UFC

Anderson Silva comprova doping por contaminação e pode voltar ao UFC ainda em 2018

Foto: Divulgação / UFC

Anderson Silva recebeu uma grande notícia nesta semana. A Usada (Agência Antidoping dos Estados Unidos) divulgou publicamente que o brasileiro aceitou a punição de um ano por conta do flagra no doping sofrido em 10 de novembro do ano passado. O lutador conseguiu junto a sua equipe comprovar a contaminação de seus suplementos e teve o gancho diminuído, o que significa que Spider pode voltar ao octógono mais famoso do mundo a partir do dia 11 de novembro.

Para se ter  uma ideia, como Anderson é reincidente, já foi flagrado por doping também em 2015, ele deveria receber uma punição de quatro anos. Já imaginou? Aos 43 anos, receber uma suspensão dessas representaria o fim da carreira do brasileiro. Essa previsão de gancho pesado foi esclarecida pela Usada em seu comunicado oficial. Como o ex-campeão do UFC conseguiu comprovar a contaminação, ele teve a pena reduzida para um ano.

No fim das contas, embora muitos achem injusto o brasileiro ter ficado um ano parado “sem culpa”, me incomoda os consequentes casos onde a culpa é do laboratório. Recentemente, Rogério Minotauro, Junior Cigano e Marcos Pezão resolveram seus casos da mesma forma. Eles comprovaram a contaminação e pegaram uma suspensão de um ano. Claro que isso acontece e é péssimo para a carreira de um atleta, mas ele tem de ter ser responsabilizado também pelo que consome. A Usada e o UFC prestam todo apoio possível para que os lutadores estejam bem informados a respeito do que podem ou não ingerir. Quando algo dá errado é culpa deles também. Então esse ano afastado enquanto tentavam comprovar o erro do laboratório também é justo.

Seguindo em frente, Anderson Silva deve voltar ainda esse ano. Não há motivo para esperar. O brasileiro é um dos maiores nomes da modalidade mesmo longe do auge e está com 43 anos. Ele não é mais jovem. Pra que perder tempo? Então acredito que ele deve voltar a lutar o quanto antes assim que for liberado. É do interesse público, dele e do UFC também.

Sobre seu próximo rival, é difícil de decifrar. Adoraria ver Anderson Silva Vs Chris Weidman pela terceira vez, mas duvido que o americano aceite. Ele está perto do título, não acrescentaria muita coisa a ele. Ronaldo Jacaré, Yoel Romero, Kelvin Gastelum… Todos esses nomes são tops da divisão e seriam um desafio muito acima do que Spider deve encarar hoje em dia. Então acredito que nomes como Uriah Hall e David Branch cairiam melhor ao futuro do brasileiro. Ou então uma revanche com Nick Diaz, ou quem sabe uma superluta nos meio-pesados com Luke Rockhold… Existem várias opções, e ainda há tempo para o brasileiro pensar bem e tomar a melhor decisão.

Fato é que ter Anderson Silva de volta ao UFC é bom para todos. Reforço: acho que o brasileiro já poderia ter parado de lutar há tempos. Mas no fim das contas essa decisão só cabe ao lutador. Ele sabe pelo que passa e o que ama fazer. Spider ainda tem algumas lutas no contrato e deve cumprir algumas. Que ele saiba tomar as decisões certas em relação ao futuro e que possa deixar novamente feliz tantos fãs que tem ao redor do mundo.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar