Amistosos de seleções

Diante dos anfitriões da Copa, seleção brasileira terá o desafio de provar que é competitiva sem Neymar

Foto: ITAMAR AGUIAR/AFP/Getty Images

Duelo contra os russos acontece no Estádio Luzhniki, palco da grande final da Copa do Mundo

Nesta sexta-feira (23), às 13:00 (horário de Brasília), a seleção brasileira tem um encontro marcado com a Rússia, equipe anfitriã da Copa do Mundo, no Estádio Luzhniki, palco onde espera pisar no dia 15/07, data da grande final da competição.

Sem poder contar com Neymar, que se recupera de uma cirurgia no pé direito, o técnico Tite deve aproveitar a partida para fazer testes e, quem sabe, definir as últimas pendências do plantel que tentará o hexacampeonato daqui a pouco menos de três meses.

Confira a seguir os prognósticos para a partida.

 

Brasil terá algumas mudanças pontuais

Sob o frio intenso do início da primavera russa, teremos uma seleção brasileira um pouco modificada em relação à que vinha sendo escalada pelo técnico Tite. Algumas trocas ocorrem por força das circunstâncias, outras, para que o comandante possa fazer as últimas observações antes de fechar o elenco que voltará à terra de Dostoiévski daqui a exatos 83 dias.

A lateral-esquerda é a posição que tem causado mais dor de cabeça. O titular é  Marcelo, que já está garantido no grupo que vai ao mundial. No entanto,  seu reserva imediato, Filipe Luis, passará pelo menos quatro meses fora de combate por ter fraturado o tornozelo, e Alex Sandro, a terceira opção, foi cortado tão logo desembarcou em Moscou, também por contusão. O desconhecido Ismaily, do Shakhtar Donetsk, foi chamado às pressas, mas é pouco provável que esteja presente na convocação final.

No ataque, Douglas Costa está confirmado como  substituto de Neymar, formando uma linha de frente com Willian e Gabriel Jesus. Outras mudanças serão as saídas do zagueiro Marquinhos, que dará lugar ao experiente Thiago Silva, e do meia Renato Augusto, substituído por Paulinho.

A formação básica da equipe será um 4-3-3 formado por:  Alisson, Daniel Alves, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Coutinho; Willian, Douglas Costa e Gabriel Jesus.

Depois de enfrentar a Rússia, a seleção brasileira jogará contra a Alemanha, na terça-feira, em Berlim, naquele que será o primeiro encontro entre as seleções principais dos dois países desde os 7×1 de 2014.

 

Rússia teve boas atuações nos últimos amistosos

Sem qualquer possibilidade de brigar pelo título, o técnico Stanislav Cherchesov tem a responsabilidade de conduzir a Rússia à uma campanha digna diante da torcida local. Seu time foi muito criticado após a modesta participação na Copa das Confederações, mas evoluiu desde então, embora os resultados ainda não tenham aparecido.

Os russos venderam muito caro a derrota por 1×0 para a Argentina, no mesmo Estádio Luzhniki, em novembro do ano passado, e na partida seguinte foram buscar um empate por 3×3 contra a Espanha. A última vitória da seleção anfitriã aconteceu em outubro, quando goleou a Coréia do Sul pelo placar de 4×2.

Após enfrentar o Brasil, a equipe russa terá um novo compromisso na terça-feira, diante da França, que está entre as favoritas ao título. A partida acontece na cidade de São Petersburgo.

 

Retrospecto de Brasil x Rússia

Desde o fim da antiga União Soviética, em 1991, Brasil e Rússia já se enfrentaram cinco vezes, com três vitórias para o Escrete Canarinho e dois empates. O duelo mais recente aconteceu em março de 2013, e os times ficaram no 1×1, em Londres.

Últimos jogos

  • 20/07/1994 – Brasil 2×0 Rússia
  • 20/08/1996 – Rússia 2×2 Brasil
  • 18/11/1998 – Brasil 5×1 Rússia
  • 01/03/2006 – Rússia 0x1 Brasil
  • 24/03/2013 – Brasil 1×1 Rússia

 

Palpite

Sem Neymar, a seleção perde sua principal referência ofensiva, e seu substituto, Douglas Costa, além de ser tecnicamente inferior, não tem o mesmo entrosamento com Coutinho e Gabriel Jesus. O Brasil deve ter muitas dificuldades para penetrar na defesa russa, a exemplo do que aconteceu com a Argentina, em novembro do ano passado.

O frio e o apoio do torcedor devem pesar a favor do time local, que passa por um processo de evolução no momento mais oportuno, quando a Copa do Mundo bate às portas.

Não estou muito otimista em relação a uma vitória dos comandos de Tite, e meu palpite é um empate  sem gols.

 

Amistosos internacionais

Sexta-feira, 23 de março

  • 08:30 – Uruguai x República – Palpite: Uruguai
  • 09:15 – Japão x Mali – Palpite: Japão
  • 12:30 – Gâmbia x República Centro-Africana – Palpite: Gâmbia
  • 13:00 – Azerbaijão x Bielorrusia – Palpite: Empate
  • 13:00 – Chipre x Montenegro – Palpite: Montenegro
  • 13:00 – Finlândia x Macedônia – Palpite: Finlândia
  • 13:00 – Rússia x Brasil – Palpite: Brasil
  • 14:00 – Bulgária x Bósnia e Herzegovina – Palpite: Bósnia e Herzegovina
  • 14:00 – Noruega x Austrália – Palpite: Empate
  • 14:00 – Senegal x Uzbequistão – Palpite: Senegal
  • 14:30 – Turquia x Irlanda – Palpite: Turquia
  • 15:00 – Grécia x Suíça – Palpite: Empate
  • 15:00 – Hungria x Cazaquistão – Palpite: Hungria
  • 15:15 – Tunísia x Irã – Palpite: Irã
  • 15:30 – Arábia Saudita x Ucrânia – Palpite: Empate
  • 16:30 – Sérvia x Marrocos – Palpite: Empate
  • 16:45 – Argentina x Itália – Palpite: Argentina
  • 16:45 – Alemanha x Espanha – Palpite: Espanha
  • 16:45 – Holanda x Inglaterra – Palpite: Empate
  • 16:45 – Portugal x Egito – Palpite: Portugal
  • 16:45 – Escócia x Costa Rica – Palpite: Empate
  • 16:45 – Polônia x Nigéria – Palpite: Polônia
  • 16:45 – Áustria x Eslovênia – Palpite: Áustria
  • 17:00 – França x Colômbia – Palpite: França
  • 22:00 – Peru x Croácia – Palpite: Peru
  • 23:00 – México x Islândia – Palpite: Empate

Sábado, 24 de março

  • 11:00 – Armênia x Estônia – Palpite: Empate
  • 11:00 – Irlanda do Norte x Coréia do Sul – Palpite: Coréia do Sul
  • 12:00 – Canadá x Nova Zelândia – Palpite: Canadá
  • 12:00 – Geórgia x Lituânia – Palpite: Empate
  • 14:00 – Suécia x Chile – Palpite: Suécia
  • 15:00 – Israel x Romênia – Palpite: Empate

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.