Ganhador.com

Brasileirão Série A

23ª rodada do Brasileirão 2018: São Paulo tenta defender a liderança e ‘eliminar’ o Atlético-MG da briga pelo título

Jogador do Atlético-MG
Foto: Bruno Cantini/Atlético

O Galo admite que precisa derrotar o líder, nesta quarta-feira (5), às 21h45 (de Brasília), caso queira manter vivo o sonho de ser campeão brasileiro

Um teste de fogo para o líder São Paulo em sua dura jornada rumo ao heptacampeonato do Brasileirão. O compromisso deste meio de semana é daqueles que podem fazer a diferença entre um time campeão e uma equipe que fica pelo meio do caminho. O Tricolor visita o perigoso Atlético-MG nesta quarta-feira (5), às 21h45 (de Brasília), no Independência, sabendo que os donos da casa farão de tudo para vencer. O próprio elenco do Galo admite: se não ganhar do líder em casa, ficará muito difícil seguir na briga pelo título.

Atlético busca reencontro com a vitória

Já são três partidas sem vencer pelo Brasileirão – e, com isso, o Galo ficou estacionado na sexta colocação. Enquanto isso, Palmeiras, Grêmio, Flamengo, Internacional e o próprio São Paulo abriram distância. No momento, onze pontos separam os mineiros do líder. Se não cortar a diferença para oito nesta quarta, ficará muito difícil seguir pensando em uma conquista no fim do ano, já que faltarão apenas quinze rodadas para alcançar os paulistas. Aliás, nem mesmo uma vitória tira o time do sexto lugar, já que o Grêmio e o Palmeiras estão cinco pontos à frente.

Outro desafio da equipe de Thiago Larghi é quebrar o jejum de vitórias nos confrontos contra os melhores times do campeonato. Nos cinco jogos disputados com essas equipes até o momento, o Atlético perdeu para Inter, Flamengo, Grêmio e Palmeiras e conseguiu só um empate, justamente contra o São Paulo, no Morumbi. Um retrospecto muito ruim para uma equipe que chegou a liderar a competição.

No último treino para o jogo, Larghi fechou os portões e manteve o mistério sobre quem vai a campo nesta quarta. As dúvidas não se restringem à escalação: o próprio esquema de jogo ainda é uma incógnita para quem não participou das atividades de terça. O atacante Chará, na seleção colombiana, é desfalque confirmado. Leandrinho é o mais cotado a assumir a vaga. Na lateral-esquerda, Fábio Santos, com dores no joelho, é dúvida. Hulk é seu provável substituto.

São Paulo também vem desfalcado

Se o Galo não tem Chará, o Tricolor não poderá contar com o artilheiro Diego Souza em sua ida ao Horto. Expulso no empate com o Fluminense, o centroavante dá lugar a Tréllez, que tem entrado bem sempre que é acionado pelo técnico Diego Aguirre. Mas a lista de ausentes não termina com Diego: Arboleda, Everton e Bruno Peres são os outros titulares que não estarão em Belo Horizonte. Por outro lado, Aguirre contará com o retorno de Nenê e Jucilei, duas peças fundamentais para o líder.

Com a contusão de Everton, o lateral Reinaldo tem jogado na linha ofensiva, com Edimar ocupando sua posição de origem. Pela direita, Bruno Peres deverá ser substituído por Régis, atleta que tem no apoio ao ataque seu ponto forte. As jogadas pelas laterais devem ser a principal aposta do Tricolor para vencer em Belo Horizonte, explorando a velocidade do ataque e a boa fase de Tréllez nas finalizações.

O duelo no Independência coloca à prova uma característica interessante da campanha deste surpreendente São Paulo no Brasileirão. A equipe de Aguirre tem enfrentado muito mais dificuldades quando joga em casa contra equipes mais frágeis do que quando atua como visitante contra times mais perigosos. Isso porque a boa marcação e a saída rápida para o ataque são as grandes virtudes do líder. Se a estratégia funcionar novamente, o Tricolor tem tudo para retornar de Belo Horizonte mantendo a ponta da tabela.

Palpite

O Atlético-MG vai partir para cima do São Paulo, mas deverá esbarrar no bom sistema defensivo montado por Aguirre. Com Jucilei e Hudson protegendo a defesa, o Tricolor deverá embolar o meio e deixar Nenê solto para puxar os contragolpes. Como o uruguaio já deixou claro que é um treinador pragmático e que sabe jogar com o regulamento, um empate no Horto pode ser considerado um resultado satisfatório para os paulistas. Igualdade sem gols ou empate em 1×1 são dois resultados bem possíveis para quarta.

Jogos da 23ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2018

Quarta-feira, 5 de setembro
  • 19:30 – Bahia x Sport – Palpite: Empate
  • 19:30 – Botafogo x Cruzeiro – Palpite: Cruzeiro
  • 20:00 – Ceará x Corinthians – Palpite: Empate
  • 21:00 – Paraná x Chapecoense – Palpite: Paraná
  • 21:00 – Palmeiras x Atlético-PR – Palpite: Palmeiras
  • 21:45 – Atlético-MG x São Paulo – Palpite: Empate
  • 21:45 – Internacional x Flamengo – Palpite: Internacional
Quinta-feira, 6 de setembro
  • 19:00 – Fluminense x Vitória – Palpite: Fluminense
  • 19:00 – Santos x Grêmio – Palpite: Empate
  • 20:00 – América-MG x Vasco – Palpite: América-MG

Classificação do Campeonato Brasileiro 2018

  1. São Paulo, 46 – Libertadores
  2. Internacional, 43 – Libertadores
  3. Flamengo, 41 – Libertadores
  4. Grêmio, 40 – Libertadores
  5. Palmeiras, 40 – Pré-Libertadores
  6. Atlético-MG, 35 – Pré-Libertadores
  7. Cruzeiro, 31 – Copa Sul-Americana
  8. Corinthians, 30 – Copa Sul-Americana
  9. Atlético-PR, 27 – Copa Sul-Americana
  10. Santos, 27 – Copa Sul-Americana
  11. Fluminense, 27 – Copa Sul-Americana
  12. América-MG, 26 – Copa Sul-Americana
  13. Vitória, 25
  14. Bahia, 25
  15. Botafogo, 25
  16. Vasco, 24
  17. Sport, 23 – Série B
  18. Chapecoense, 21 – Série B
  19. Ceará, 20 – Série B
  20. Paraná Clube, 15 – Série B

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar