Amistosos de seleções

Clássicos e disputa interna por vaga na lista final da Copa do Mundo marcam amistosos internacionais desta semana

Foto: ADRIAN DENNIS/AFP/Getty Images

Seleções da Argentina, Brasil, França e Inglaterra testam garotos que vêm se destacando na reta final da temporada 2017/2018

A Copa do Mundo está logo aí, mas engana-se que a lista dos 23 convocados de cada uma das 32 seleções que estarão na Rússia a partir de junho na Rússia já está pronta. E como acontece em toda reta final de fase preparatória para cada edição do torneio, novos jogadores colocam “aquela” dúvida na cabeça dos treinadores. E muitos deles terão uma prova de fogo logo em suas estreias com “pesadas camisas” através dos últimos amistosos antes do Mundial. É a chance de Lautaro Martínez, revelação do futebol argentino, mostrar serviço para Jorge Sampaoli no clássico contra a Itália. É também a oportunidade de Nick Pope e James Tarkowski, do Burnley, e Alfie Mawson, defensor do Swansea, chamarem atenção do comandante inglês Gareth Southgate, que terá a Holanda pela frente, e de Ben Yedder, carrasco do Manchester United na Liga dos Campeões e que foi convocado pela primeira vez pela França. Se liga só nos confrontos desta semana (21 a 24 de março).

 

Garoto prodígio na Argentina

A Argentina tem pela frente uma sequência dura de amistosos, contra a Itália, que apesar de decepcionar com não ida ao Mundial, levará o que tem de melhor a campo, no dia 23, e a Espanha, do clã de jogadores de Real Madrid e Barcelona, no dia 27. O resultado final pouco importa, mas o que estará em jogo é o comportamento de Lautaro Martínez. Aos 20 anos, o atacante do Racing é uma das principais revelações do nosso país vizinho. Até por isso, o jogador que no início do mês fez estrago no Cruzeiro, anotando hat-trick na estreia na Copa Libertadores, já está apalavrado com a Inter de Milão pela bagatela de 30 milhões de euros.

E ele pode até começar o jogo contra Azzurra ao lado de Lionel Messi. Isso porque Sergio Agüero, maior goleador do Manchester City na temporada com 27 gols, foi cortado por uma lesão no joelho. A camisa 9 seria, em teoria, de Gonzalo Higuaín. Mas como o atacante da Juventus volta após período de “castigo”, o garoto argentino tem tudo para assumir o papel de centroavante. E dependendo de sua exibição, Lautaro pode garantir uma vaga na Rússia.

 

Carrasco do United ganha chance com os Blues

Mesma situação se encontra Ben Yedder, que viveu na última semana seu melhor momento até agora em sua curta carreira. Ele foi o responsável direto por derrubar o Manchester United, de José Mourinho, em pleno Old Trafford, e colocar o Sevilla nas quartas de final da Liga dos Campeões. A atuação de gala chamou a atenção de Didier Deschamps para a Seleção Francesa, que o convocou para o lugar do lesionado Alexandre Lacazette, do Arsenal. Yedder terá a chance da vida contra as seleções da Colômbia, de Radamel Falcao e James Rodríguez, no Stade de France, e diante da Rússia, a anfitriã da Copa. Apesar do momento espetacular, o atacante de 27 anos terá que superar uma forte concorrência no ataque dos Blues, que contam com Antoine Griezmann, do Atlético de Madrid, e Kylian Mbappé, do Paris Saint-Germain.

 

Inglaterra tenta se arrumar sem Kane

A notícia da nova lesão de Harry Kane, artilheiro da Premier League com 24 gols, não caiu só como uma bomba na principal liga nacional da Europa. A Seleção Inglesa também foi afetada com a parada de um mês do atacante do Tottenham, que não poderá ter sua estrela contra Holanda e Itália. Apesar dos rivais terem dado vexame recentemente, ficando de fora do Mundial, a Laranja Mecânica e a Azzurra podem ser importantes testes para os britânicos avaliarem suas reais condições sem Kane. A posição do jogador do Spurs deve ser disputada por Jamie Vardy, do Leicester, e Danny Welbeck, do Arsenal. Resta saber quem Gareth Southgate irá escolher! Mas é bom ficarmos de olho em Nick Pope e James Tarkowski, do Burnley, e Alfie Mawson, do Swansea, que ganharam uma chance nos amistosos finais.

 

Willian José na Copa?

Willian José, jogador da Real Sociedad. Foto: David S. Bustamante/Soccrates/Getty Images.

Pela primeira vez desde que iniciou os trabalhos com a Seleção Brasileira o técnico Tite não teve sua lista de convocados para amistosos aprovada. Com nomes questionados como Willian José, da Real Sociedad, Rodrigo Caio, do São Paulo, e Taison, do Shakhtar Donetsk, o gaúcho recebeu as primeiras críticas da imprensa e torcida brasileira. Mesmo com 31 gols em duas temporadas pelo clube espanhol, Willian José não é dos nomes mais aclamados pela crítica canarinho. Mas nada que atrapalhe o trabalho de Tite na busca pelo hexa, que ganha mais um capítulo com os amistosos diante da Rússia, no palco da decisão do torneio – estádio Lujniki, em Moscou – diante da Alemanha, atual campeã mundial, e responsável pelo fatídico 7×1. Será que teremos vingança?

 

Confira os amistosos preparatórios para a Copa do Mundo da Rússia 2018

Sexta-feira, 23 de março

  • 13:00 – Rússia x Brasil – Palpite: Brasil
  • 15:00 – Grécia x Suíça – Palpite: empate
  • 16:00 – Portugal x Egito – Palpite: empate
  • 16:30 – Sérvia x Marrocos – Palpite: Sérvia
  • 16:45 – Alemanha x Espanha – Palpite: Alemanha
  • 16:45 – Itália x Argentina – Palpite: Itália
  • 16:45 – Holanda x Inglaterra – Palpite: empate
  • 17:00 – França x Colômbia – Palpite: França
  • 18:00 – México x Islândia – Palpite: México
  • 18:00 – Peru x Croácia – Palpite: empate

Sábado, 24 de março

  • 14:00 – Suécia x Chile – Palpite: empate

 

Como apostar na futebol 2021