Copa do Brasil

Atlético-MG conta com Róger Guedes para abrir boa vantagem sobre a estreante Chapecoense

Foto: Clube Atlético Mineiro/Site Oficial

Espetáculo está marcado para às 19h30 desta noite no estádio Independência

 

É hora de mudar a chave. Não estamos falando de Libertadores, nem de Copa Sul-Americana, nem de Brasileirão, nem de Estaduais. Para a Chapecoense será o início de sua caminhada na Copa do Brasil. Para o Atlético-MG, será a sétima vez que entra em campo pela contenda. Fora da Libertadores desta temporada, o Galo teve que começar desde a primeira eliminatória. Confira abaixo o prognóstico.

 

Histórico

Na história deste confronto, o Atlético-MG leva vantagem no cara a cara: cinco vitórias alvinegras contra três do Verdão do Oeste, além de dois empates.

Na Copa do Brasil de 2010 eles se pegaram. Na Arena Condá, os catarinenses se impuseram por 1 a 0. O troco veio de forma maiúscula em Belo Horizonte: 5 a 0.

 

Como chegaram até aqui?

O Atlético-MG estreou muito mal. O quadro recheado de craques não conseguiu superar o modesto Atlético-AC. O 1 a 1 serviu ao clube melhor colocado no ranking da CBF. Na segunda fase, os alvinegros golearam o Botafogo-PB por 4 a 0. Na terceira rodada, o Galo agradeceu à CBF por ter mudado o regulamento e acabado com o gol qualificado. Os mineiros venceram o Figueirense em Florianópolis por 1 a 0, mas perderam no Independência por 2 a 1. Nos pênaltis, Victor e companhia comemoraram o 4 a 2. Na etapa seguinte, veio um duelo de primeira divisão contra o São Paulo: 4 a 0 e 2 a 2.

A Chapecoense, envolvida na Taça Libertadores da América, ficou isenta dos quatro primeiros mata-matas e só estreia daqui a pouco.

Campeão em 2014, os atleticanos tentam erguer o troféu pela segunda vez. O título ainda é inédito na história da representação de Chapecó.

 

Grande fase de Róger Guedes

Nas últimas três apresentações do Atlético-MG, Róger Guedes foi o nome do jogo. Não apenas marcou gols, como foi útil ao time. Marcou, deu passes e ajudou seus companheiros. O atacante se tornou titular absoluto de Thiago Largui.

O Galo chega para este embate com a Chapecoense vindo de um importante triunfo sobre o Corinthians pelo Brasileirão. A partida foi marcada por polêmicas da arbitragem, mas no final deu tudo certo para os mineiros: 1 a 0. Com mais estes três pontos, os atleticanos chegam a seis e ocupam a quarta posição da liga. Para esta noite, o meia Cazares e o defensor Leonardo Silva foram liberados pelo departamento médico e se encontram à disposição.

A diretoria tenta cortar custos e colocar algumas peças na vitrine nacional. Por isso, César foi emprestado ao Tupi. Outros dois podem seguir este roteiro: Matheus Mancini interessa ao Coritiba e Samuel Xavier ao Ceará.

 

Sinais de melhora

A Chapecoense segurou o poderoso Palmeiras dentro da Terra da Garoa e somou seu segundo ponto no Brasileirão. Apesar da décima-sexta posição, que é bem desconfortável, pela primeira vez a Chape mostrou um padrão de jogo inteligente. As jogadas ensaiadas saíram e o time rendeu muito mais do que nas pelejas anteriores.

Para a estreia na Copa do Brasil, Gilson Kleina comandou apenas um treino, que foi fechado à imprensa. O comandante confirmou a contratação do meia argentino Agustín Doffo, que estava no Vélez Sarsfield.

 

Possíveis escalações

Atlético-MG: Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adilson; Gustavo Blanco, Luan e Otero; Róger Guedes e Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi.

Chapecoense: Jandrei; Apodi, Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Elicarlos, Márcio Araújo e Canteros; Arthur e Weillington Paulista. Técnico: Gilson Kleina.

 

Palpite

O Atlético-MG tem individualmente melhores peças que seu oponente, assim como melhor conjunto. Dito isto, penso que os mineiros alcançam as quartas de final. Pelo menos são favoritos para tal. Se quiser sair “com vida” do Horto, a Chape precisa ser inteligente, como bem pregou seu treinador. Mais do que ser cautelosa e fria, ela precisa mostrar o mesmo espírito que demonstrou contra o Palmeiras. Se jogar daquele modo, quem sabe …?

Mesmo assim, prevejo que o Galo cisca esta noite e que a torcida fará uma linda festa: 2 a 0 e uma pequena gordura para o jogo da volta.

 

 

Jogos de ida das oitavas de final da Copa do Brasil de 2018

Quarta-feira, 25 de abril:

  • 19h30: Goiás 0x2 Grêmio
  • 19h30: Vitória 0x0 Corinthians

 

Quarta-feira, 02 de maio:

  • 19h30: Atlético-MG x Chapecoense – palpite: Atlético-MG
  • 19h30: Ponte Preta x Flamengo – palpite: Flamengo.

 

Quarta-feira, 09 de maio:

  • 19h30: América-MG x Palmeiras – palpite: Palmeiras.
  • 21h45: Bahia x Vasco da Gama – palpite: Bahia.

 

Quinta-feira, 10 de maio:

  • 21h45: Santos x Luverdense – palpite: Santos.

 

Quarta-feira, 16 de maio:

  • 21h45: Atlético-PR x Cruzeiro – palpite: empate.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.