Ganhador.com

Liga Europa

Arsenal encara o Atlético de Madrid na briga para dar o último título de Wenger no clube

Foto: Sefa Karacan/Anadolu Agency/Getty Images

Treinador já anunciou que sairá dos Gunners na próxima temporada

A Liga Europa chega nas semifinais e tem muita coisa em jogo, principalmente para o Arsenal. Além de ser a última oportunidade de título na temporada, é também o único caminho possível para garantir vaga na próxima Liga dos Campeões. Isso ainda por cima marcando a despedida de Arsène Wenger, depois de 22 anos no comando dos Gunners.

 

Wenger quer evitar uma despedida melancólica

Arsène Wenger assumiu o comando do Arsenal em 1996 e logo na temporada seguinte conseguiu o título da Premier League, o primeiro do clube, que até então havia vencido o Inglês pela última vez em 1991, antes da criação da Liga. No entanto, o grande sucesso do treinador foi no começo dos anos 2000, quando com Henry em campo conquistou mais duas taças, em 2002 e 2004 – sendo esta última apresentando um grande futebol e levantando o caneco com uma campanha invicta.

Dois anos depois chegaria na final da Liga dos Campeões, mas a derrota para o Barcelona acabou marcando uma queda de rendimento do clube. Prova disso é que nas 12 temporadas seguintes o Arsenal não conseguiu nenhum título da Premier League, tendo que se contentar com três Copas da Inglaterra. Apesar de tradicional, as conquistas eram pequenas comparadas ao tamanho dos Gunners.

Para piorar, na última edição do Campeonato Inglês sequer conseguiu terminar entre os quatro primeiros, ficando assim de fora da Liga dos Campeões. O vexame se repete nesta edição, com o Arsenal aparecendo 11 pontos a menos do quarto colocado, faltando apenas quatro jogos.

Com isso, como a vaga pela liga nacional já era e o time foi derrotado nas duas Copas, a Liga Europa se torna algo fundamental. Um título continental depois de 46 anos fecharia bem a história de Wenger, mas uma derrota e consequentemente deixar o clube novamente de fora do principal torneio do Continente marcaria como decepcionante este desfecho que já deveria ter acontecido.

Desta forma, para o Arsenal é vencer ou vencer o Atlético de Madrid para chegar na final, principalmente porque o primeiro compromisso é no Emirates Stadium. Ter que buscar resultado fora de casa pode ser algo bem complicado perante o forte sistema defensivo de Diego Simeone.

 

Atlético de Madrid busca mais um título

Diferentemente do Arsenal, o Atlético de Madrid já tem a sua vaga garantida na próxima Liga dos Campeões. A Liga Europa então é importante para ampliar um pouco mais sua sala de troféus, que não recebe nenhuma taça desde 2014, quando venceu o Campeonato Espanhol. A Galeria conta inclusive com duas conquistas do torneio continental, nas edições de 2010 e 2012.

Bem armado por Simeone, os Colchoneros contam com grandes jogadores, como Griezmann, Koke e Godin, mas o clube não faz uma boa temporada. O título seria um desfecho excelente comparado ao que estava se desenhando até o final do ano passado, quando foi eliminado na fase de grupos da Liga dos Campeões com resultados decepcionantes.

Este será o primeiro encontro entre as equipes em competições oficiais. Em amistosos, o último duelo ocorreu em 2009, quando o Arsenal venceu em casa por 2 a 1.

 

Marseille e Salzburg

A outra semifinal traz dois clubes que não importa quem avance irá para a final como azarão. O Marseille até é mais tradicional, sendo inclusive o segundo maior vencedor da França. Porém, a equipe não levanta uma taça desde 2012, quando venceu a Copa da Liga Francesa. O time também pode sofrer um pouco mais com o físico, pois segue na disputa do Campeonato Nacional para ficar entre os três primeiros e garantir vaga na próxima Liga dos Campeões.

Do outro lado, mesmo com muito dinheiro investido, o Salzburg ainda busca seu primeiro título de expressão, pois até então só consegue ganhar as competições na Áustria. Com o pentacampeonato nacional encaminhado, o clube deve dedicar toda a sua atenção ao torneio continental e, portanto, não seria surpresa vê-lo partir para cima do Marseille já no primeiro jogo, que acontece na França.

Curiosamente, os clubes ficaram no mesmo grupo nesta competição. Na primeira partida, realizada na Áustria, o Salzburg fez o dever de casa e venceu por 1 a 0. Na volta conseguiu segurar o 0 a 0 na França e ficar com o primeiro lugar da chave, com 12 pontos conquistados contra oito do Marseille.

 

Jogos de ida das semifinais da Liga Europa 2017/2018

Quinta-feira, 26 de abril

  • 16:05 – Arsenal x Atlético de Madrid
  • 16:05 – Marseille x Salzburg

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Atlético de Madrid e Marseille defendem boas vantagens contra Arsenal e Salzburg | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar