Ganhador.com

Copa Libertadores

Corinthians visita o Independiente precisando do empate para seguir líder do Grupo 7 da Libertadores

Um resultado positivo hoje, deixa o Timão com a classificação aos mata-mata da Libertadores encaminhada.

Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians/Divulgação

A goleada do Millonarios sobre o Deportivo Lara, ontem, dia 17, na Colômbia, obriga o Corinthians a conseguir pelo menos 1 ponto hoje contra o Independiente (fora) para seguir líder do grupo e encaminhar sua classificação aos mata-mata da Libertadores. No Paraguai, o Grêmio segurou os avanços do Cerro Porteño e voltou para Porto Alegre com o empate e a vice-liderança do Grupo 1.

Após a boa estreia contra o Fluminense no Campeonato Brasileiro, o Corinthians está na Argentina onde enfrentará o Independiente com duas – e talvez uma terceira – alterações em relação ao time que triunfou no duelo do último domingo no Itaquerão.

 

O desempenho do Corinthians

O Corinthians de 2018 ainda é um exemplo de disciplina tática, mas não tem mais a mesma força defensiva de 2017 jogando fora de casa. Em seus últimos 15 jogos – somando-se todas as competições que disputa –, o Timão teve 5 vitórias, 3 empates e 7 derrotas longe de seus domínios, conquistando 18 de 45 pontos possíveis. Uma diferença considerável quando comparada com seus números como mandante – 11 vitórias, 1 empate e 3 derrotas, somando um total de 34 pontos em 45 possíveis.

Este cartel coloca um pouco mais de pressão em cima do Timão que viu o Millonarios golear o Deportivo Lara por 4 a 0 na noite de ontem, dia 17, e assumir a liderança do Grupo 7 no saldo de gols – o clube tem, hoje, os mesmos 4 pontos que o Corinthians enquanto que Independiente e Deportivo Lara estão com 3 pontos cada. Ao rival desta noite, o empate não é tão interessante, uma vez que seguiria na 3ª colocação pelo saldo de gols. A vitória em casa sobre o Alvinegro é, portanto, fundamental aos argentinos.

 

Mudanças à vista

O Corinthians vai para o jogo de hoje com duas mudanças em relação ao time que foi a campo no último domingo: Jadson, poupado, retorna ao meio-campo no lugar de Mateus Vital – que teve uma atuação discreta contra o Fluminense – e Maycon entra no lugar de Renê Júnior que ainda busca seu melhor condicionamento após ficar cerca de 40 dias se recuperando de uma lesão.

Além das duas mudanças certas, o zagueiro Henrique, que caiu de mal-jeito em lance do jogo contra o Fluminense e bateu a cabeça no chão, passará por uma avaliação antes do jogo para verificarem se terá condições de atuar. Se for vetado, Pedro Henrique ficará com a vaga. De resto, o Timão seguirá o mesmo, com Ralf fazendo a proteção à zaga e aumentando a altura da defesa alvinegra na bola parada.

 

O desempenho do Independiente

Diferente do Corinthians que nesta temporada se mostra mais forte no Itaquerão, o Independiente pouco muda seu desempenho atuando como mandante ou como visitante. Nos últimos 15 jogos em sua casa (global) o time argentino obteve 9 vitórias, 3 empates e 3 derrotas (marcando 18 gols e sofrendo 11), enquanto que, como visitante conquistou 7 vitórias, 5 empates e 3 derrotas (marcando os mesmos 18 gols e sofrendo 8).

O duelo de hoje é de suma importância para as ambições do Independiente na Libertadores. É um confronto direto contra o, agora, vice-líder do grupo e uma derrota poderá significar game over para os argentinos.

 

Escalações

Os times deverão ir à campo com as seguintes formações:

Independiente: Campaña; Bustos, Figal (Franco), Amorebieta e Sanchez Miño (Silva); Rodríguez e Domingo; Benítez, Meza e Fernandez; Gigliotti. Treinador: Ariel Holan.

Corinthians: Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique (Pedro Henrique) e Sidcley; Ralf e Maycon; Romero, Rodriguinho, Jadson e Clayson. Treinador: Fábio Carille.

 

Palpite para Independiente x Corinthians

Apesar da vitória do Millonarios que o tirou do topo do Grupo 7, o Corinthians entra em campo hoje menos pressionado que o Independiente. Um empate recoloca o time treinado por Fábio Carille no topo do grupo – daí a opção por manter Ralf (mais defensivo que Gabriel) no time titular e apostar nas subidas de Maycon como elemento-surpresa no meio-campo alvinegro.

Os argentinos terão que atacar o Corinthians desde muito cedo o que permitirá ao Timão jogar dentro de sua “zona de conforto”: deixando a bola com o adversário e aproveitando-se de um contra-ataque para decidir a partida.

Defendendo-se com duas linhas de quatro jogadores muito bem postadas e próximas o grande risco que o Timão corre hoje está nas bolas paradas – calcanhar de Aquiles da equipe que mostrou uma ligeira melhora com a entrada de Ralf.

O jogo de hoje tem tudo para ser um duelo “encruado” com muita disputa no meio campo e poucas chances de gol. O time argentino pode se enervar à medida que o tempo for avançando e o empate persistir – cenário que tornaria mais fácil o trabalho do Timão. É um jogo com grandes possibilidades de empate (resultado que seria muito comemorado no Parque São Jorge).

 

Cerro Porteño e Grêmio ficam no 0 a 0

Jogando em Assunção, no Paraguai, na noite de ontem, dia 17, fechando o 1º turno do Grupo 1, o Grêmio aguentou bem a pressão do Cerro Porteño e voltou para casa com um empate que lhe garantiu a vice-liderança do grupo com 5 pontos – 2 a menos que o líder, Cerro. Indiferente à torcida paraguaia e muito concentrado na defesa, o Imortal não permitiu que os donos da casa entrassem em sua área e as chances mais perigosas do Cerro vieram em chutes de média distância contra o gol defendido por Marcelo Grohe. O lance mais perigoso do jogo veio em um voleio do zagueiro Pedro Geromel  que acertou a trave de Antony Silva aos 5 minutos do segundo tempo. No mais, um jogo muito brigado do meio campo, com pouca criatividade e chances de gol. Resultado mais do que justo pelo que os dois times apresentaram. Com dois jogos em casa no 2º turno da fase de grupos da Libertadores, o Imortal não deverá ter problemas para chegar aos mata-mata e seguir em sua “defesa do título”.

 

Palpites e resultados para os jogos desta semana na Libertadores

Terça-feira, 17 de abril

  • 19:15 – Defensor (URU) 3 x 1 Monagas (VEN)
  • 21:30 – Cerro Porteño (PAR) 0 x 0 Grêmio (BRA)
  • 21:30 – Millonarios (COL) 4 x 0 Deportivo Lara (VEN)

Quarta-feira, 18 de abril

  • 19:15 – The Strongest (BOL) x Atl. Tucumán (ARG) – Palpite: The Stronguest
  • 21:45 – Flamengo (BRA) x Santa Fe (COL) – Palpite: Flamengo
  • 21:45 – Independiente (ARG) x Corinthians (BRA) – Palpite: empate
  • 21:45 – Libertad (PAR) x Peñarol (URU) – Palpite: Libertad

Quinta-feira, 19 de abril

  • 19:15 – Racing (ARG) x Vasco (BRA) – Palpite: empate
  • 21:30 – Alianza Lima (PER) x Junior Barranquilla (COL) – Palpite: empate
  • 21:30 – Emelec (EQU) x River Plate (ARG) – Palpite: River Plate
  • 21:30 – Universidad de Chile (CHI) x Cruzeiro (BRA) – Palpite: Cruzeiro

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar