UFC

Cinco lutas protagonizadas por brasileiros que entraram para a história do UFC

Dan Henderson Vs Mauricio Shogun - UFC 139
Foto: Divulgação / UFC

Com os 25 anos do UFC comemorados nesta semana, o sentimento de nostalgia está no ar. E depois de listar 25 dos melhores lutadores que já pisaram no octógono mais famoso o mundo, que tal recordar as lutas mais emocionantes da história que tiveram atletas brasileiros como protagonistas? Separamos cinco combates inesquecíveis para os fãs de lutas.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Mauricio Shogun Vs Dan Henderson

No dia 19 de novembro de 2011, em San José, Califórnia (EUA), Mauricio Shogun e Dan Henderson travaram uma batalha histórica de cinco rounds. Depois de começar melhor na luta, acertando golpes poderosos que chegaram a derrubar o brasileiro, Hendo viu o poder de reação de Shogun, que cresceu no confronto mesmo de rosto ensanguentado e quase nocauteou o americano. O duelo teve diversas reviravoltas e chegou ao fim com uma vitória apertada na decisão dos juízes a favor de Dan Henderson. A luta foi tão espetacular que acabou entrando para o Hall da Fama do UFC.

José Aldo Vs Chad Mendes 2

Na primeira vez que o UFC desembarcou no Maracanãzinho, templo histórico do jiu-jitsu, o público foi presenteado com um duelo inacreditável entre José Aldo e Chad Mendes. Se no primeiro confronto o brasileiro nocauteou o rival no primeiro assalto, na revanche, ocorrida no Rio de Janeiro, em outubro de 2014, ambos travaram um duelo histórico praticamente todo desenrolado na trocação. O que mais impressionou ao longo da luta foi a resistência dos lutadores, que suportaram de forma incrível aos golpes fortes aplicados ao longo da disputa. No fim, Aldo manteve o cinturão na decisão dos juízes e manteve o cinturão dos penas diante do público brasileiro.

Wanderlei silva Vs Chuck Liddell

Depois de brilhar no extinto Pride, Wanderlei Silva buscou os holofotes no UFC. E no auge de sua carreira, ele quis mostrar que seria o melhor também no Ultimate. Depois de desafiar Liddell, o grande nome do UFC na época, ainda no Pride, Wand teve sua chance contra o americano no dia 29 de dezembro de 2007, em Las Vegas (EUA). Num clássico confronto de strikers, Chuck foi melhor do que o brasileiro, acertando mais golpes e dominando mais o centro. O Cachorro Louco não venceu a derrota barato, e sempre ofereceu perigo com sua trocação agressiva. A vitória de Liddell veio na decisão dos juízes após uma disputa eletrizante.

Anderson Silva Vs Chael Sonnen

Se tem uma luta que tirou o fôlego do fã brasileiro com força, esta foi Spider Vs Sonnen 1. No dia 7 de agosto de 2010, em Oakland, Califórnia (EUA), o brasileiro conquistou a vitória mais difícil de sua carreira no MMA. Depois de apanhar por quatro rounds e meio diante do jogo de wrestling forte de Chael, Spider tirou um triângulo da cartola e finalizou o americano de forma sensacional. Segundo o brasileiro, foi uma resposta às provocações do americano, que havia falado mal do jiu-jitsu durante a promoção da luta. Depois de finalizar Sonnen no quinto round, Spider revelou ter lutado com a costela quebrada, o que engrandeceu ainda mais seu triunfo. Aquela finalização “aos 45 do segundo tempo” entrou para a história e se tornou inesquecível para o torcedor brasileiro.

Mak Hunt Vs Antonio Pezão

Foi em 7 de dezembro de 2013, em Brisbane, Austrália, que Mark Hunt e Antônio Pezão mostraram ao mundo que lutadores pesos pesados podem, sim, fazer combates de cinco rounds suportando golpes duríssimos. Os dois protagonizarem no UFC Fight Night a melhor luta da história da categoria. Pezão e Hunt trocaram golpes poderosíssimos, e mostraram muita garra ao seguirem no combate mesmo diante de tal castigo. O resultado final foi um empate e o reconhecimento da comunidade da luta como “a melhor lutado da história dos pesos pesados do UFC”.

E aí? Qual a sua luta favorita? Comente!

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar