Ganhador.com

Dicas de Apostas

É possível vencer o Brasil! Listamos quatro motivos para continuar acreditando na Bélgica na Copa do Mundo

Seleção Belga
Foto: Ian MacNicol/Getty Images

Não deixe que a fraca apresentação contra o Japão te engane – os Diabos Vermelhos podem acabar com o sonho do hexa e buscar o caneco inédito

Bastou uma atuação abaixo da média para os analistas de plantão levarem a Bélgica de franco favorito a uma presa fácil para a seleção brasileira. Vamos com calma! Certamente o rendimento da equipe não foi o ideal diante do Japão, mas o poder de reação dessa equipe deixou claro que os Diabos Vermelhos ainda estão muito vivos na disputa pelo título da Copa do Mundo.

Claro que a missão nesta sexta-feira (06) será duríssima, enfrentar nada menos que o esquadrão do professor Tite, mas nada que essa equipe não pode dar conta se jogar tudo o que pode (e com a formação correta). Ainda não está convencido? Listamos quatro motivos que mostram que os belgas não só podem avançar às semifinais como também devem brigar pela taça na Rússia.

 

1- Força mental para reação

Antes que focar no que esse time pode fazer no futuro, vale ressaltar o que já foi feito até então. Ao invés de classificar a vitória contra o Japão como um ‘quase vexame’, que tal ‘uma virada espetacular’?Trata-se de uma equipe que se viu perdendo por 2 a 0 aos 10 da segunda etapa, nas oitavas de final de Copa do Mundo, e conseguiu virar para um 3 a 2 ainda no tempo normal.

Ao contrário de outras seleções quando saíram atrás no placar, como a Alemanha, por exemplo, os belgas não se desesperaram em nenhum momento e continuaram tocando a bola como se o duelo estivesse 0 a 0. Martinez mudou o esquema para um ‘plano B’, que será discutido mais abaixo, e os jogadores executaram o plano com muita inteligência. O contra-ataque de almanaque no minuto final foi algo que pouquíssimas equipes do mundo podem executar.

 

2 – “Plano B” de Martinez pode fazer a diferença contra o Brasil

Quando o técnico Roberto Martínez percebeu que o ‘tiki taka’ não estava dando resultado contra o Japão, logo utilizou um ‘plano B’ que tinha na manga e passou a explorar a diferença de altura entre as duas seleções. Ao invés de toques rasteiros, ele explorou os cruzamentos na área e colocou em campo Fellaini – que muitas vezes fez esse papel paradão dentro da área quando ainda jogava no Everton.

Foi com cruzamentos na área que os Diabos Vermelhos buscaram o empate contra a esforçada zaga japonesa. Não se surpreenda com o comandante espanhol utilizando a mesma tática contra o Brasil! Com as entradas de Fagner no lugar de Danilo, Marcelo na de Filipe Luís e Fernandinho no posto do suspenso Casemiro, o esquadrão de Tite certamente perde em estatura – e isso pode pesar na hora da onça beber água.

 

3- Talento para furar a defesa brasileira

Olhando para todos os ataques que o Brasil enfrentou até agora no Mundial, o da Bélgica é, de longe, o mais perigoso. Se jogarem o que sabem, os Diabos Vermelhos podem tranquilamente furar o forte esquema defensivo de Tite! As inversões de Hazard e Mertens atrás de Lukaku podem confundir demais o setor entre a primeira e a segunda linha da nossa seleção – justamente explorando a ausência de Casemiro na cobertura.

A chave para o sucesso pode ser justamente pelo lado direito – com Meunier, De Bruyne e Hazard fazendo triangulações nas costas de Marcelo. Se a defesa se tornar mais sólida e protegida, o forte ataque possui totais condições de levar a Bélgica para as semifinais.

 

4- Mudança para um esquema mais sólido

Agora, de nada adianta tudo que foi citado acima se Martinez não abrir mão dessa linha de três defensores lentos que quase custou a classificação contra o Japão. Se derem o mesmo espaço para Neymar e sua trupe serão presa fácil!

Uma sugestão com esse atual elenco é uma mudança para um 4-2-3-1 com Meunier jogando ‘na dele’ pela lateral direita completando a linha, Witsel e Fellaini de volantes, um trio com Hazard de um lado, Mertens do outro e um De Bruyne mais ‘solto’ entre as linhas e Lukaku na referência. Que time, amigos!

 

Como apostar na Bélgica?

Certamente o fato dos belgas enfrentarem o Brasil nas quartas interferiu diretamente na lista de favoritos ao título nas casas de aposta – os Diabos Vermelhos aparecem apenas na quinta colocação! Você fatura R$7 a cada real investido caso a Bélgica vença a Copa do Mundo na Rússia – valores incrivelmente altos se tratando de uma equipe já entre as oito melhores do Mundial. Está levando fé na ‘geração belga’? Então vai fundo!

 

Quartas de final da Copa do Mundo

Sexta-feira, 06 de julho

  • 11:00 – (R$ 2,00) França x Uruguai (R$4,60); empate (R$ 3,20)
  • 15:00 – (R$ 2,10) Brasil x Bélgica (R$3,75); empate (R$ 3,60)

Sábado, 07 de julho

  • 11:00 – (R$5,00) Suécia x Inglaterra (R$1,83); empate (R$ 3,25)
  • 15:00 – (R$3,90) Rússia x Croácia (R$2,25); empate (R$ 3,10)

 

Comentários

2 Comentários
Voltar