Brasileirão Série A

Dependendo das próprias forças para sair do Z-4, Sport recebe mistão do Cruzeiro na abertura da 24ª rodada do Brasileirão

Jogador do Cruzeiro
Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.

Com Vitória e Vasco fazendo confronto direto contra o rebaixamento em Salvador, Leão sai automaticamente da zona da confusão se superar os mineiros em duelo neste sábado, na Ilha do Retiro

Depois de amargar sua 12ª derrota no Campeonato Brasileiro, em 2×0 para o Bahia, na Arena Fonte Nova, o Sport continua firme a saga para sair da zona do rebaixamento. Dependendo de apenas suas próprias forças para sair da 17ª colocação, o rubro-negro pernambucano recebe neste sábado (8 de setembro) um Cruzeiro desfalcado de suas principais peças e que está com a cabeça na semifinal da Copa do Brasil em duelo contra o Palmeiras. Confira a análise da partida válida pela 24ª rodada do Brasileirão e que ocorre às 16 horas, na Ilha do Retiro.

 

Momento pernambucano

Um dos piores times do Nacional após a Copa do Mundo, conquistando apenas quatro pontos em 33 disputados, o Sport tentará logo mais uma nova recuperação. Após superar o Paraná por 1×0 em duelo direto contra a degola, na semana passada, o time dirigido por Eduardo Baptista tinha fé em um novo resultado positivo contra o Bahia. Mas a equipe pernambucana voltou a derrapar e caiu por 2×0, em Salvador.

Apesar da complicada situação na classificação geral, ocupando o 17º lugar com 23 pontos, o Sport ainda está vivíssimo na briga contra o Z-4. Tanto é que depende de apenas um triunfo neste sábado para deixar a zona do rebaixamento.

O problema é que a falta de resultados do Leão está minando a confiança dos jogadores. Prova disso foi o jogo contra o Tricolor de Aço. Depois de um primeiro tempo organizado, em que igualou as forças com o adversário, o Sport se desestabilizou logo quando tomou o primeiro gol, aos sete minutos da segunda etapa, e não conseguiu retomar o jogo.

Por isso, o comandante rubro-negro acena com a possibilidade de escalar uma equipe com jogadores experientes. Isso significa que os atacantes Hernane, que ficou de fora do embate anterior por conta de um acordo entre as equipes, e Rafael Marques devem ganhar uma chance entre os titulares.

 

Cruzeiro em banho-maria

Se serve de motivação, o adversário pernambucano não está nem aí para o Brasileirão. Focado nas semifinais da Copa do Brasil, que começa na próxima quarta-feira (12 de setembro), em confronto com o Palmeiras, e nas quartas da Copa Libertadores, em duelo com o Boca Juniors, no dia 19, o Cruzeiro tem levado o Nacional literalmente com a barriga. É só pegarmos as últimas performances da equipe dirigida por Mano Menezes. São quatro empates nos últimos cinco jogos disputados no torneio, resultados que colocam o clube na sétima posição com 32 pontos. Sem avançar na tabela, a Raposa está seis pontos atrás da briga por uma vaga na Libertadores de 2019 e 11 pontos acima do Z-4.

Com o eminente início das decisões de mata-mata, a equipe celeste deve segurar o seu elenco no campeonato de pontos corridos, que como vimos, não tem sido a sua prioridade. Em meio a isso, o Cruzeiro vai para Recife recheado de desfalques. O primeiro deles é o zagueiro Dedé, que serve à Seleção Brasileira nos amistosos contra Estados Unidos e El Salvador. Já Lucas Romero e De Arrascaeta estão entregues ao departamento médico, enquanto o volante Henrique está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Para completar, a estrela do time, Thiago Neves, será poupada por conta de um desconforto muscular. Por outro lado, Egídio e Robinho voltam a equipe titular.

 

Palpite

Apesar dos inúmeros desfalques, o Cruzeiro possui um dos melhores elencos do Brasil. E isso faz diferença em jogo contra um adversário que está afoito pela vitória. É por isso que acredito que a Raposa arranque mais um ponto fora de casa. A equipe não vai a lugar algum na tabela com a igualdade, mas pelo menos se mantém na parte intermediária.

 

Jogos da 24ª rodada do Brasileirão da Série A

Sábado, 8 de setembro

  • 16:00 – Sport x Cruzeiro – Palpite: Cruzeiro
  • 19:00 – São Paulo x Bahia – Palpite: São Paulo
  • 21:00 – Flamengo x Chapecoense – Palpite: Flamengo

Domingo, 9 de setembro

  • 16:00 – América-MG x Ceará – Palpite: América-MG
  • 16:00 – Fluminense x Botafogo – Palpite: Botafogo
  • 16:00 – Palmeiras x Corinthians – Palpite: Palmeiras
  • 16:00 – Internacional x Grêmio – Palpite: empate
  • 19:00 – Paraná x Santos – Palpite: Santos
  • 19:00 – Vitória x Vasco – Palpite: Vitória

Segunda-feira, 10 de setembro

  • 20:00 – Atlético Mineiro x Atlético Paranaense – Palpite: Atlético-MG

 

Classificação do Campeonato Brasileiro 2018

  1. Internacional, 46 – Libertadores
  2. São Paulo, 46 – Libertadores
  3. Palmeiras, 43 – Libertadores
  4. Flamengo, 41 – Libertadores
  5. Grêmio, 41 – Pré-Libertadores
  6. Atlético-MG, 38 – Pré-Libertadores
  7. Cruzeiro, 32 – Sul-Americana
  8. Corinthians, 30 – Sul-Americana
  9. América-MG, 29 – Sul-Americana
  10. Santos, 28 (um jogo a menos) – Sul-Americana
  11. Bahia, 28 – Sul-Americana
  12. Fluminense, 28 – Sul-Americana
  13. Atlético Paranaense, 27 (um jogo a menos)
  14. Vitória, 26
  15. Botafogo, 26
  16. Vasco, 24 (um jogo a menos)
  17. Sport, 23 – Zona de rebaixamento
  18. Ceará, 23 – Zona de rebaixamento
  19. Chapecoense, 22 (um jogo a menos) – Zona de rebaixamento
  20. Paraná, 16 – Zona de rebaixamento

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Invicto há três jogos, Vitória pega o Vasco para se distanciar de vez do Z-4 do Brasileirão | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar