Fórmula 1

Fórmula 1: prognósticos para o GP dos Estados Unidos

Lewis Hamilton da Mercedes
Foto: BEHROUZ MEHRI/AFP/Getty Images

Caso consiga somar oito pontos a mais que Sebastian Vettel, o inglês Lewis Hamilton conquistará o título mundial pela quinta vez

Neste final de semana, a Fórmula 1 chega aos Estados Unidos para o para a disputa da 18ª etapa do Campeonato Mundial. Líder disparado, com 67 pontos de vantagem sobre Sebastian Vettel, o piloto da Mercedes, Lewis Hamilton, poderá garantir por antecipação a conquista do título. Para isso, ele precisa somar oito pontos a mais que rival. Isto significa que se o inglês vencer e o alemão não for o segundo colocado, as três últimas provas da temporada servirão apenas para cumprir tabela.

A possibilidade de ser campeão, somada ao bom desempenho das últimas corridas e o grande retrospecto no Circuito das Américas tornam Hamilton franco favorito para vencer a corrida, com um retorno de R$ 1,53 por cada real apostado. Vettel, que precisará correr como nunca para seguir com chances, aparece logo abaixo, com uma margem de R$ 4,00/R$ 1,00. Bem atrás, seus fieis escudeiros Valtteri Bottas e Kimmi Raikkonen oferecem R$ 8,50/R$ 1,00 e R$ 13,00/R$ 1,00, respectivamente.

Palpite, vitória de Lewis Hamilton, com odds a R$ 1,53 no Bet365.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

 

GP dos Estados Unidos

Disputado no Circuito das Américas, em Austin, o GP dos Estados Unidos será a 18ª das 21 corridas da temporada, e poderá coroar o inglês Lewis Hamilton como pentacampeão mundial. Os treinos classificatórios acontecem no sábado (20), às 18 horas (horário de Brasília), e no domingo, às 16:10, os carros retornam à pista para a disputa da prova.

Por que Lewis Hamilton é favorito?

O piloto da Mercedes disparou nesta reta final de campeonato, e caminha a passos largos para conquistar o quinto título mundial. Nas últimas oito corridas, foram seis vitórias e dois segundos lugares que garantiram ao inglês a confortável vantagem de 67 pontos sobre Sebastian Vettel.

Além disso, Hamilton não esconde que o Circuito das Américas é o seu favorito. Segundo ele, a pista reúne as melhores qualidades de Spa, Suzuka e Turquia. Os números indicam as razões desta predileção pelos Estados Unidos. Ao todo, o piloto já correu sete vezes em Austin, e só não chegou ao ponto mais alto do pódio na temporada 2013. Além de vencer de forma consecutiva nos últimos quatro anos, ele largou na pole position em 2016 e 2017.

O modelo W09 da Mercedes está voando baixo, e se em determinado momento ficou difícil fazer frente ao SF71H da Ferrari, o mesmo já não ocorre desde que o controle da FIA sobre o MGU-K  dos italianos tornou-se mais rigoroso.

Por que Sebastian Vettel é azarão?

Como mencionado acima, os carros da Ferrari passaram a ser fiscalizados de forma mais intensa após denúncias das rivais Mercedes e Red Bull, e, coincidência ou não, apresentaram uma queda brusca de desempenho desde então. Os pilotos da escuderia comeram poeira na Itália, Singapura, Rússia e Japão, somaram 63 pontos a menos que a dupla da Mercedes, e ficaram distantes da equipe alemã na briga pelo título de construtores.

A maior vítima desta derrocada dos SF71H foi Sebastian Vettel, que se até o GP da Bélgica brigava vitória a vitória com Hamilton pela liderança, viu o rival disparar e tornar-se praticamente inalcançável nas últimas corridas.

De agora em diante, o alemão terá que partir para o tudo ou nada, o que significa que fará de tudo para buscar o limite de sua Ferrari, mas ao mesmo tempo ficará mais exposto a erros e acidentes.

 

Melhores palpites para o GP dos Estados Unidos

É pouco provável que a vitória escape de Hamilton no Texas, mas o Bet365 oferece muitas outras opções para você lucrar com a Fórmula 1. Uma boa pedida para quem quiser correr menos riscos é apostar que o inglês subirá ao pódio, opção que oferece lucro de 20%. Caso Vettel termine a prova entre os seis primeiros, o retorno será de R$ 1,16/R$ 1,00, e se o alemão conseguir largar na pole position, cada real investido retornará R$ 3,25/R$ 1,00.

Seus companheiros de equipe, que ainda não venceram em 2018, mais do que nunca deverão cumprir um papel auxiliar. Caso termine qualquer uma das 56 voltas na liderança, o veterano Kimi Raikkonen garantirá 50% de retorno para o investimento. Se Valtteri Bottas for o primeiro piloto a parar nos boxes, o apostador embolsará o equivalente a nove vezes o valor investido.

Correndo por fora, a dupla da Red Bull, Max Verstappen e Daniel Ricciardo, tem a vitória cotada em R$ 17,00/R$ 1,00 e R$ 23,00/R$ 1,00, respectivamente. Caso o australiano complete a volta mais rápida, o lucro será de 500%.

 

Odds para vencer o GP dos Estados Unidos

  • Lewis Hamilton – R$ 1,53/R$ 1,00
  • Sebastian Vettel – R$ 4,00/R$ 1,00
  • Valtteri Bottas – R$ 8,50/R$ 1,00
  • Kimi Raikkonen – R$ 13,00/R$ 1,00
  • Max Verstappen – R$ 17,00/R$ 1,00
  • Daniel Ricciardo – R$ 23,00/R$ 1,00
  • Kevin Magnussen – R$ 1.001,00/R$ 1,00
  • Romain Grosjean – R$ 1.001,00/R$ 1,00
  • Sergio Pérez – R$ 1.501,00/R$ 1,00
  • Esteban Ocon – R$ 1.501,00/R$ 1,00
  • Charles Leclerc – R$ 2.001,00/R$ 1,00
  • Pierre Gasly – R$ 2.001,00/R$ 1,00
  • Nico Hulkenberg – R$ 2.001,00/R$ 1,00
  • Carlos Sainz Jr – R$ 2.501,00/R$ 1,00
  • Fernando Alonso – R$ 2.501,00/R$ 1,00
  • Brendon Hartley – R$ 3.001,00/R$ 1,00
  • Marcus Ericsson – R$ 3.001,00/R$ 1,00
  • Sergey Sirotkin – R$ 4.001,00/R$ 1,00
  • Lance Stroll – R$ 4.001,00/R$ 1,00
  • Stoffel Vandoorne – R$ 4.001,00/R$ 1,00

Classificação do Mundial de Pilotos 2018

  1. Lewis Hamilton (Mercedes) – 331
  2. Sebastian Vettel (Ferrari) – 264
  3. Valtteri Bottas (Mercedes) – 207
  4. Kimi Raikkonen (Ferrari) – 196
  5. Max Verstappen (RBR) – 173
  6. Daniel Ricciardo (RBR) – 146
  7. Sergio Pérez (Force India) – 53
  8. Kevin Magnussen (Haas) – 53
  9. Nico Hulkenberg (Renault) – 53
  10. Fernando Alonso (McLaren) – 50
  11. Esteban Ocon (Force India) – 49
  12. Carlos Sainz Jr. (Renault) – 39
  13. Romain Grosjean (Haas) – 31
  14. Classificação
  15. Pierre Gasly (STR)- 28
  16. Charles Leclerc (Sauber) – 21
  17. Stoffel Vandoorne (McLaren) – 8
  18. Lance Stroll (Williams) – 6
  19. Marcus Ericsson (Sauber) – 6

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar