Brasileirão Série A

8ª rodada do Brasileirão da Série A 2018: palpite e prognósticos para Vasco x Paraná, em São Januário

Vasco
Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Confronto que ocorre às 19h30 (de Brasília) desta quarta (30) leva a campo dificuldades do Vasco com a sua defesa e do Paraná com o seu ataque                         

O torcedor do Vasco está realmente preocupado. Depois de dois bons momentos com a entrada na fase de grupos da Libertadores e com a chegada da equipe à final do Campeonato Carioca, a realidade acabou sendo das mais duras. O time perdeu o Estadual, não cumpriu uma boa campanha na Libertadores e agora está tentando encontrar um rumo no Brasileirão. A equipe de Zé Ricardo até esboçou uma alegria ao seu fanático nas primeiras rodadas, mas agora está em 13º, com oito pontos, correndo risco de escorregar um pouco mais e começar a sofrer com o Z-4. O adversário das 19h30 (de Brasília) desta quarta-feira (30), porém, vem em fase muito mais delicada: em último no campeonato, com nenhuma vitória até aqui, o Paraná Clube desponta como o rival perfeito para o Vasco começar a sua arrancada.

 

Vasco tenta consertar defesa

O campeonato muda, mas o problema vascaíno é o mesmo: a sua defesa está com sérios problemas neste Brasileirão, sofrendo dez gols em sete partidas, sendo uma das mais vazadas da competição. Tal fraqueza na retaguarda está mesmo impedindo o Gigante da Colina de somar pontos. Grande prova disso é que o clube está sem vencer há três partidas, empatando uma com o Flamengo, por 1×1, e perdendo para Vitória (3×2) e Bahia (3×0).

A fase vascaína anda tão complicada que mesmo a perspectiva de se encontrar um rival mais frágil não anima muito o elenco. “Vai ser um jogo difícil, como qualquer outro. Dentro de casa, temos que vencer, independentemente do adversário. Precisamos nos impor. O Paraná com certeza vai buscar uma recuperação”, afirmou o zagueiro Werley, que já deixou para trás uma lesão e está à disposição do técnico Zé Ricardo.

Outros retornos ao time são os de André Ríos e Riascos. O zagueiro Breno está em uma condição mais complicada: sentiu um incômodo no joelho operado no ano passado e virou dúvida para a partida desta quarta. O time que Zé Ricardo pretende escalar é o seguinte: Fernando Miguel, Luiz Fernando (Werley), Ricardo Graça, Breno e Fabrício; Andrey, Bruno Consendey, Giovanni Augusto e Yago Pikachu; Andrés Rios e Caio Monteiro.

 

Paraná vê possibilidade

Pressionado e sem ganhar até aqui, o Paraná sabe que poucos outros adversários hoje ofereceriam a chance de vitória que apresenta o Vasco com as suas fragilidades. Mesmo o fato de a partida ser em casa pode ser um complicador para o time do Rio, que já sofreu com a truculência das suas torcidas organizadas em mais de uma ocasião neste ano.

O curioso é que o duelo vai colocar em campo duas limitações muito claras de ambos os lados. Se o Vasco tem uma defesa com muitos problemas, o mesmo pode ser dito do Paraná, mas a respeito do seu ataque. O clube tem apenas três gols marcados nos sete jogos disputados até aqui, uma marca que desponta como uma grande complicação para o técnico Rogério Micale resolver.

“Em algum momento a vitória vai ter que vir. Estamos pontuando e já já a gente pode estar fora dessa zona que tanto nos incomoda”, afirmou o treinador.

Para ele, o time demonstrou coisas boas nos empates por 0x0 dentro de casa contra Grêmio e Atlético-PR, e uma vitória em São Januário não seria nada de outro mundo. “Nós vamos lá para tentar ganhar o jogo. Já que a gente não conseguiu ganhar em casa, vamos buscar recuperar fora. Temos que pontuar. Isso é importante na competição.”

O time que Micale pretende levar a campo é o seguinte: Thiago Rodrigues, Júnior, Neris, Cleber Reis e Mansur; Leandro Vilela, Torito González, Jhonny Lucas e Caio Henrique; Silvinho e Carlos.

 

Palpite

O Vasco realmente tem mais recursos para buscar a vitória em casa, em que pese a fragilidade da sua defesa. A pressão para não voltar a sofrer os atos de vandalismo também deve ser levada em consideração. Por isso, imaginamos um 2×1 para o Gigante da Colina nesta quarta. E você? Como acha que vai ser a partida em São Januário?

 

Jogos da 8ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2018

Quarta-feira, 30 de maio 

  • 19:30 – Sport x Atlético-MG – Palpite: Atlético-MG
  • 19:30 – Vasco x Paraná – Palpite: Vasco
  • 19:30 – Vitória x Internacional – Palpite: Inter
  • 21:00 – Chapecoense x Ceará – Palpite: Chape
  • 21:00 – São Paulo x Botafogo – Palpite: São Paulo
  • 21:45 – Cruzeiro x Palmeiras – Palpite: Empate 

Quinta-feira, 31 de maio 

  • 16:00 – Flamengo x Bahia – Palpite: Flamengo
  • 18:00 – Corinthians x América-MG – Palpite: Corinthians
  • 21:00 – Atlético-PR x Santos – Palpite: Atlético-PR

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.