UFC

Bomba! Max Holloway tem sintomas de concussão, e luta com Brian Ortega é cancelada do UFC 226

Foto: Divulgação / UFC

Uma verdadeira bomba sacudiu a noite de Las Vegas (EUA) nesta quarta-feira. Max Holloway está fora do UFC 226 e a disputa de cinturão peso pena contra Brian Ortega acabou cancelada. Segundo a ESPN, o havaiano sofreu uma concussão nos últimos dias de treino e uma equipe médica o avaliou e entendeu que é melhor retirá-lo do show para preservá-lo. Com isso, a organização deve remarcar o confronto para uma nova data em breve. Perde o show, já que a luta era uma das mais esperadas da noite.

É curioso, mas durante os treinos abertos do evento, que aconteceram horas antes a notícia do cancelamento ser vazada, Max Holloway apareceu bem diferente do normal. O peso pena costuma aparecer com a energia elevada, gritando, treinando forte, mostrando empolgação. Mas o que se viu foi um atleta discreto na hora de treinar. Com golpes fracos e um ritmo lento, Holloway estava irreconhecível. Em nenhum momento passou pela minha cabeça que o problema pudesse ser desse tamanho – achei que ele poderia estar passando por um duro corte de peso, ou algo do tipo.

A saída de Holloway complementa um retrospecto terrível na Semana Internacional da Luta. Nos últimos quatro anos, o evento que acontece na primeira semana de julho, em Las Vegas, sofreu com a baixa de última hora e teve de acontecer sem o plano inicial à mesa. Em 2015, José Aldo se lesionou faltando poucas semanas para a luta programada contra Conor McGregor, no UFC 189. Chad Mendes acabou como seu substituto. No ano seguinte, Jon Jones foi retirado da luta principal do UFC 200 por conta do flagra no doping e Daniel Cormier enfrentou Anderson Silva no show. Já em 2017, Amanda Nunes sofreu com uma sinusite e deixou o combate contra Valentina Shevchenko na véspera do UFC 213. E agora, em 2018, Max Holloway acaba vetado em cima da hora e a disputa de cinturão contra Brian Ortega acaba cancelada.

É uma lástima, pois Holloway Vs Ortega tinha tudo para ser uma das lutas mais empolgantes do show. O lado bom é que ainda temos uma superluta entre Stipe Miocic e Daniel Cormier no card principal da noite, além de diversos combates empolgantes que certamente vão garantir a alegria dos fãs e amenizar a agonia que é perder a oportunidade de ver a disputa de cinturão dos penas a poucos dias de um dos maiores eventos do ano.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar