Copa Sul-Americana

Com promessa de Morumbi lotado, São Paulo busca vitória sobre o Rosario Central para seguir vivo na Copa Sul-Americana

São Paulo
Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Tricolor empatou sem gols na Argentina, e precisa vencer para avançar à segunda fase

Após uma partida conturbada, em que ficou com um jogador a menos ainda no primeiro tempo, o empate sem gols contra o Rosario Central no Gigante de Arroyito acabou ficando de bom tamanho para o São Paulo. No entanto, como não marcou fora de casa, o Tricolor colocou em risco a classificação à segunda fase da Copa Sul-Americana, já que agora não pode sequer empatar com gols. O jogo de volta contra o argentinos acontece nesta quarta-feira (09), às 21:45 (horário de Brasília), no Morumbi, e um novo 0x0 levará a decisão para os pênaltis.

 

São Paulo prepara grande festa no Morumbi

Jogo decisivo válido por uma competição internacional, ingressos mais baratos à venda por R$ 10,00 (meia-entrada), e campanha na internet com a hashtag #TodosAoMorumbi. Tudo conspira para uma grande festa Tricolor na noite de quarta-feira, e a torcida promete abraçar o time, que precisa vencer a qualquer custo o Rosario Central para seguir vivo na Copa Sul-Americana. Até o momento, 18 mil ingressos já foram vendidos, mas a expectativa é por um público de cerca de 30 mil pessoas no Morumbi.

Mesmo sem apresentar um grande futebol nesta temporada, o São Paulo tem um retrospecto animador atuando em seu estádio. Em 12 partidas disputadas por lá em 2018, o time obteve sete vitórias, quatro empates e foi derrotado apenas uma vez.

O técnico Diego Aguirre será obrigado a fazer algumas mudanças na escalação. O meia Everton, que não foi inscrito na competição, e o zagueiro Rodrigo Caio, expulso na partida de ida, são desfalques certos. Nenê e Éder Militão, com dores musculares, a princípio não jogariam, mas retomaram as atividades com bola no treino desta terça-feira e deixaram uma dúvida no ar. Caso eles não se recuperem, Cueva e Anderson Martins devem ser os substitutos.

 

Rosario Central entrou em crise após o primeiro jogo

Décimo nono colocado no Campeonato Argentino, que chega ao fim no próximo final de semana, o Rosario Central entrou em um verdadeiro inferno astral após o empate contra o São Paulo no jogo de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana. Nas semanas subsequentes, o time foi derrotado por River Plate, Racing, Defensa y Justicia e Arsenal de Sarandí. Este último marcou a estreia do técnico interino José Chamot, e Los Canallas sofreram uma humilhante goleada por 4×0.

O atacante Marco Ruben, principal jogador do plantel, atravessa uma má fase, e marcou apenas dois gols nos últimos 17 jogos. Ele já manifestou o desejo de deixar o clube ao final da temporada, mas ainda assim estará entre os titulares. O time deve ser o mesmo que atuou no Gigante de Arroyito, com exceção meia Carrizo, que foi expulso e precisará cumprir suspensão.

 

Retrospecto de São Paulo x Rosario Central

Antes do duelo do mês passado, São Paulo e Rosario Central já haviam ficado frente a frente outras cinco vezes. A primeira foi em 1945, quando não saíram do 0x0 em um amistoso no Pacaembu. Os times voltariam a se encontrar 55 anos depois, quando caíram no Grupo C da Copa Mercosul. O Tricolor venceu por 1×0 no Morumbi, mas foi derrotado por 2×1 no Gigante de Arroyito.

A disputa mais emocionante, no entanto, aconteceu nas oitavas-de-final da Libertadores de 2004.Los Canallas venceram o jogo de ida na Argentina por 1×0, e conseguiram abrir o placar no Morumbi. Em noite inspirada, Grafite marcou duas vezes para virar o jogo, e Rogério Ceni foi o herói da disputa de pênaltis, defendendo duas cobranças. O São Paulo avançou até as semifinais, quando foi derrotado pelo Once Caldas, que sagrou-se campeão.

 

Prováveis escalações

São Paulo: Sidão; Bruno Alves, Arboleda e Éder Militão (Anderson Martins); Régis, Jucilei, Petros (Liziero) e Reinaldo; Nenê (Cueva), Valdívia e Diego Souza. Técnico: Diego Aguirre

Rosario Central-ARG: Ledesma; Nahuel Gómez, Tobio, Cabezas e Parot; Maxi González, Joaquín Pereyra, Joel López e Lovera; Marco Rúben e Zampedri. Técnico: José Chamot (interino)

 

Palpite

O São Paulo caiu nas semifinais do Campeonato Paulista e está longe dos favoritos ao título brasileiro, de maneira que a Copa Sul-Americana se apresenta como uma de suas melhores oportunidades para conquistar um título nesta temporada. O time precisa apenas de uma vitória simples, contará com o apoio maciço de seu torcedor e enfrentará um adversário em crise, o que o torna favorito para conquistar a classificação.

A partida não será fácil, mas acredito que o Tricolor tenha tudo para conquistar uma vitória.

 

Jogos da semana pela Copa Sul-Americana

Terça-Feira, 8 de maio

  • 19:15 – Guabirá 3×2 LDU – Classificado: LDU
  • 21:45 – Atlético-MG 0x0 San Lorenzo – Classificado: San Lorenzo
  • 21:45 – Danubio 3×2 Deportivo Cali – Classificado: Deportivo Cali

Quarta-feira, 9 de maio

  • 19:15 – Deportes Temuco x Estudiantes de Mérida – Palpite: Empate
  • 21:45 – Botafogo x Audax Italiano – Palpite: Botafogo
  • 21:45 – São Paulo x Rosario Central – Palpite: Empate

Quinta-feira, 10 de maio

  • 19:15 – Newell’s Old Boys x Atlético-PR – Palpite: Empate
  • 19:15 – Boston River x Jaguares de Córdoba – Palpite: Boston River
  • 21:45 – Nacional Potosí x Fluminense – Palpite: Empate
  • 21:45 – Independiente Medellín x Sol de América – Palpite: Independiente Medellín

 

Como apostar na futebol 2021