UFC

Depois de Conor McGregor, agora Cris Cyborg sonha lutar boxe contra campeã mundial

Foto: Divulgação/UFC

Conor McGregor definitivamente abriu portas para outros atletas do MMA quando se aventurou no boxe. Depois de protagonizar um duelo histórico contra Floyd Mayweather no ringue, o irlandês ainda não sabe o que será de seu futuro no esporte. Mas sua ação permitiu que outros astros do MMA possam sonhar com o mesmo feito. E Cris Cyborg é um exemplo disso. Segundo o Yahoo Sports, a brasileira quer encarar a campeã mundial Cecilia Braekhus em um combate na nobre arte.

Cyborg compareceu ao último combate da dinamarquesa Braekhus, onde ela venceu Kali Reis. Cecilia é campeã peso-meio-médio nas quatro principais organizações mundiais de boxe. A pugilista confirmou o interesse em enfrentar Cris na nobre arte após sua luta e ainda elogiou a brasileiro. Segundo o site Fightnews.com, Braekhus ainda afirmou que a técnica de trocação de Cyborg é melhor do que a de McGregor.

A brasileira apareceu na luta de Ceciliar Braekhus vestida com uma camisa: “Cyborg vs. Braekhus: verão de 2019”. Em entrevista ao Yahoo Sports, Cris declarou que pretende fazer a luta de boxe após suas duas lutas restantes no contrato com o Ultimate, e que gostaria de contar com o suporte da companhia para tal combate, assim como aconteceu no duelo de Conor McGregor com Floyd Mayweather.

Por enquanto é apenas um sonho, mas é muito mais fácil acreditar que a vontade de Cris é mais possível do que foi a de McGregor. A brasileira está em fim de contrato com o Ultimate e sabe negociar com a organização. Mas não é o momento de imaginar esse duelo, pois Cris ainda tem desafios a encarar no MMA. Nessas duas lutas que ainda tem no contrato, ela deve procurar por superlutas, como um combate contra a compatriota Amanda Nunes, e quem sabe um confronto contra a vencedora de Holly Holm Vs Yana Kunitskaya.

Independente de quando vai acontecer, o sonho de Cris Cyborg de lutar boxe merece ser realizado. A brasileira já conquistou tudo no MMA e tem direito de correr atrás de novos sonhos. Ela precisaria, claro, de um bom tempo treinando para poder lutar em alto nível nos ringues. E ela já até tem uma boa ajuda nos treinamentos. A brasileira costuma treinar com a bicampeã olímpica Claressa Shields em Los Angeles, Califórnia (EUA). Com o tempo certo, Cris pode, sim, fazer bonito no boxe.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar