Brasileirão Série D

É hora de decisão na Série D: jogos do final de semana valem o acesso

Treze
Foto: @ramonsmithpb/Treze Futebol Clube Instagram Oficial

Apenas oito equipes seguem na disputa, e ninguém vai querer morrer na praia na reta final

O Campeonato Brasileiro da Série D contava em seu início com 68 equipes das cinco regiões do país. Destas, apenas oito seguem vivas, e farão os duelos de quartas de final, último degrau antes do tão almejado acesso. Teremos, portanto, quatro decisões acontecendo quase simultaneamente neste domingo (01), e os resultados determinarão o sucesso ou o fracasso de trabalhos de toda uma temporada.

No Almeidão, em João Pessoa, o Treze recebe os gaúchos do Caxias. A partida começa às 16 horas (horário de Brasília). Um pouco mais tarde, às 18:30, Imperatriz e Manaus medem forças no estádio Frei Epifânio D’Abadia, localizado na cidade maranhense. O confronto entre Linense e São Jose-RS acontece às 19 horas, e promete casa cheia no Gilbertão. Para fechar com chave de ouro, a partir das 20:00, Ferroviário e Campinense farão um duelo nordestino no Castelão, em Fortaleza. Os jogos de volta serão nos dias 08 e 09/07.

Confira os prognósticos para os embates mais importantes do ano.

 

Treze x Caxias

O Treze bem que tentou levar a partida contra o Caxias para Campina Grande, mas a diretoria não conseguiu resolver questões burocráticas em tempo hábil, e o time será obrigado a jogar no Almeidão, localizado a mais de 100 Km de distância de sua sede. Ainda assim, com ingressos à venda por preços a partir de R$ 20,00, a expectativa é por uma boa presença de público. O Galo da Borborema perdeu a invencibilidade em seu compromisso mais recente, contra o Iporá, mas com um gol do interminável Marcelinho Paraíba, foi buscar uma difícil classificação fora de casa.

O Caxias é um dos poucos times que ainda não foram derrotados, juntamente com o Ferroviário-CE. Com 80% de aproveitamento, os gaúchos têm a segunda melhor campanha desta edição da Série D. Nos dois confrontos de mata-mata, contra Maringá e Uberlândia, o time grená segurou empates fora de casa e levou a decisão para Estádio Centenário.

Mantendo esta estratégia, acredito que os comandados de Luís Carlos Winck consigam levar um novo empate para o Rio Grande do Sul.

 

Imperatriz x Manaus

O duelo entre Imperatriz e Manaus colocará em rota de colisão um time que se sai muito bem quando atua em seus domínios, e está invicto como mandante, contra outro que tem se caracterizado por aprontar diante das torcidas alheias.

O Cavalo de Aço obteve quatro de suas cinco vitórias no estádio Frei Epifânio, e chega com moral depois de eliminar o seu grande rival, Moto Club, com direito a goleada. O Gavião Real, por seu turno, acumula quatro triunfos, de um total de seis, jogando fora da capital amazonense. O time manauara, no entanto, foi o que mais perdeu entre os oito que seguem na disputa. Ao todo, foram três reveses em 10 jogos.

Acredito que a maior regularidade do Imperatriz fará a diferença, e os maranhenses devem largar na frente.

Linense x São José

Para o embate contra o São José-RS, a diretoria do Linense mais uma vez aderiu ao projeto Futebol Sustentável, que promove a troca de garrafas pet por ingressos para jogos de futebol. Isto deve garantir uma boa presença da torcida, o que será muito necessário, já que os anfitriões terão pela frente o time de melhor campanha no campeonato. Em 10 jogos, o Zequinha obteve oito vitórias, um empate, e perdeu apenas para o Novo Hamburgo, seu tradicional rival local.

Diante de resultados tão expressivos, torna-se inevitável apontar o favoritismo para a equipe gaúcha, mas o técnico Rafael Jacques busca manter o elenco focado: “Temos confiança, mas também temos, principalmente, pés no chão para buscar a classificação. Serão dois jogos, mais uma vez, muito difíceis contra um time bastante forte, da escola paulista. Os times de lá sempre têm qualidade no toque de bola e na pegada”, alertou.

Ferroviário x Campinense

O Ferroviário mostrou sua força ao superar o favorito Altos nas oitavas de final. Depois de um decepcionante empate por 1×1 no Castelão, o Ferrão quebrou a invencibilidade de 24 partidas dos piauienses em grande estilo, com uma goleada por 4×2 em pleno estádio Felipe Raulino. O grande nome do jogo foi o atacante Edson Caríus, autor de três gols. Graças à sua boa fase, a ausência de Luís Soares, que cumprirá suspensão por ter levado o terceiro cartão amarelo no Piauí, será menos sentida.

O Campinense tem testado os nervos de seus torcedores desde que o campeonato entrou em sua fase de mata-mata. A Raposa passou nos pênaltis pelo Itabaiana e pelo Brasiliense, este último depois de conseguir o empate no placar agregado aos 41 minutos da segunda etapa. Para usar a expressão da moda, o time aprendeu a sofrer, e com isso se fortaleceu em um momento crucial do campeonato.

Acredito que os paraibanos consigam arrancar um empate em Fortaleza.

Quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série D – Jogos de Ida

Domingo, 01 de junho

  • 16:00 – Treze x Caxias – Palpite: empate
  • 18:30 – Imperatriz x Manaus – Palpite: Imperatriz
  • 19:00 – Linense x São José-RS – Palpite: São José-RS
  • 20:00 – Ferroviário x Campinense -Palpite: empate

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar