Copa do Brasil

Com a vantagem de jogar pelo empate e promessa de Allianz Parque lotado, Palmeiras prepara grande festa para despachar o América-MG na Copa do Brasil

Palmeiras
Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Verdão, no entanto, precisará se virar sem Borja, que já treina com a seleção colombiana para a Copa do Mundo

Os preços salgados, que variam entre R$ 100,00 e R$ 230,00, não intimidaram o torcedor palmeirense, que adquiriu de forma antecipada 18 mil ingressos para o jogo de volta das oitavas-de-final da Copa do Brasil, diante do América-MG, nesta quarta-feira (23), às 21:45 (horário de Brasília). Após a vitória por 2×1 em Belo Horizonte, o Verdão precisa apenas de um empate no Allianz Parque, e a confiança é total na classificação.

 

Palmeiras largou na frente em Belo Horizonte

O início da partida no Independência deu a impressão de que o Palmeiras retornaria para São Paulo com a classificação bem encaminhada. O Verdão foi muito mais incisivo durante todo o primeiro tempo, mas Borja pecava nas finalizações. O colombiano só se redimiu aos 37, quando recebeu um cruzamento na medida de Lucas Lima, e desta vez não perdoou, deixando seu time na frente.

A etapa complementar manteve a mesma toada até os 11 minutos, quando Borja tabelou com Keno e deixou o companheiro na cara do gol para ampliar. O Palmeiras  se acomodou com o placar, e o América-MG criou coragem para se aventurar um pouco mais no ataque. Deu certo, o Coelho diminuiu aos 27, com Serginho, e chegou a colocar alguma pressão em busca do empate nos instantes finais. Apesar de não ter alcançado o objetivo, o time mineiro se manteve vivo na disputa, e como o gol fora de casa não é mais critério de desempate, pode levar a decisão para os pênaltis com uma simples vitória por 1×0.

 

Roger Machado procura por um artilheiro

Sem Borja, responsável por 44% dos gols marcados pelo ataque palmeirense, que se prepara para a Copa do Mundo com a seleção colombiana, o técnico Roger Machado busca alternativas para o setor ofensivo, e reintegrou ao elenco os jovens Fernando e Papagaio. A tendência, no entanto, é que o treinador opte pela escalação de William, que vem atuando com mais regularidade. Uma boa notícia é o retorno de Dudu após cumprir suspensão na vitória sobre o Bahia.

Apesar dos fracassos em clássicos contra o Corinthians, tanto pelo Paulistão quanto pelo Campeonato Brasileiro, o saldo do time do Palmeiras na temporada é altamente positivo. O Verdão fez a melhor campanha da fase de grupos da Libertadores, está a dois pontos do líder Atlético-MG no Brasileirão e estreou com o pé direito, vencendo fora de casa, na Copa do Brasil. Beneficiado pelo generoso aporte financeiro oferecido por uma empresa parceira, o clube montou um dos plantéis mais qualificados do país, e desponta entre os grandes favoritos ao título.

Enderson Moreira quer ter “tanque cheio” em duas competições

Com seu time realizando uma boa campanha no Brasileirão, o técnico do América Mineiro, Enderson Moreira, vive um dilema a respeito da equipe que levará ao Allianz Parque para enfrentar o Palmeiras. Isto porque, apesar de considerar importante avançar na Copa do Brasil, o comandante quer ter “tanque cheio”, segundo suas próprias palavras, para tentar manter os 100% de aproveitamento em casa na partida do próximo domingo, diante do São Paulo. O que é certo é que o volante  Zé Ricardo, além dos zagueiros Rafael Lima e Lima e o meia Matheusinho, contundidos, desfalcarão a equipe.

Para se classificar sem a necessidade de disputa de pênaltis, o Coelho precisará alcançar um feito inédito: superar o Palmeiras por dois ou mais gols de diferença em um jogo eliminatório dentro do Allianz Parque.

 

Retrospecto de Palmeiras x América-MG

O Palmeiras leva grande vantagem no retrospecto contra o América-MG, com 12 vitórias, seis empates e quatro derrotas em 22 jogos. Como mandante, o Verdão contabiliza cinco triunfos, dois empates e um único revés, que aconteceu no Campeonato Brasileiro da Série B de 2013. O Coelho surpreendeu no estádio Novelli Júnior, em Itu, e arrancou os três pontos dos paulistas com uma vitória pela contagem mínima. Caso a história se repita na noite desta quarta-feira, a classificação será decidida nos pênaltis.

Últimos jogos

  • 09/02/2018 – América-MG 1×2 Palmeiras
  • 09/10/2016 – América-MG 0x2 Palmeiras
  • 21/06/2016 – Palmeiras 2×0 América-MG
  • 14/09/2013 – América-MG 1×1 Palmeiras
  • 01/06/2013 – Palmeiras 0x1 América-MG

 

Prováveis escalações

Palmeiras: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Lucas Lima; Dudu, Keno e Willian. Técnico: Roger Machado.

América-MG: João Ricardo; Norberto, Matheus Ferraz, Messias e Giovanni; Leandro Donizete, Juninho, Aderlan e Serginho;Luan e Rafael Moura (Judivan). Técnico: Enderson Moreira

 

Palpite

Vários motivos tornam o Palmeiras favorito para vencer e passar de fase. A vantagem obtida em Belo Horizonte permitirá que o time jogue com mais tranquilidade, o rival historicamente não costuma causar grandes problemas, os jogadores terão o apoio das arquibancadas de um Allianz Parque que tem tudo para lotar, o retrospecto é positivo, nas outras vezes em que se viu em situações semelhantes, a equipe sempre acabou classificada, além, é claro, de contar com um plantel tecnicamente muito mais qualificado.

Acredito que a partida terá um roteiro semelhante ao de Palmeiras x Bahia, em que o time anfitrião chegou rapidamente ao primeiro gol e construiu a vitória por 3×0 explorando os erros do adversário. O Verdão triunfará sem maiores dificuldades.

 

Quartas de final da Copa do Brasil 2018

Quarta-Feira, 23 de maio

  • 21:45 – Palmeiras x América-MG – Palpite: Palmeiras

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.