Brasileirão Série A

Batendo à porta da zona do rebaixamento, Vitória e Botafogo duelam no Barradão pela 26ª rodada do Brasileirão

Vitória
FOTO: MAURICIA DA MATTA / EC VITORIA

Empatados com 29 pontos, baianos e cariocas estão apenas dois pontos acima do Z-4; quem perder pode amargar à zona da confusão

A 26ª rodada do Brasileirão da Série A promete ter um capítulo à parte com confrontos entre cariocas e baianos brigando contra o rebaixamento. Enquanto Vasco (18º) e Bahia (14º) se enfrentam no fechamento da jornada, em São Januário, Vitória (13º) e Botafogo (15º) duelam em Salvador. Empatados com 29 pontos, Leão e Fogão entram em campo no domingo (23 de setembro), às 18 horas, com a corda no pescoço, já que uma derrota pode fazer com que o pelotão debaixo, liderado pelo Ceará, 17º colocado e há quatro jogos sem perder, ultrapasse uma das equipes. Quem sorrirá por último no Barradão?

 

Carpegiani procura equilíbrio

Depois de ver a boa sequência de quatro jogos (três vitórias e um empate) cair por terra na rodada passada, ao ser derrotado pelo Ceará por 2×0, na Arena Castelão, e ainda ver a turma do Z-4 encurtar a distância, o Vitória espera ter melhor sorte contra um adversário direto contra o rebaixamento.

O jogo contra o Botafogo é fundamental para o time rubro-negro se manter distante das últimas posições. Hoje, a diferença é de apenas dois pontos para o Vozão, que abre a zona da degola. Vencer os cariocas pode dar o fôlego necessário para Paulo Cézar Carpegiani e companhia.

Por falar no técnico do Leão, ele terá importantes retornos para o jogo em Salvador. Considerados peças fundamentais da reação baiana no torneio nacional, o zagueiro Lucas Ribeiro e o atacante Erick estão de volta após cumprirem suspensão automática contra o Ceará, devido ao terceiro cartão amarelo. A expectativa em torno da volta dos dois jogadores é grande já que nas três partidas que eles começaram como titulares sob o comando de Carpegiani, a equipe não perdeu. Foram vitórias sobre Vasco e América-MG no Barradão e empate com o Fluminense, no Rio de Janeiro.

No caso do zagueiro, o seu retorno é mais do que necessário. Isso porque o garoto parece ter dado jeito a uma defesa até então considerada frágil. Apesar de ainda continuar sendo o time mais vazado entre todos os 20 clubes da Série A com 42 gols tomados, o Vitória viu Lucas Ribeiro consertar o setor. Com ele, o Leão passou a ser menos vazado e chegou a ficar quatro partidas sem sofrer um gol sequer. Por outro lado, o setor ofensivo vem sendo a dor de cabeça do treinador, já que foram apenas três gols em sete jogos. Com Erick de volta e Léo Ceará, artilheiro da era Carpegiani com dois gols, o Vitória tenta encontrar o equilíbrio.

 

Má fase botafoguense como visitante

Depois de sair atrás na Copa Sul-Americana, perdendo para o Bahia por 2×1 em Salvador, no jogo de ida das oitavas de final, o Botafogo foca suas atenções no Brasileirão. A equipe carioca vem de um importante triunfo sobre o América-MG, que deu respiro a trupe comandada por Zé Ricardo após sequência negativa de três jogos. Com 29 pontos, o Fogão é o 15º da tabela, a frente apenas da Chapecoense, 16ª com 28 pontos, entre os clubes que escapam momentaneamente da zona da degola.

Com uma das piores campanhas da Série A atuando longe do Engenhão, uma vez que ganhou apenas um jogo em 13 disputados e anotou apenas nove gols como visitante, o time da Estrela Solitária tem ciência da importância do embate em Salvador. Até por isso, os alvinegros pouparam suas principais peças no meio de semana pelo torneio continental. Com os retornos do zagueiro Carli, do lateral Moisés e do atacante Kieza, este último que teve boa passagem pela equipe baiana, o Botafogo espera fazer frente ao Leão.

 

Palpite

Com a volta de Kieza ao Barradão, será que veremos a lei do ex? Pelo jeito que o Fogão tem se portado em campo, em jogos fora do Rio de Janeiro, anotar gols pode ser um problema e, consequentemente, o atacante carioca é o principal prejudicado.

Apesar de os dois clubes viverem situações parecidas, o Vitória surge com leve favoritismo. Tendo uma semana inteira para treinar a equipe e, principalmente, descansar o elenco, o técnico Paulo Cézar Carpegiani deve alcançar o quarto triunfo consecutivo em casa.

 

Jogos da 26ª rodada do Brasileirão da Série A

Sábado, 22 de setembro

  • 16:00 – São Paulo x América-MG – Palpite: empate

Domingo, 23 de setembro

  • 11:00 – Grêmio x Ceará – Palpite: Grêmio
  • 16:00 – Atlético-PR x Paraná – Palpite: Atlético-PR
  • 16:00 – Corinthians x Internacional – Palpite: empate
  • 16:00 – Flamengo x Atlético-MG – Palpite: Atlético-MG
  • 18:00 – Sport x Palmeiras – Palpite: Palmeiras
  • 18:00 – Vitória x Botafogo – Palpite: Vitória
  • 19:00 – Cruzeiro x Santos – Palpite: Cruzeiro

Segunda-feira, 24 de setembro

  • 20:00 – Chapecoense x Fluminense – Palpite: Chapecoense
  • 20:00 – Vasco x Bahia – Palpite: Vasco

 

Classificação do Campeonato Brasileiro 2018

  1. São Paulo, 50 – Libertadores
  2. Internacional, 49 – Libertadores
  3. Palmeiras, 47 – Libertadores
  4. Flamengo, 45 – Libertadores
  5. Grêmio, 44 – Pré-Libertadores
  6. Atlético-MG, 42 – Pré-Libertadores
  7. Cruzeiro, 34 – Sul-Americana
  8. Corinthians, 33 – Sul-Americana
  9. Santos, 32 (um jogo a menos) – Sul-Americana
  10. Fluminense, 31 – Sul-Americana
  11. Atlético Paranaense, 30 – Sul-Americana
  12. América-MG, 30 – Sul-Americana
  13. Vitória, 29
  14. Bahia, 29
  15. Botafogo, 29
  16. Chapecoense, 28
  17. Ceará, 27 (um jogo a menos) – Zona de rebaixamento
  18. Vasco, 25 – Zona de rebaixamento
  19. Sport, 24 – Zona de rebaixamento
  20. Paraná, 16 – Zona de rebaixamento

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar