Brasileirão Série B

Fortaleza x Brasil de Pelotas; Paysandu x CSA; Vila Nova x Atlético-GO: reação do líder, oscilação do Papão e clássico da crise fecham 11ª rodada da Série B

Fortaleza
Foto: Pedro Chaves

Após perda da invencibilidade, equipe dirigida por Rogério Ceni será testada em casa; com duas derrotas consecutivas, paraenses buscam retomada na competição, enquanto Tigre e Dragão tentam encerrar jejum de vitórias

Se chegou a hora da Copa do Mundo, então temos uma pausa nas competições nacionais, certo?! Não é bem assim que acontece no Brasileirão da Série B, que continuará a todo vapor enquanto Neymar, Messi, Cristiano Ronaldo e companhia desfilam suas habilidades nos campos da Rússia. Por aqui, resta saber como o líder Fortaleza reagirá ao primeiro revés na competição durante a 11ª rodada. Depois de perder a invencibilidade de dez jogos na segundona, em derrota para o São Bento, o Leão do Pici recebe o Brasil de Pelotas para voltar ao caminho das vitórias. Esta é a mesma expectativa do Paysandu, que acumula dois resultados negativos e já se encontra fora do G-4. O Papão da Curuzu pega o CSA, que também está sem vencer há dois jogos, em Belém. Já o clássico Vila Nova x Atlético Goianiense é a oportunidade para uma das equipes dar um basta na má fase. Confira as prévias das partidas!

Fortaleza x Brasil de Pelotas

Nada de pânico. É isso que o técnico Rogério Ceni tenta passar para o seu plantel, que acaba de perder a invencibilidade na segundona. Apesar do revés para o São Bento, o Fortaleza continua tranquilo na ponta da tabela com 23 pontos, três pontos a mais que o Figueirense, o vice-líder provisório e que bateu já nesta rodada o Sampaio Corrêa.

Ao enfrentar o Brasil de Pelotas, que abre o Z-4 com 10 pontos e possui três jogos sem vitórias – dois empates e uma derrota – , o Tricolor quer provar a condição de melhor mandante da Série B. Jogando na Arena Castelão, são cinco vitórias e 100% de aproveitamento da equipe, que conta com 11 gols anotados e apenas dois sofridos.

Responsável por grande parte destes gols, o artilheiro do país, Gustavo Henrique (27 gols), é a principal dúvida do clube para o jogo contra o Xavante. Isso porque ele se machucou durante o embate em Sorocaba e sua escalação será mistério até minutos antes do jogo.

Pelo lado gaúcho, a expectativa é aproveitar a possível ausência do principal nome do líder. O problema é que os comandados do ex-jogador Clemer têm patinado – e muito – quando jogam fora do Bento Freitas. São três empates e duas derrotas, o que fazem da equipe a terceira pior visitante.

 

Palpite

Se existe hora para o Fortaleza mostrar o porquê é considerado o líder da Série B, esta hora chegou. Mesmo possivelmente sem seu artilheiro, o Leão do Pici deve se impor em casa e se aproveitar da fragilidade rival, que somou apenas dois pontos nos últimos três jogos.

 

Paysandu x CSA

Cercado de expectativa depois do título da Copa Verde, o Paysandu até alcançou o G-4 nas últimas semanas. No entanto, o Papão não se manteve no grupo e hoje ocupa a nona posição com 15 pontos. Já são três pontos de distância para o Avaí, time que abre o primeiro pelotão.

Por isso, uma vitória em casa, contra o CSA, é fundamental para o técnico Dado Cavalcanti. Tentando se reencontrar com a vitória após duas derrotas consecutivas, o clube pode ter o retorno do meio de campo Pedro Carmona, um dos responsáveis pelo título regional há um mês. Ele é a peça necessária para os paraenses derrubarem os alagoanos, que contam com três triunfos fora do Rei Pelé. Apesar da oscilação no campeonato, Marcelo Cabo e sua trupe são os terceiros, com 19 pontos.

 

Vila Nova x Atlético Goianiense

Em mais um daqueles clássicos com torcida única, o Vila Nova pega o Atlético Goianiense para saber quem ficará com a crise. Do lado do Tigre, já são seis jogos sem vencer e queda livre na classificação. Hoje, a equipe é a oitava colocada com 15 pontos. Como consolo para os mandantes da vez, que jogarão no Serra Dourada, o embate passado com o Fortaleza. Apesar do 0x0, os goianos criaram inúmeras oportunidades contra o líder.

Já no rival, são quatro partidas sem os três pontos e proximidade da zona da degola. O Dragão é o 13º com 12 pontos, dois a mais que o Brasil de Pelotas (17º). Para encerrar o jejum, o time rubro-negro conta com o seu ataque, que ao lado do Fortaleza e Figueirense é o melhor do torneio com 18 gols, sendo Juninho Brandão o artilheiro com seis tentos – está empatado com Cassiano, do Paysandu, e Gustavo, Fortaleza.

 

Confira os jogos da 11ª rodada do Brasileirão da Série B

Segunda-feira, 11 de junho de 2018

  • 18:00 – Juventude 1×1 Coritiba – Palpite: empate

Terça-feira, 12 de junho de 2018

  • 18:00 – Londrina 1×3 Goiás – Palpite: empate
  • 20:30 – Figueirense 1×0 Sampaio Corrêa – Palpite: Figueirense

Sexta-feira, 14 de junho de 2018

  • 21:00 – Guarani 0x0 São Bento – Palpite: Guarani

Sexta-feira, 15 de junho de 2018

  • 19:15 – Fortaleza x Brasil de Pelotas – Palpite: Fortaleza
  • 20:30 – Boa Esporte x Avaí – Palpite: Avaí
  • 21:30 – CRB x Ponte Preta – Palpite: Ponte Preta

Sábado-feira, 16 de junho de 2018

  • 18:30 – Vila Nova x Atlético Goianiense – Palpite: Vila Nova
  • 19:00 – Oeste x Criciúma – Palpite: Oeste
  • 21:00 – Paysandu x CSA – Palpite: empate

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.