Ganhador.com

UFC

And new… Só que não! Romero nocauteia Rockhold no UFC 221 e revanche é definida

Foto: Divulgação/UFC

Yoel Romero é o novo campeão interi… Não, pera. Neste sábado, Yoel Romero nocauteou Luke Rockhold no terceiro round da luta principal do UFC 221, que aconteceu em Perth, Austrália. O cubano deveria ser agora declarado o novo campeão interino dos médios, mas isso não pôde acontecer porque o próprio falhou no corte de peso para o confronto e perdeu o direito de conquistar o título por conta da falha. Fato é que mesmo assim ele deve ganhar o direito de fazer a revanche com Robert Whittaker pelo cinturão absoluto da divisão.

Para quem não acompanhou, na pesagem oficial do combate, Romero ficou 1,2kg acima do limite dos médios (83,9kg). Ele teve duas horas para baixar o peso, mas não conseguiu. Com isso, ficou definido que apenas Luke Rockhold se tornaria campeão interino dos médios caso vencesse a luta. Romero nocauteou, venceu, não se tornou campeão, mas ainda assim deve ter a chance de enfrentar Robert Whittaker, o dono do título absoluto. O presidente do UFC Dana White confirmou a informação na coletiva de imprensa após o UFC 221.

Confesso que o resultado da luta me surpreendeu. Achei que Luke Rockhold fosse desenvolver melhor seu jogo. Todos sabemos do nívelapurado e temido de Romero no wrestling, com seu jogo de derrubadas. Mas o cubano sequer precisou levar a luta ao chão. O único momento em que Luke caiu foi ao tomar as duas bombas de esquerda de Yoel que o desmontaram no octógono. No primeiro e segundo rounds, Rockhold apostou nos chutes baixos, para mina a movimentação de Romero. Mas era nítido que o poder de Yoel era maior. Luke acertava o cubano mais vezes, mas quando Romero o fazia, machucava. Ele balançou o rival algumas vezes. No terceiro round, depois de deixar o americano confiante com a mão direita, esperou a brecha, encaixou um direto de esquerda poderoso que derrubou Luke, e precisou apenas de mais um golpe para conferir e garantir o nocaute.

Foi um resultado expressivo onde Yoel Romero volta a mostrar sua força na categoria. Aos 40, o cubano esbanja potência e não pareceu perder o ritmo mesmo no terceiro round contra Rockhold. Uma revanche com Whittaker será mais dura do que o primeiro duelo, sem dúvida.

Com o resultado, Romero chega a 13 vitórias em 15 lutas. O cubano poderia ter um sabor especial com o cinturão interino, mas a falha na pesagem tem seu preço. Em uma luta de título é muito grave uma falha dessas. Mas ainda assim o presidente do UFC o garantiu contra Robert Whittaker em breve. Vale lembrar que ambos se enfrentaram em julho passado, pelo UFC 213. Na ocasião, Whittaker venceu Romero na decisão dos juízes após cinco rounds em uma apresentação espetacular.

É cedo demais para uma revanche, mas assim será. A situação da categoria é essa. Por outro lado, Kelvin Gastelum, Chris Weidman e Ronaldo Jacaré se aproximam da posição de próximo desafiante após Romero vencer. A categoria dos médios está cheio de oportunidades, e vale ficar de olho nos próximos capítulos.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar