NFL

Duelo de Conferências agita o Pro Bowl 2018 no aquecimento para o Super Bowl

Foto: Brett Carlsen/Getty Images

Confronto entre AFC e NFC no jogo das estrelas retornou no ano passado

As finais das Conferências foram eletrizantes e a ansiedade para a chegada do Super Bowl é enorme, mas antes disso, temos o Pro Bowl neste domingo. O tradicional jogo das estrelas do futebol americano vai trazer novamente um confronto entre a Conferência Americana e a Nacional.  A edição de 2018 ocorre no Camping World Stadium, em Orlando.

 

Duelo equilibrado

Com os atletas de New England Patriots de fora – assim como no ano passado, o Pro Bowl desse ano seguirá bem equilibrado.  Os dois lados chegam com nomes de peso, que podem decidir qualquer partida.

No entanto, é inegável que a Conferência Nacional chega mais forte. Isso porque enquanto a Americana tem peças decisivas do Pittsburgh Steelers, a NFC tem um cardápio variado de estrelas. Começa com o quarterback Russell Wilson, que não fez uma ótima temporada, mas é sempre perigoso, principalmente porque terá como opção no ataque o recebedor Julio Jones. O atleta do Atlanta Falcons foi o segundo melhor em jardas alcançadas, com 1444. Já na defesa, a fera é Chandler Jones, do Arizona Cardinals, com 17 sacks na liga.

Do outro lado, a expectativa fica em cima de Ben Roethlisberger e Antonio Brown. A dupla traz uma combinação perfeita, pois enquanto o quarterback lançou para 4251 jardas – o quinto no quesito -, o recebedor alcançou 1533, sendo o melhor na função.

 

Steelers dominam a lista

Os jogadores da disputa foram definidos no final de dezembro, mas com a confirmação dos finalistas no Super Bowl, algumas mudanças ocorreram, pois os envolvidos na decisão ficam de fora do evento. É o caso de Tom Brady, por exemplo, que foi o segundo mais votado, mas foi substituído por Derek Carr, do Oakland Raiders. O quarterback foi selecionado pela 13º vez, ganhando 833 mil votos na eleição aberta, perdendo apenas para Le’Veon Bell, running back do Pittsburgh Steelers, que levou 855 mil.

Os Steelers, inclusive, foram os que mais se destacaram. A franquia teve oito atletas selecionados. Além de Bell, entraram Bem Roethlisberg, Antonio Brown, Maurkice Pouncey, David DeCastro, Alejandro Villanueva, Ryan Shazier e Chris Boswell.

Pela NFC, New Orleans Saints e Philadelphia Eagles são os times que puxam a fila, mas como o segundo não enviará seus atletas, a franquia de Luisiana fica como a base da Conferência. De lá, estarão presentes Drew Brees, Alvin Kamara, Mark Ingram, Michael Thomas, Cameron Jordan e Marshon Lattimore.

 

Comandantes do espetáculo

Os treinadores do confronto foram bem escolhidos para a disputa. Pela NFC, o técnico é Sean Payton, do New Orleans Saints. Já a AFC conta com Mike Tomlin, do Pittsburgh Steelers. Os dois times chegaram até o divisional round dos playoffs e fizeram boas partidas na temporada. O primeiro conquistou 11 vitórias na fase regular, enquanto o segundo teve ainda mais destaque, com 13 triunfos.

 

Reis do Pro Bowl

Ser selecionado para o jogo das estrelas é um feito importante na carreira de qualquer atleta, retornar então é uma tarefa ainda mais impactante, pois além de provar que está em alto nível, também demonstra que consegue se manter bem fisicamente. Ao longo da história, ninguém fez isso mais que Peyton Manning, Tony Gonzalez, Bruce Matthews e Merlin Olsen, com 14 aparições cada.

No entanto, nem sempre é necessário jogar tantas vezes para marcar seu nome. É o caso do kicker David Akers, que é o recordista de pontos, com 57 pontos anotados em seis edições. Já Brandon Marshall foi o que marcou mais em uma única partida. Em 2012, o recebedor anotou quatro touchdowns, totalizando 24 pontos.

Já no contexto geral, o destaque foi o duelo de 2013, que terminou com o NFC derrotando o AFC por 62 a 35. Até hoje é o recorde do placar no jogo.

 

Formação de sucesso

Esta será a segunda vez seguida que o Pro Bowl será entre NFC e AFC. O modelo, que foi o que originou o evento, foi interrompido em 2014, quando a liga decidiu misturar os jogadores e chamar atletas para serem capitães e escolherem seus times. Sem muito sucesso, o formato antigo voltou no passado, quando a AFC ganhou por 20 a 13.

O embate desta edição será ainda mais especial, pois no momento o confronto está empatado, com 22 vitórias para cada lado.

 

Data e horário do Pro Bowl da temporada 2017/2018 da NFL

Domingo, 28 de janeiro

  • 18:00 – AFC All-Pros x NFC All-Pros. Palpite: NFC All-Pros vence

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: AFC vira e vence NFC no Pro Bowl em esquenta para o Super Bowl | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar