Ganhador.com

Baiano

Bahia x Vitória da Conquista: Tricolor pega adversário ideal para afastar crise no Baiano

EC Bahia 2018
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Ocupando a sexta colocação no Estadual, Esquadrão de Aço vê seu técnico Guto Ferreira em maus lençóis devido as fracas exibições na temporada; rivais desta quarta vêm de três derrotas consecutivas

Ainda sem convencer em 2018, o Bahia abre nesta quarta-feira (7 de fevereiro) a quinta rodada do Campeonato Baiano diante do Vitória da Conquista, às 18h30, na Arena Fonte Nova. Fora do G-4, grupo que garante vaga para a fase de mata-mata do Estadual, o Esquadrão de Aço tenta se encontrar na temporada antes que seu técnico Guto Ferreira perca o cargo. Para afastar a crise que começa a se instalar no Tricolor, o bicampeão brasileiro tem um adversário ideal, que vem de três derrotas consecutivas, eliminação na Copa do Brasil e que ainda perdeu recentemente o seu treinador. Confira a análise da partida!

 

Desconfiança

Não há outro remédio que não seja a vitória quando um time está em crise, não é?! Mas no caso do Bahia, os três pontos não são suficientes. Além deles, é necessário convencer! O problema é que o Esquadrão de Aço vem esbarrando nestas duas máximas do futebol.

E sabemos, quando os resultados não aparecem, a “corda estoura para o lado mais fraco”. Ainda mais se o atual comandante não tem a maioria dos torcedores ao seu lado. Este é o caso de Guto Ferreira, que apesar de ter levado o clube ao título da Copa do Nordeste no ano passado, perdeu todo o prestígio quando se transferiu para o Internacional. De volta ao Bahia, Guto não tem demonstrado a mesma eficiência de 2017. Se já era visto com desconfiança pelos tricolores em sua chegada, a falta de resultados aumenta ainda mais a pressão sobre si.

Após “dar” o primeiro ponto ao lanterna Jacobina no fim de semana passado, o Tricolor Baiano é atualmente o sexto colocado no Estadual com cinco pontos em quatro jogos – uma vitória, uma derrota e dois empates. Isso significa que se a primeira fase terminasse hoje o clube estaria fora do G-4 – hoje composto por Vitória (1º), Juazeirense (2º), Flu de Feira (3º) e Jequié (4º). Hoje, a diferença é de dois pontos para o quarto, o que coloca a partida desta quarta-feira como fundamental para as pretensões do clube.

 

Recado dado

E dependendo do resultado de logo mais – uma derrota, por exemplo -, as chances de Guto Ferreira dizer adeus são enormes. Segundo o presidente Guilherme Bellintani, não é nem o fato de o clube perder jogos, mas sim a incapacidade de reação que pode motivá-lo a trocar o comando técnico. Com o recado dado, é bom o treinador mostrar serviço!

 

Adversário ideal

Apesar da irregularidade, o Bahia terá ao menos um adversário que está em pior condição. Eliminado na primeira fase da Copa do Brasil, o Vitória da Conquista soma três derrotas consecutivas no Estadual. E como alertamos, se os resultados não aparecem, o técnico é mandado embora. Foi assim a primeira experiência do ex-atacante Washington, o Coração Valente, como treinador, que entregou o cargo depois do revés em casa para o Juazeirense.

Com Guilhermino Lima assumindo a equipe, o xará do time da capital baiana aposta no confronto direto com o Tricolor para quebrar a sequência negativa e sair da incômoda sétima posição – possui três pontos.

 

Opinião

Apesar do fraco momento técnico do Bahia, não podemos nos esquecer que ainda estamos apenas no início do segundo mês de 2018. Se para o rival Vitória – teve seu jogo adiado em razão da estreia na Copa do Brasil – os resultados vieram rapidamente, para o Esquadrão, a situação tem sido um pouco diferente. Com o retorno do meio-campista Allione, que foi emprestado novamente pelo Palmeiras, e de Régis, que estava lesionado, Guto Ferreira tem tudo para colocar panos quentes na crise tricolor.

 

Jacobina x Flu de Feira e Jequié x Atlântico

É de suma importância o Bahia vencer na rodada porque seus concorrentes diretos pelo G-4 possuem jogos teoricamente mais fáceis. O Flu de Feira, por exemplo, encara o Jacobina no José Rocha e deve vencer. Com sete pontos e o terceiro lugar, o time de Feira de Santana possui um jogo a menos que os demais.

Já o Jequié, grande surpresa no Baiano com o quarto lugar na classificação, recebe o Atlântico, que tem apenas um ponto na tabela. Apesar de ter a última vaga para a fase seguinte do Baiano, o Jipão também está mergulhado em crise, já que demitiu o técnico Eduardo Bahia após derrota para o Flu na rodada passada. Uma vitória – meu palpite para logo mais – acalma os ânimos por lá.

 

Confira os jogos da quinta rodada do Campeonato Baiano

Quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

  • 18:30 – Bahia x Vitória da Conquista – Palpite: Bahia
  • 20:30 – Jequié x Atlântico – Palpite: Jequié
  • 20:30 – Jacobina x Flu de Feira – Palpite: Flu de Feira

Quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

  • 20:00 – Juazeirense x Bahia de Feira – Palpite: Juazeirense

Quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

  • 21:45 – Jacuipense x Vitória – Palpite: Vitória

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar