Ganhador.com

Dicas de Apostas

França campeã: quais foram os grandes lucros gerados com a decisão da Copa do Mundo?

Foto: Valery Sharifulin/TASS via Getty Images

Pogba, Mbappé e Griezmann entraram em campo como claros favoritos, mas nem assim o investimento em cima dos franceses deixou de ser interessante                            

A Terra é azul – e azul escuro, cor do uniforme da França, a mais nova campeã mundial de futebol. Jogando com uma eficiência rara de se encontrar em qualquer outra equipe na história, a seleção comandada pelo técnico Didier Deschamps voltou a fazer o difícil ficar fácil: assim como contra a Argentina, a França também marcou quatro gols, desta vez em plena decisão de Mundial, e colocou a Croácia em um nível realmente abaixo do seu.

As casas de apostas já mostraram que a França era a grande favorita à vitória nos 90 minutos, e quem assinalou a vitória dos Azuis não teve o que reclamar. O lucro final foi de R$ 2,12 a cada R$ 1,00 investido, contra R$ 3,06 do empate e R$ 4,12 do que retornaria o triunfo da Croácia.

Mas a vitória simples não foi a única opção interessante de lucro gerada com a decisão. O próprio título da França era um convite a se apostar um valor de maior volume, devolvendo R$ 1,44 a cada R$ 1,00 – quem colocou R$ 100,00 nesta possibilidade pôde faturar R$ 44,00 sem sofrer sustos, pois o 4×2 final chegou a mostrar um 4×1 que deixou clara a superioridade francesa ao longo desta decisão na qual se percebeu também todo o cansaço dos croatas, com as pernas devastadas depois de todo o esforço por deixar Dinamarca, Rússia e Inglaterra pelo caminho.

 

Uma goleada histórica (e lucrativa)

O Ganhador acompanhou as cotações da decisão em tempo real e pôde perceber que quem arriscou o 4×2 final fechou este Mundial como um verdadeiro campeão, faturando nada menos que R$ 28,00 a cada R$ 1,00 apostado. O placar, claro, estava muito difícil de ser antecipado nesta Copa do Mundo. Para se ter ideia, uma decisão de Mundial não contava com tamanha disparidade desde o México-1970, quando Brasil amassou a Itália por 4×1 no Estádio Azteca.

Era bem mais viável, por exemplo, cravar que Griezmann seria eleito o melhor da partida, o que gerou no final R$ 2,10/R$ 1,00. Era uma briga realmente apertada, pois outros jogadores que brilharam na decisão, como Mbappé e Pogba, apareciam logo atrás, com R$ 2,30 e R$ 2,45/R$ 1,00, respectivamente.

Quem ainda se familiariza com as apostas pode achar estranho, mas quem já está mais ambientado sabe que um mundo de lucros foi gerado nesses dias finais do Mundial da Rússia.

Todos os jogos da Croácia nos mata-matas desta Copa tiveram gols no primeiro tempo. A final? Idem. Quem seguiu esta tendência faturou R$ 1,57 a cada R$ 1,00 investido. Houve um ganho interessante também a quem antecipou a vitória da França no primeiro tempo, recebendo R$ 2,62/R$ 1,00 pela vitória parcial ao final dos primeiros 45 minutos.

Um lucro inusitado? Imaginar que o primeiro gol seria logo um gol contra, o que rendeu ótimos R$ 15,00/R$ 1,00 com a testada de Mandzukic para a sua própria meta. O pênalti assinalado – e convertido por Griezmann – também já estava mostrando valores interessantes: R$ 2,62/R$ 1,00 caso fosse marcado, e era bem provável que esta Copa do Mundo do VAR contasse com uma penalidade máxima em sua decisão.

E os jogadores cotados a gols? Quem fez o básico e investiu em Griezmann e Mbappé faturou, por exemplo, R$ 2,60 e R$ 3,00, respectivamente. Antecipar que Mandzukic balançaria as redes – a favor da Croácia, claro, e não contra – rendeu também R$ 4,75/R$ 1,00, uma possibilidade das mais viáveis, como se conferiu.

 

Prêmios individuais também valem

Com o título da França consumado, ficou a dúvida: quem seria escolhido como o craque do campeonato? E o melhor goleiro? Todas essas eleições também geraram valores interessantes para quem percorreu os odds e foi certeiro nas escolhas.

O lucro mais básico indicava a artilharia do inglês Harry Kane, que terminou a Copa com seis gols e manteve a cotação básica de R$ 1,15/R$ 1,00. Moleza.

A Bola de Ouro, entregue a Modric, gerou uma apreensão bem maior, pois Mbappé e Griezmann também estavam no páreo. No fim, a escolha por Modric alegrou demais aqueles que investiram no camisa 10 da Croácia, pois o lucro por sua premiação rendeu simplesmente R$ 5,50 (chegou a ser de R$ 8,00 depois da confirmação da ida à final).

O prêmio dado ao melhor goleiro foi ainda mais surpreendente. O belga Courtois rendia R$ 6,50/R$ 1,00 antes da decisão. Afinal, a sua Bélgica havia terminado em terceiro. E mesmo assim ele ganhou a Luva de Ouro, pagando bem demais a quem farejou esta possibilidade durante a semana. No dia seguinte à derrota da Bélgica para a França, a sua cotação era de R$ 34,00/R$ 1,00…

 

Os lucros mais interessantes da final da Copa do Mundo

  • Gol contra para abrir o placar – R$ 15,00/R$ 1,00
  • Courtois com a Luva de Ouro – R$ 5,50/R$ 1,00
  • Modric com a Bola de Ouro – R$ 5,00
  • Gol de Mandzukic – R$ 4,75
  • Marcação de pênalti – R$ 2,62
  • França vencedora no intervalo – R$ 2,62
  • França ganhadora nos 90 minutos – R$ 2,12
  • França campeã – R$ 1,44

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar