Ganhador.com

Tênis

Tênis: França e Bélgica decidirão Copa Davis 2017 em estádio de futebol

Foto: PHILIPPE HUGUEN/AFP/Getty Images

Casa do Lille foi palco da vitória da Seleção Brasileira sobre o Japão por 3 a 1 no início do mês; franceses são favoritos e confiam no bom momento de Jo-Wilfried Tsonga e Lucas Pouille

Neste fim de semana (24 a 26 de novembro), os fãs do tênis mundial terão a oportunidade de acompanhar a grande final da Copa Davis 2017 entre França e Bélgica, em Lille. A ocasião demandará um palco de gala. O estádio do Lille, clube de futebol da primeira divisão francesa (Ligue 1) e que conta com capacidade para 50 mil pessoas, foi remodelado para que 27,5 mil expectadores tenham uma visão privilegiada da quadra que irá comportar os cinco duelos previstos na decisão.

 

FINAL DA DAVIS: FRANÇA X BÉLGICA

Não é apenas o mando de quadra que define o favoritismo da armada francesa. Enquanto os belgas buscam a inédita conquista, os donos da casa – campeões em 1927, 1928, 1929, 1930, 1931, 1932, 1991, 1996 e 2001 – lutam pelo décimo título na Davis. Na semana passada, os capitães das duas equipes revelarem a relação dos tenistas convocados. Confira:

França: Jo-Wilfried Tsonga, atual número 15 da ATP, e Lucas Pouille (18º), além dos duplistas Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut. O capitão Yannick Noah chamou ainda Richard Gasquet e Julien Benneteau na condição de suplentes.

Bélgica: David Goffin, 7º do ranking, Steve Darcis (76º) e a dupla formada por Ruben Bemelmans e Arthur De Greef – Joris De Loore vai como reserva. O time é comandado por Johan Van Herck e tem em Goffin a grande esperança de liderar os belgas, ainda mais depois de chegar à decisão do ATP Finals, torneio que reúne os melhores da temporada, na qual foi derrotado pelo búlgaro Grigor Dimitrov – 2 sets a 1, com parciais de 7/5 e 4/6 e 6/3.

 

BÉLGICA FAZ DISCURSO DE JOGAR O FAVORITISMO PARA O ADVERSÁRIO

Em recente entrevista, o número 7 do mundo fez questão de ressaltar que, apesar da motivação da Bélgica, os franceses estão mais próximos da consagração. Ele destacou o papel de franco-atirador dos visitantes.

“Seria incrível voltar para casa com o troféu, mas não somos os favoritos. Não temos quase nada a perder aqui. Estamos na França e o estádio estará contra nós, então devemos dar tudo para este último torneio do ano. Seria inacreditável para nós e para o país se terminássemos o ano com o título”, acrescenta o vice-campeão do ATP Finals, que derrotou Roger Federer na fase anterior.

O capitão Van Herck foi na mesma linha da estrela belga e ressaltou a força do mando de quadra. Mas tudo indica que se trata de um jogo de cena para dispersar a França.

“Temos um bom time para a Copa Davis e vamos desafiá-los. Acho que será um duelo muito interessante, mas eles começam como favoritos. Vamos ver como as coisas caminham nesta semana, mas acho que podemos fazer um grande duelo contra eles”, afirmou.

 

PROGRAMAÇÃO DA DECISÃO DA COPA DAVIS 2017

Lucas Pouille, número dois do time francês, e David Goffin, líder dos visitantes, abrem a disputa amanhã (24), enquanto Jo-Wilfried Tsonga medirá forças com Steve Darcis, logo em seguida. No primeiro dia da final da Davis, a expectativa é de empate, com o forte palpite em uma vitória apertada do tenista belga, que terá que superar Pouille e a pressão das arquibancadas, e um triunfo mais tranquilo do astro francês.

No dia seguinte (25), é a vez do confronto entre duplas. Pierre-Hugues Herbert e Richard Gasquet, que substitui Nicolas Mahut, encaram Ruben Bemelmans e Joris De Loore. Neste duelo, são grandes as chances de os franceses tomarem a dianteira do placar.  E finalmente no domingo, o jogo de número 4 e mais aguardado, que reunirá Tsonga e Goffin. Será um duelo épico e que poderá ficar na lembrança como a disputa que definirá o país campeão em 2017. Com muito suor, os donos da casa confirmarão o décimo título.

Mas se a Bélgica empatar, o tira-teima será entre Pouille e Darcis, quando a torcida fará a diferença para empurrar o número 18 do mundo para o triunfo por 3 a 2.

 

FINAL DA COPA DAVIS 2017

Sexta-feira, 24 de novembro:

  • 11:00 – P1: Lucas Pouille (FRA) x David Goffin (BEL)
  • 14:30 – P2: Jo-Wilfried Tsonga (FRA) x Steve Darcis (BEL)

Sábado, 25 de novembro:

  • 11:00 – P3: Richard Gasquet /Pierre Hugues-Herbert (FRA) x Joris De Loore /Ruben Bemelmans (BEL)

Domingo, 26 de novembro:

  • 10:00 – P4: Jo-Wilfried Tsonga (FRA) x David Goffin (BEL)
  • 12:30 – P5: Lucas Pouille (FRA) x Steve Darcis (BEL)

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar