Ganhador.com

Copa do Brasil

Copa do Brasil: Coritiba e Paraná Clube inverteram seus papeis?

Paraná Clube futebol 2018
Foto: Geraldo Bubniak /AGB

Enquanto o tradicional Coxa se prepara para jogar a Série B, o Tricolor vê na Copa do Brasil a chance de mostrar que está capacitado a ir bem também na Série A            

A ordem de forças do futebol paranaense está um pouco abalada neste 2018, e um bom exemplo do que esperar de dois dos principais clubes do Estado vai ser dado nesta quinta (15), quando o Coritiba e o Paraná Clube atuam ao mesmo tempo na Copa do Brasil.

O compromisso do Coxa será contra o Uberlândia, no tradicional Parque do Sabiá, nas Minas Gerais. Já o Paraná Clube enfrenta o Sampaio Correia no Castelão, em São Luís, no Maranhão. Os dois jogos começam às 21h30 (de Brasília).

 

Paraná corre atrás de um time

O Tricolor da Vila Capanema fez por merecer, e está na Série A do Campeonato Brasileiro depois de exatamente uma década de disputa pelas divisões menores. O Paraná Clube ficou com a quarta e última vaga da Série B, mas deu a impressão de estar sempre com o acesso nas mãos, tamanha a segurança no começo e no final do campeonato, controlando todos os percalços que poderiam surgir no caminho.

O clube, porém, sabe que a realidade na elite é muito diferente. Até por isso, o clube já apresentou nada menos que 18 novos atletas, e há ainda a possibilidade de chegar mais um ou dois. O técnico também é recém-integrado: trata-se de Wagner Lopes, que estava no clube até o começo do ano passado, quando foi trabalhar no Japão, para voltar só agora.

A lista de reforços do Paraná contém os seguintes nomes: no gol, o clube já acertou com Luís Carlos e Thiago Rodrigues; os novos defensores são o lateral-direito Alemão, os zagueiros Charles, Márcio, Neris e Rafael Nascimento, e os laterais-esquerdo Marcelo Baez e Mansur; no meio-campo, as incorporações são os volantes Alex Santana, Wesley Dias e Torito González, o meia João Paulo. Fecham a relação os atacantes Diego, Lucas Fernandes, Thiago Santos e Zé Carlos.

O time sabe que uma boa impressão na Série A passa também pelo que for feito antes da abertura da competição. A estreia na Copa do Brasil será justamente diante do Sampaio Correia, o time tem a oportunidade de colocar o Paraná Clube em uma condição mais favorável que a atual no Campeonato Paranaense. O Paraná é um surpreendente lanterninha em sua chave, com cinco pontos em cinco jogos, empatado com o Maringá. Embora seja começo de temporada e o time sequer esteja montado, é bom que o Paraná se acostume a lidar com as cobranças de time de elite.

 

Coritiba tenta embalar

Se o Paraná ainda precisa deixar uma impressão na Copa do Brasil, o Coritiba sim já deixou a sua impressão – e ela não foi nada boa. O clube ficou apenas no 1×1 com o Paranahyba, do Piauí. E o que pior: perdia até os 52 minutos, quando William Matheus fez o gol que salvou a equipe de uma eliminação que seria realmente histórica.

O Coritiba tampouco está melhor no Campeonato Paranaense. É o terceiro colocado em seu grupo, atrás do Foz do Iguaçu e do Cianorte. Convenhamos que é muito pouco para um time que conquistou o Campeonato Brasileiro em 1985 e fez a final da Copa do Brasil de 2012, quando perdeu para o Palmeiras.

O momento de contato com a elite é apenas assim – através de lembranças que situam como o Coritiba já foi gigante e como hoje sofre até contra times desconhecidos. A chance que se apresenta nesta semana diante do Uberlândia não é uma oportunidade meramente esportiva. Tem a ver também com o orgulho e com a impaciência de uma torcida que não sabe muito bem o que fazer para acompanhar o Coxa na Série B e lidar com os rivais Paraná Clube e Atlético Paranaense na Série A.

Tem tudo para ser um 2018 dos mais complicados para o clube, e é bom que o técnico Sandro Fromer encontre em seu elenco as opções que façam o Coritiba superar o Uberlândia sem sofrer tanto. O time continua confiando em atacantes experientes que já sentem o rigor dos anos em suas pernas. Tanto Kleber Gladiador quanto Alecsandro estão muito longe dos dias em que eram fundamentais. É de jogo em jogo, de rodada em rodada, em uma Copa do Brasil que apenas começa, se que constrói uma reputação. O futebol brasileiro merece ver um Coritiba forte e enchendo sempre o Couto Pereira, um dos estádios mais lindos do sul do país.

 

Jogos da 2ª rodada da Copa do Brasil

Quinta-feira, 15 de fevereiro

  • 19:15 – Vila Nova x Joinville – Palpite: Joinville
  • 19:15 – Juventude x Avaí – Palpite: Juventude
  • 21:30 – Uberlândia x Coritiba – Palpite: Coritiba
  • 21:30 – Sampaio Correia x Paraná Clube – Palpite: Paraná

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar