UFC

Com nocautes, Poliana Botelho e Luque são destaques brasileiros no UFC Chile

Foto: Divulgação / UFC

O UFC Chile, ocorrido no último sábado (19), contou com grandes emoções para os fás de lutas, e muitas delas foram proporcionadas por atletas brasileiros. Dos seis atletas tupiniquins que entraram em ação, quatro saíram do octógono como vencedores. E um dos principais destaques da noite foi o triunfo arrasador de Poliana Botelho. A mineira atropelou a rival Syuri Kondo com um nocaute relâmpago com apenas 33 segundos do primeiro assalto. E embora ainda seja cedo, é possível apontar a atleta como um nome a se acompanhar com carinho.

Foi a segunda vitória de Poliana no octógono do Ultimate. A brasileira estreou na organização em outubro do ano passado, quando venceu Pearl Gonzalez na decisão unânime dos juízes após três rounds de confronto. Com o nocaute contra Kondo, Botelho alcançou o expressivo número de seis nocautes em oito lutas. São sete vitórias ao todo, e apenas uma derrota, que aconteceu em junho de 2014.

Poliana Botelho é atleta da Nova União, renomada equipe de nomes como José Aldo, Renan Barão e tantos outros nomes. Ela foi durante muito tempo parceira  de treinos de Claudia Gadelha, top da divisão peso palha feminino. Atualmente, Gadelha não faz mais parte do time. Treinada por Dedé Pederneiras, Poliana tem brilho. Aos 29, ela chegou ao UFC há pouco tempo, mas já demonstrou ao que veio. O triunfo diante de Syuri foi arrasador. Com um muar Thai afiado, a brasileira logo acertou um chute na linha de cintura da rival e a fez desistir. Foi o famoso “não deu nem para o cheiro”. Triunfo que coloca alguns olhares sob a lutadora e que pode impulsionar sua caminhada no octógono.

Outro que brilhou com força no UFC Chile foi Vicente Luque. O brasileiro emplacou a segunda vitória consecutiva na categoria dos meio-médios. Ele nocauteou Chad Laprise no primeiro round e chegou a seis vitórias em oito lutas no octógono. O mais incrível é que todos os triunfos de Luque no cage mais famoso do mundo foram ou por nocaute ou finalização. As únicas lutas que foram para a decisão dos juízes acabaram com sua derrota. Vicente tem 26 anos e é outro nome promissor do Brasil dentro do UFC.

Alexandre Pantoja e Michel Trator foram os outros brasileiros que venceram no UFC Chile. O primeiro bateu Brandon Moreno na decisão dos juízes, enquanto o segundo superou Zak Cummings também via decisão . Pantoja agora sonha três vitorias em quatro lutas no octógono, enquanto Trator emplacou a sétima vitória consecutiva dentro do octógono.

CONFIRA OS RESULTADOS DO UFC CHILE

Kamaru Usman venceu Demian Maia na decisão dos juízes
Tatiana Suarez finalizou Alexa Grasso no primeiro round
Dominick Reyes nocauteou Jared Cannonier no primeiro round
Guido Cannetti venceu Diego Rivas na decisão dos juízes
Andrea Lee venceu Veronica Macedo na decisão dos juízes
Vicente Luque nocauteou Chad Laprise no primeiro round
Card preliminar
Michel Trator venceu Zak Cummings na decisão dos juízes
Alexandre Pantoja venceu Brandon Moreno na decisão dos juízes
Poliana Botelho nocauteou Syuri Kondo no primeiro round
Gabriel Benítez nocauteou Humberto Bandenay no primeiro round
Enrique Barzola venceu Brandon Davis na decisão dos juízes
Frankie Saenz venceu Henry Briones na decisão dos juízes
Claudio Puelles finalizou Felipe Silva no terceiro round

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar