UFC

Após doping de Jones, comissão aplica multa e revoga licença de lutador. E isso não é tudo…

Foto: Divulgação/UFC

Aconteceu nesta terça-feira a audiência de Jon Jones junto a Comissão Atlética da Califórnia. A expectativa era que a ocasião trouxesse alguma novidade sobre o andamento do caso de Jones, flagrado em exame antidoping logo após a vitória contra Daniel Cormier, no UFC 214, em julho do ano passado. Após três horas de audiência, foi definido que Jon fica com a licença para lutar revogada – retroativo a agosto do ano passado – e terá de pagar uma multa de US$ 205 mil (cerca de R$ 660 mil).

Jon Jones ainda espera pelo julgamento e a punição a ser aplicada pela Usada (Agência Antidoping dos Estados Unidos), agência responsável pelo programa antidoping implantado no UFC. O lutador pode ter a pena ampliada. A comissão optou por não liberar Jones para retornar ao esporte até que a Usada aplique sua decisão ao caso.

Vale lembrar que o lutador foi flagrado no antidoping depois de nocautear o rival Daniel Cormier e recuperar de forma histórica o cinturão dos meio-pesados do UFC. A substância encontrada em seu organismo foi o turinabol, esteroide anabolizante.

O advogado de Jones não contestou o resultado do exame que apontou o doping de Jones, mas voltou a afirmar que o lutador não sabia a respeito do consumo da substância ilegal, sugerindo algum tipo de contaminação dos suplementos usados por Jones. A defesa se baseia no fato de que Jones passou limpo em exames antidoping realizados em julho e outubro do ano passado, antes e depois do flagra notificado pela Usada.

Em seu depoimento, Jon Jones reforçou não saber como tal substância foi parar em seu organismo e garantiu estar tão disposto quanto todo mundo a entender o que pode ter acontecido.

O problema é que esse é o seu terceiro flagra no doping, né, Sr. Jones? Fica difícil acreditar na sua inocência. Mas, vamos conferir os próximos capítulos. É o que nos resta…

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar