Copa do Mundo Rússia 2018

Grupo G: Panamá e Tunísia podem fazer história na despedida da Copa do Mundo da Rússia

Seleção da Tunísia
Foto: Chris Brunskill/Fantasista/Getty Images

Enquanto os panamenhos buscam o primeiro ponto em Mundiais, os africanos tentam vencer a segunda partida em toda a sua história – a primeira foi em 1978

Bem longe dos holofotes do mundo, voltados para o outro duelo do Grupo G entre Bélgica e Inglaterra, Tunísia e Panamá se enfrentam nesta quinta-feira, às 15h, buscando um resultado que seria histórico para ambos os países – praticamente irrelevantes no futebol mundial. Estreante em Copas, o Panamá segue em busca do primeiro pontinho no torneio; já os africanos entram em campo com boas possibilidades de conseguir o primeiro triunfo desde o distante ano de 1978. A promessa é de um bom jogo em Saransk!

 

Em busca dos primeiros pontos em Mundiais

Antes mesmo da bola rolar na Rússia, estava mais do que claro que o Panamá em geral já estava extremamente feliz apenas pelo fato de sua seleção estar presente no Mundial – muito graças a um gol contra dos Estados Unidos no jogo final das Eliminatórias da CONCACAF.  Até hoje o povo na Terra do Tio Sam lembra com amargor esse momento desastroso da história de sua seleção.

O que aconteceu no segundo duelo, diante da Inglaterra, deixou esse sentimento escancarado: o time levava uma goleada histórica de 6 a 0 do English Team, mas explodiu de alegria aos 37 da segunda etapa – quando o veterano Felipe Baloy colocou, de carrinho, a bola no fundo do gol de Pickford. O primeiro gol em Mundiais! Mesmo após um atropelamento incrível, a torcida festejava demais nas arquibancadas e venerava o zagueiro autor da façanha.

Agora, imagine o tamanho da festa caso a equipe caribenha conquiste algum pontinho? Uma vitória diante da Tunísia decretaria feriado nacional no país! Pode não valer nada em termos de classificação, mas os jogadores sabem muito bem o que estará em jogo.

 

40 anos sem vitória em Copas

O azar gigantesco da Tunísia começou já na hora do sorteio – o time sabia que seria extremamente difícil passar de fase em uma chave com Bélgica e Inglaterra. Após um começo desastroso na estreia, as Águias chegaram a empatar o duelo contra o English Team e por pouco, muito pouco, não saíram de campo com o empate. Seria a grande chance de sobrevivência.

A equipe lutou demais no segundo embate contra os belgas, mas não foi minimamente capaz de fazer frente ao talento dos Diabos Vermelhos. Quando parecia que a equipe teria chances de brigar pelo menos por um empate, alguns erros na saída de bola colocaram tudo a perder.

Com a eliminação sacramentada, as Águias entrarão em campo em busca da segunda vitória em Copas do Mundo! Curiosamente, o primeiro triunfo veio logo em sua estreia em Mundiais – um 3 a 1 diante do México no dia dois de junho de 1978. De lá para cá foram mais quatro participações em Copas (1998, 2002, 2006 e 2018) com quatro empates e nove derrotas.

 

Como chegam as equipes

Depois do sorteio da Copa, o técnico  Hernán Darío Gómez mudou o esquema do 4-4-2 para o defensivo 5-4-1 – com a esperança de armar uma retranca que complicasse para os dois gigantes. Não Funcionou. Portanto, pode ser que com as ausências de  Michael Murillo e Armando Cooper, suspensos com dois cartões amarelos, o treinador volte ao esquema que levou os panamenhos ao Mundial.

Já na Tunísia, Nabil Maaloul não possui ninguém suspenso e deve manter o seu 4-1-4-1. O único desfalque mais uma vez será o goleiro: o titular Mouez Hassen sofreu uma contusão na partida contra o English Team e foi substituído por Farouk Ben Mustapha.

 

Prováveis escalações

Panamá (5-4-1): Penedo; Roman Torres, Escobar, Machado, Ovalle, Davis; Gomez, Quintero, Barcenas, Godoy; Gabriel Torres.

Tunísia (4-1-4-1): Mustapha; Ben Youssef, Meriah, Maaloul, Bedoui; Ben Amor; Sassi, Skhiri, Silti, Badri; Khazri.

 

O talento vai falar mais alto

A Tunísia é, sem sombra de dúvidas, o time mais organizado e talentoso dos dois. Agora, será que vão entrar tão motivados e determinados como os panamenhos? O time da América Central  teve uma injeção extra de ânimo após o gol marcado e certamente darão a vida pela primeira vitória.

Agora, por mais que os caribenhos corram e se empenhem, os buracos na defesa podem custar a vitória. No fim das contas, as Águias africanas vão sair com os três pontos na despedida do Mundial.

Palpite: Tunísia 2 x 1 Panamá

 

Próximos jogos do Grupo G

Quinta-feira, 28 de junho

  • 15:00 – Inglaterra x Bélgica
  • 15:00 – Panamá x Tunísia

 

Comentários

2 Comentários

2 Comentários

  1. ELISA ENI OLIVEIA DA SILVA

    28 de junho de 2018, às 15:21

    A melhor zebra da copa , Alemanha nossa rival ,perdendo para um pois Asiatico FOI TERRIVEL .
    dois a zero..meu Deus estou vingada hucha kkkkkkkkk

  2. Pingback: Grupo G na Copa do Mundo 2018: Bélgica, Panamá, Tunísia, Inglaterra | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.