Brasileirão Série A

À espera da paralisação do Brasileiro para arrumarem a casa, Bahia e Corinthians duelam contra a crise na 12ª rodada

Bahia
Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Sem técnico, Tricolor Baiano está na zona do rebaixamento e não vence há quatro jogos, enquanto que o Timão, sob o comando de Osmar Loss, venceu uma única partida das últimas seis disputadas

Se existem dois times que não veem a hora de a paralisação do Brasileirão por conta da Copa do Mundo chegar são Bahia e Corinthians. Apesar de estarem em posições distintas na tabela, as duas equipes têm o mesmo problema: a falta de vitórias. Pelo lado baiano, que ainda está sem técnico desde a saída de Guto Ferreira, a má fase é vista na classificação, já que ocupa a 18ª posição. Já no Timão, a ida de Fabio Carille ao mundo árabe ainda não foi digerida pelo clube, que tem patinado desde a efetivação de Osmar Loss. Diante disso, os dois times se enfrentam nesta quarta-feira (13 de junho), na Arena Fonte Nova, para saber quem terá um alívio nas férias forçadas do Nacional e quem seguirá ainda mais pressionado. Confira a prévia do embate!

 

Técnico? Só na parada da Copa

O Bahia que vai a campo logo mais continua com a situação de seu novo comandante indefinida. Desde a demissão de Guto Ferreira após a derrota em casa por 2×0 para o Grêmio, a diretoria baiana tem buscado uma solução para a comissão técnica, mas não tem encontrado nada até agora. Enquanto isso, Cláudio Prates tem segurado a “bronca”. O problema é que em dois jogos à frente do clube, o técnico interino perdeu para o Paraná, rival direto na zona da degola, e empatou com o Botafogo em 3×3, depois de sair perdendo em três oportunidades e ainda jogar com um homem a mais durante toda a segunda etapa.

Tais resultados e a posição do Esquadrão de Aço – 18º colocado com nove pontos – deixam o jogo contra o Corinthians com caráter decisivo. Um triunfo, que acabaria com a sequência de quatro jogos sem vitórias, sendo três derrotas no período, pode fazer com que a equipe saia do Z-4. A diferença para o Santos, primeiro time fora da zona da confusão, é de apenas um ponto. E, se lembrarmos que o Peixe pega o Fluminense no Maracanã, o placar favorável ao Bahia é fundamental para dar tranquilidade ao clube.

Se ocupar as últimas posições no Brasileirão já não é um problema suficiente, o Tricolor Baiano tenta melhorar o desempenho do ataque. Isso porque a equipe anotou apenas nove gols em 11 jogos. Por isso, o clube foi atrás do experiente goleador Gilberto, que teve passagens por Santa Cruz, Vasco e São Paulo. Ele estava no futebol turco, onde fez apenas dois gols em 12 jogos. Porém, o reforço só estreará em julho. Enquanto isso, Kayke, questionado pela massa tricolor e única opção já que Júnior Brumado e Edigar Junio estão machucados, ficará com a 9.

 

Loss pressionado

Com uma vitória nos últimos seis jogos, o Corinthians também joga pressionado. Na verdade, quem é questionado é o técnico Osmar Loss, que não conseguiu manter o ritmo do ex-comandante Fabio Carille. Se o novo treinador considera a parada para a Copa do Mundo ideal para colocar sua “filosofia de jogo” em prática, ele pode nem ter tempo caso alcance mais um resultado negativo e a diretoria do clube resolva mexer na comissão técnica.

Para “ajudar”, Loss terá inúmeros desfalques. A começar pelos jogadores que estão servindo suas seleções. Cássio e Fagner, que estão com a Seleção Brasileira no Mundial da Rússia, e Balbuena e Ángel Romero, que apesar de seu país Paraguai estar fora do torneio, marcou amistoso na Europa diante do Japão. Já no departamento médico, Jadson, com estiramento muscular na coxa direita, é a baixa. Recuperados de lesão, Ralf, René Junior e Clayson ainda não têm condições de jogo.

Apesar de todos os problemas para escalar os 11 titulares, Loss espera colocar o Timão nos trilhos. O atual campeão nacional é atualmente o nono colocado com 16 pontos, sendo dez de distância para o líder Flamengo e três para o Grêmio, que abre o G-4.

 

Palpite

Apesar dos três gols contra o Botafogo na rodada passada, o ataque do Bahia continua devendo na competição. E, por enfrentar uma defesa bastante sólida, que apesar dos desfalques levou apenas oito gols nos 11 primeiros jogos do Brasileirão, o Tricolor Baiano deve sofrer na Arena Fonte Nova. Já no Corinthians, a dificuldade de também empurrar a bola para a rede nos últimos jogos, já que fez apenas um gol nos três recentes embates, nos deixa propensos a cravar um empate.

 

Confira os jogos da 12ª rodada do Brasileirão da Série A

Terça-feira, 12 de junho de 2018

  • 21:30 – São Paulo x Vitória – Palpite: São Paulo

Quarta-feira, 13 de junho de 2018

  • 16:00 – América-MG x Chapecoense – Palpite: América-MG
  • 19:00 – Fluminense x Santos – Palpite: empate
  • 19:30 – Paraná x Cruzeiro – Palpite: Cruzeiro
  • 19:30 – Sport x Grêmio – Palpite: Sport
  • 21:00 – Botafogo x Atlético Paranaense – Palpite: empate
  • 21:00 – Palmeiras x Flamengo – Palpite: Palmeiras
  • 21:45 – Atlético Mineiro x Ceará – Palpite: Atlético Mineiro
  • 21:45 – Bahia x Corinthians – Palpite: empate
  • 21:45 – Internacional x Vasco – Palpite: Internacional

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar