ao Nhô Quim, que fará de tudo para conseguir a vitória diante da torcida.

“É uma camisa forte e tradicional como a nossa. O respeito seria igual com quem quer que fosse. Vamos trabalhar durante a semana para evoluir e estarmos nas melhores condições de fazer um bom jogo. É um duelo de 180 minutos e vamos procurar estar equilibrados e estruturados para minimizar erros e conseguir êxito”, afirmou.

Prováveis escalações

XV de Piracicaba: Luiz Fernando; Oziel, Vinicius Simon (Jean Pablo), Marcondes e Pedrinho; Gilson, Jonathan Costa (Bruno Formigoni) e André Cunha (Jobinho); Fabinho, Bruninho e Everton – Técnico: Evaristo Piza.

Guarani: Bruno Brígido; Lenon, Philipe Maia, Fernando Lombardi e Salomão; Baraka, Ricardinho (Denner), Bruno Nazário, Rondinelly (Fumagalli) e Erik; Bruno Mendes – técnico: Umberto Louzer.

Palpite

Diferente dos demais times da Série A-2, o Guarani pouco oscilou da metade para frente na fase de classificação. Focado em reafirmar sua grandeza no cenário regional, o Bugre sabe que uma noite infeliz no Barão da Serra Negra pode complicar o projeto de retomada do clube campineiro. Mas nosso palpite é de que os comandados de Umberto Louzer jogarão focados em levar um bom resultado para definir a classificação no Brinco de Ouro da Princesa. Portanto, o nosso palpite é de empate.

 

Oeste x São Bernardo

Logo mais (30), às 21h (horário de Brasília), na Arena Barueri, o Oeste, que liderou a primeira fase no início da competição, mas teve uma queda de produção, espera surpreender o São Bernardo, equipe que sofreu apenas uma derrota em 15 confrontos disputados na etapa de classificação. Apesar de não ter perdido contato com os primeiros colocados, a consolidação do Rubrão no G-4 foi no sufoco. Porém, o mandantes querem aproveitar o embalo

“Rei dos empates” na reta final da primeira fase, o Bernô até se contentaria com o placar igual, já que fará o duelo de volta, na próxima terça-feira (03), no ABC. Mas o time já estourou a cota de tropeços, que chegaram a colocar em risco a classificação nas semifinais. Porém, a maior consistência dos comandados de Wilson Júnior têm tudo para fazer a diferença nesta reta final da Série A-2.

Prováveis escalações

Oeste: William Menezes; Daniel Borges (Glaucio), Betinho, Lídio e Conrado; Wallace Bonilha, Daniel Farias e Marcinho (Pedrinho); Raphael Luz, Bruno Lopes (Leonardo) e Nicolas Careca –Técnico: Roberto Cavalo

São Bernardo: Daniel; Edvan, Vinicius Leandro, Douglas e Fernando Jr; Thiago Cesar, Matheus Jussa (Guilherme Noé), Judson e Ricardinho; Alvinho e Willian Lira (Lucas Lino) – técnico: Wilson Júnior.

Palpite

Seguindo sua vocação de coluna do meio, o São Bernardo conseguirá mais um empate. Porém, neste caso, trata-se de um resultado a ser comemorado. Mas o Bernô precisa de mais ousadia se quer alcançar a primeira divisão. De bobo, o Oeste não tem nada. Aliás, o Rubrão quase se classificou para a Série A do Brasileirão no ano passado.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.