Ganhador.com

Copa Sul-Americana

Copa Sul-Americana: conheça os primeiros adversários dos times brasileiros na competição

Foto: Bruno Cantini / Atlético

Galo, Furacão e São Paulo estream contra argentinos. Fluminense encara o Nacional Potosí e a altitude boliviana

O mês de abril marcará o início da Copa Sul-Americana para os clubes brasileiros. Atlético Mineiro, Atlético Paranaense, São Paulo, Bahia, Botafogo e Fluminense entrarão na briga pelo título da competição continental que caiu no gosto do torcedor nos últimos anos, e alguns deles já terão adversários difíceis logo na primeira fase.

Confira o que aguarda os representantes tupiniquins em suas respectivas estreias.

 

San Lorenzo x Atlético Mineiro

O Atlético Mineiro iniciará sua participação fora de casa contra o San Lorenzo. O time do Papa ocupa hoje a quinta colocação do campeonato argentino, e costuma dar trabalho em competições internacionais. Que o diga o torcedor flamenguista, que em 2017 amargou uma eliminação da Libertadores com requintes de crueldade no Nuevo Gasómetro. Belluschi pôs fim ao sonho rubro-negro com um gol aos 47 minutos do segundo tempo.

O San Lorenzo conquistou o título mais importante do continente em 2014, e no ano passado foi eliminado nas quartas de final pelos seus compatriotas do Lanús. Na Copa Sul-Americana, foi campeão da primeira edição, em 2002, e semifinalista em 2016.

O jogo de ida acontece no dia 11/04, às 19:15 (horário de Brasília).

 

Blooming x Bahia

Apesar de enfrentar um time boliviano, o Bahia não precisará passar pelo sofrimento de jogar na altitude. O Blooming manda suas partidas no Estádio Ramón Tahuichi Aguilera, em Santa Cruz de La Sierra, que fica apenas 480 metros acima do nivel do mar.

Para a sorte do Tricolor da Boa Terra, os Millonarios andam muito mal das pernas no Campeonato Boliviano, ocupam a vice-lanterna do Grupo B, e somaram apenas um ponto nos últimos quatro jogos.

A primeira partida também acontece no dia 11/04,  às 21:45, e os brasileiros têm um caminho bem pavimentado rumo à segunda fase.

 

Fluminense x Nacional Potosí

Para o Fluminense será fundamental abrir uma boa vantagem no jogo de ida contra o Nacional Potosí, no dia 11/04, às 21:45, no Maracanã. Isto porque, ao contrário do Tricolor baiano, os cariocas jogarão a segunda partida em um dos pontos mais inóspitos do continente, a cidade de Potosí, localizada a quase quatro mil metros de altitude.

Este deve ser o principal obstáculo para os comandados de Abel Braga, uma vez que o time boliviano não chega a assustar. O Nacional Potosí é o quarto colocado do Grupo B do campeonato do seu país, e em duas participações na Copa Sul-Americana chegou no máximo até a segunda fase. Em 2017, foi eliminado ao perder os dois jogos diante do Estudiantes.

 

Audax Italiano x Botafogo

O Fogão abrirá os trabalhos do dia 12/04 encarando o Audax Italiano na cidade de La Florida, no Chile. Do outro lado estará um ídolo da torcida alvinegra, o veterano atacante uruguaio Loco Abreu, de 41 anos, anunciado como um dos reforços dos Tanos para a temporada.

O modesto time chileno não conquista um título desde 1957, e é o 11º colocado entre os 16 participantes do campeonato nacional, com apenas uma vitória em cinco rodadas. Sua última participação na Copa Sul-Americana foi em 2007, quando acabou eliminado pelos seus compatriotas do Colo-Colo na segunda fase. Os brasileiros são favoritos.

 

Atlético Paranaense x Newell’s Old Boys

O Furacão será mais um brasileiro a estrear contra um adversário argentino, e a exemplo do Fluminense, disputará o jogo de ida em casa. Seu rival será o centenário Newell’s Old Boys, cujos dias de glória remontam à decadas passadas. O time atualmente é o 25º colocado entre os 28 participantes do Campeonato Argentino, e atravessa uma grande crise esportiva e econômica.

O responsável por comandar La Lepra em seu retorno à Copa Sul Americana após oito anos será Omar De Felippe, que assumiu o time na última semana com a missão de recuperar a confiança do plantel. Na última participação, a equipe fez uma campanha digna, caindo nas quartas de final diante da LDU.

 

Rosario Central x São Paulo

Arquirrival do Newell’s Old Boys, o Rosario Central será o adversário de estreia do São Paulo, e apesar de apresentar uma campanha melhor no Campeonato Argentino, onde ocupa a 16ª colocação, também não chega a ser um esquadrão. Sua principal contratação para a temporada foi o gordinho Ortigoza, mas o volante argentino naturalizado paraguaio acumula seguidas contusões, e pouco pôde fazer até o momento.

O Central não possui um grande histórico na Copa Sul Americana, mas em 1995 conquistou o título da Conmebol, competição que no passado tinha um peso equivalente. Este, aliás, foi o último momento de glória dos “Canalhas”, que em temporadas recentes tiveram passagens pela segunda divisão.

 

Jogos da primeira fase da Copa Sul-Americana

Terça-Feira, 10 de abril

  • 19:15 – Jaguares de Córdoba x Boston River – Palpite: Boston River
  • 19:15 – LDU x Guabirá – Palpite: LDU
  • 21:30 – Deportivo Cali x Danúbio – Palpite: Deportivo Cali
  • 21:45 – Estudiantes de Mérida x Deportes Temuco – Palpite: Empate

Quarta-feira, 11 de abril

  • 19:15 – San Lorenzo x Atlético Mineiro – Palpite: Empate
  • 21:45 – Blooming x Bahia – Palpite: Bahia
  • 21:45 – Fluminense x Nacional Potosí – Palpite: Fluminense

Quinta-feira, 12 de abril

  • 19:15 – Atlético Paranaense x Newell’s Old Boys – Palpite: Atlético Paranaense
  • 19:15 – Audax Italiano x Botafogo – Palpite: Empate
  • 21:30 – Rosario Central x São Paulo – Palpite: Rosario Central
  • 21:30 – Sol de América x Independiente Medellin – Palpite: Independiente Medellin

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar