Brasileirão Série A

Cruzeiro é favorito no Brasileirão diante do Vasco da Gama com nau à deriva

Cruzeiro
Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.

Mineiros tentam encostar no líder Flamengo

Com mais um ano de Brasileirão equilibrado, apenas três pontos separam o segundo colocado do 11º lugar. Isso mostra a importância de vencer nesta 10ª rodada, especialmente para o Cruzeiro, que puxa este bloco. A Raposa joga em casa nesta quarta-feira contra um Vasco em crise e precisa dos três pontos para encostar no líder Flamengo.

 

Cruzeiro eficiente

O ataque é o terceiro pior do campeonato, com apenas seis gols marcados. No entanto, mesmo tendo balançado as redes tão poucas vezes o Cruzeiro já conquistou cinco vitórias neste começo de competição. Quatro delas ocorreram pelo placar magro de 1 a 0.

Isso demonstra que embora não apresente um futebol vistoso e encantador, o time de Mano Menezes vem cumprindo bem o seu papel. Prova disso é que dos últimos 10 jogos que disputou só foi superado uma vez, pelo Atlético-MG, quando resolveu poupar os titulares. Esta história chegou a gerar uma provocação do técnico, que alfinetou Renato Portaluppi por criticar a maneira de como os adversários jogam.

Indiretas de lado, a tendência é que a Raposa continue subindo na tabela. Isso porque o próximo compromisso é contra o Vasco da Gama, em pleno Mineirão. Aqui, a chance de os gols enfim saírem para valer é grande.

Um triunfo manteria o Cruzeiro na segunda colocação e diminuiria para um ponto a diferença para o Flamengo, que está na primeira posição. Curiosamente, o Rubro-Negro será o adversário do clube nas oitavas de final da Libertadores.

Além da fragilidade do oponente, os mineiros também contam com o retrospecto em casa. Neste ano, o clube só foi derrotado em um dos 16 jogos disputados no Mineirão. O revés ocorreu na abertura do Brasileirão, contra o Grêmio, e por apenas 1 a 0. Um detalhe importante é que a Raposa não sofre mais de um gol em sua casa desde novembro do ano passado, quando empatou com o Avaí em 2 a 2. Dos 17 compromissos seguintes, somente em mais quatro oportunidades teve sua rede balançada.

 

Vasco perdido na temporada

A confusão eleitoral no começo do ano já indicava que o Vasco não teria uma temporada fácil. O clube sempre esteve longe de empolgar como na reta final de 2017, quando arrancou por uma vaga no G-7. Com a crise nos bastidores agravando a cada mês, o time não conseguiu render e colecionou derrotas – quatro por goleadas.

O último revés, diante do Botafogo, neste sábado, resultou no pedido de demissão de Zé Ricardo. O técnico era um dos poucos pontos positivos da equipe, mesmo com algumas escolhas contestáveis. Sua saída deixa o destino do Vasco ainda mais tenebroso.

Um sinal de que o Cruzmaltino pode esperar deve ser visto nesta quarta-feira, contra o Cruzeiro. Sem treinador, o comandante será o ex-atacante Valdir Bigode. Na beira do campo como interino, ele certamente montará um time bem fechado, para tentar segurar um empate de qualquer forma. Para buscar o feito, os cariocas apostam nas voltas de Thiago Galhardo e Rafael Galhardo, que estão recuperados de lesão. O único que segue como desfalque é o zagueiro Breno, com dores no joelho.

A igualdade já seria um excelente resultado, pois manteria o Vasco fora da zona de rebaixamento. No entanto, a derrota parece inevitável.

 

Retrospecto dos confrontos

As duas equipes já se enfrentaram duas vezes neste ano, pela Copa Libertadores. Em Belo Horizonte não saíram do 0 a 0, enquanto no Rio de janeiro, o Cruzeiro atropelou por 4 a 0. Em 2017 foram mais dois encontros, com os visitantes conquistando as vitórias. Um detalhe curioso é que um mandante não balança as redes neste duelo desde setembro de 2015, quando a Raposa marcou duas vezes e arrancou um empate em 2 a 2 no Mineirão.

 

Jogos da 10ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018

Terça-feira, 5 de junho

  • 21:30 – São Paulo x Internacional. Palpite: São Paulo vence por 2 a 1

Quarta-feira, 6 de junho

  • 19:30 – Vitória x Chapecoense. Palpite: 2 a 2
  • 19:30 – Botafogo x Ceará. Palpite: Botafogo vence por 1 a 0
  • 21:00 – Sport Recife x Atlético-PR. Palpite: 1 a 1
  • 21:00 – Corinthians x Santos. Palpite: 0 a 0
  • 21:45 – Cruzeiro x Vasco. Palpite: Cruzeiro vence por 2 a 0
  • 21:45 – Grêmio x Palmeiras. Palpite: Grêmio vence por 2 a 1

Quinta-feira, 7 de junho

  • 20:00 – Paraná x Bahia. Palpite: 1 a 1
  • 20:00 – Fluminense x Flamengo. Palpite: 1 a 1
  • 21:00 – América-MG x Atlético-MG. Palpite: 2 a 2

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.