Ganhador.com

Major League Soccer

Tira-teima? Favorito na final da Conferência Oeste contra o Houston Dynamo, Seattle Sounders pode reencontrar Toronto FC na decisão da MLS Cup

Foto: AP Photo/Elaine Thompson

Equipes fizeram decisão da temporada passada, com vitória dramática do Sounders nos pênaltis; chegou a hora de os canadenses darem o troco?

Se o Seattle Sounders seguir o atual roteiro da MLS Cup e sustentar a vantagem contra o Houston Dynamo na final da Conferência Oeste, que acontece na madrugada desta sexta-feira (1º de dezembro), no CenturyLink Field, temos tudo para ver pelo segundo ano consecutivo a decisão do torneio da América entre o time do estado de Washington, atual campeão da competição, e o Toronto FC, vice-campeão do ano passado. Confira agora o resumo das semifinais e tudo o que pode rolar até o dia da decisão, em 9 de dezembro!

 

Na espera

Depois de assegurar a melhor campanha da história da primeira fase da MLS com 69 pontos e receber o prêmio simbólico “Supporters Field” pela liderança geral entre as equipes das duas conferências, o Toronto FC mostrou nesta quarta-feira que está pronto para conquistar à América. Os canadenses derrubaram o Columbus Crew, na final da Conferência Leste, e são o primeiro time a garantir vaga na finalíssima da Major League Soccer 2017. Depois de um 0x0 em Ohio, os Reds fizeram o que se espera de um mandante e ganharam por 1×0, com gol de Jozy Altidore, que havia ficado de fora do primeiro embate por motivos de suspensão. Além da vantagem, o gol do norte-americano serviu para acabar com a seca de gols do Toronto, que estava 258 minutos sem balançar as redes – quase um mês.

Agora, o time que conta com o italiano Sebastian Giovinco como uma de suas principais estrelas foca todas as energias no inédito título. Após bater na trave, perdendo nos pênaltis para o Seattle Sounders em 2016, será que chegou a hora do time do técnico Greg Vanney, considerado o melhor treinador da temporada, brilhar?

 

Sounders x Dynamo

O Seattle entra em campo na madrugada desta sexta (1º) com a taça da Conferência Oeste praticamente nas mãos. Isso porque a equipe comandada por Brian Schmetzer fez um tremendo resultado no primeiro embate contra o Houston Dynamo. O placar de 2×0, conquistado ainda no primeiro tempo com gols do sueco Gustav Svensson e do americano Will Bruin, deu enorme vantagem ao Verdão, que agora joga em casa com o regulamento debaixo do braço. Com a regra do gol fora fazendo parte dos playoffs da MLS, o Dynamo terá que vencer por no mínimo dois gols de diferença. Se devolver o placar da ida, teremos prorrogação. Qualquer outro placar com vantagem de dois, mas desde que os mandantes também marcam, dão à classificação a equipe de Houston.

As chances de uma virada poderiam até ser animadoras para o time do Texas se não fosse as importantes ausências de logo mais – Jalil Anibaba e Alberth Elis, que estão suspensos – e o desempenho avassalador do Seattle quando joga no CenturyLink Field. Assim como o co-irmão Seattle Seahawks, uns dos principais times da NFL, que é famoso por tirar proveito do barulho ensurdecedor de sua torcida, jogar na capital do estado de Washington não tem sido nada fácil para os adversários.

O Verdão conta com a incrível marca de 13 vitórias em 21 jogos atuando em seu território. Foram outros sete empates e apenas uma derrota em toda a temporada jogando em casa. E adivinha para quem? Acertou se você disse o Toronto FC, em maio, por 1×0.

Para continuar com o sonho vivo do bicampeão consecutivo, feito que apenas duas equipes – o Washington DC United, em 1996 e 1997, e o próprio Houston Dynamo, em 2006 e 2007 – conseguiram em toda a história da competição, o Seattle Sounders aposta numa defesa praticamente imbatível. O clube está 557 minutos sem tomar gols no torneio. Para sermos exatos, são cinco jogos sem ser vazado. Parte deste paredão criado pelo time alviverde é creditado a dupla de volantes Chad Marshall e Román Torres, que desde que iniciou a parceria, ainda não sabe o que é perder. Nem mesmo a lesão do goleiro Stefan Frei prejudicou a equipe.

Já na frente, a responsabilidade cai toda sobre o uruguaio Nicolás Lodeiro, autor de 12 assistências no campeonato, e o veterano Clint Dempsey, que tem 12 gols na atual edição. Com essa dupla, o Seattle Sounders deve vencer o segundo duelo e cravar sua segunda passagem consecutiva para a decisão da MLS Cup.

 

Finais de Conferência da Major League Soccer 2017

  • Quarta-feira, 29 de novembro, 22:30 – Toronto FC 1×0 Columbus Crew
  • Sexta-feira, 1º de dezembro, 1:30 – Seattle Sounders x Houston Dynamo

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar