Brasileirão Série A

Tabu em jogo: Fluminense tenta primeira vitória na história diante da Chapecoense

Foto: AP Photo/Silvia Izquierdo

Catarinenses venceram todos os jogos no Rio de Janeiro pelo Brasileirão

A segunda-feira completa a 11ª rodada do Campeonato Brasileiro e traz a tentativa de um feito inédito. O Fluminense recebe a Chapecoense, em Edson Passos, às 20h, e busca a primeira vitória na história do confronto. Devido à má fase do adversário, o feito nunca esteve tão fácil.

Ao todo, os times se encontraram sete vezes. O primeiro foi em um amistoso em 1976, quando os catarinenses ainda engatinhavam. A partida terminou 2 a 2 e curiosamente foi o melhor resultado dos cariocas no duelo, igualado ao 0 a 0 ocorrido no 1º turno do Brasileirão do ano passado. Com exceção destes, todos os demais cinco jogos terminaram com vitória da Chapecoense. Além disso, o clube venceu todas as partidas com o mando do tricolor. Entre eles, está uma goleada, por 4 a 1, em 2014.

 

Péssima fase da Chape

Se o histórico empolga o torcedor catarinense, o momento não. O clube vem de quatro derrotas seguidas entre Campeonato Brasileiro e Copa Sul-americana e não dá sinais de recuperação. Neste período, sofreu nove gols e marcou apenas um, diante do Flamengo. No entanto, a bola na rede não serviu de nada, pois o clube saiu derrotado por 5 a 1.

Curiosamente, o último triunfo foi contra um carioca, o Vasco da Gama. No dia 14 de junho, na Arena Condá, a equipe bateu o adversário por 2 a 1.

   

Fluminense em melhor momento

Chegando de uma goleada por 4 a 0 sobre o Universidad Católica-ECU, quando teve uma excelente atuação, o Fluminense vai em busca da quarta partida sem perder no Brasileirão. O clube tem grandes chances de conseguir isso, mas pode entrar em campo sem seu artilheiro, Henrique Dourado.

O atacante que lidera a estatística no Campeonato saiu no começo do segundo tempo contra os equatorianos – quando inclusive marcou duas vezes – sentindo dores e virou dúvida para a partida. Caso realmente fique de fora, o jovem Pedro é o mais cotado para assumir a vaga. Outra opção de Abel Braga é promover a entrada de Wellington Silva e empurrar Richarlison para atuar centralizado. Calazans também tem chances de jogar, mas corre por fora.

Com qualquer uma das escolhas, o Fluminense perde um pouco a qualidade na frente, mas ainda assim é favorito.

   

Tricolor com problemas com equipes do Sul

O desempenho do Fluminense no Rio de Janeiro é extremamente positivo, como demonstrou em resultados confortáveis contra Liverpool-URU, Goiás e Universidad Católica-ECU e até mesmo em vitórias apertadas diante de Santos e Vitória. No entanto, o rendimento não é nada interessante contra times do Sul. Enfrentando o Grêmio perdeu duas vezes no Maracanã, enquanto com o Atlético-PR não saiu de um empate em 1 a 1.

Porém, vale destacar que o compromisso desta segunda-feira não será no Mário Filho e sim no Giulite Coutinho. Fugindo do alto custo do estádio da Copa do Mundo, o clube retorna a Edson Passos, onde teve aproveitamento de 62,9% no ano passado. Foram no total, cinco vitórias, dois empates e duas derrotas. Por atuar em um lugar menor, o tricolor terá um clima mais estilo alçapão, o que o deixa ainda mais forte.

   

Queda de rendimento como visitante

A Chapecoense até teve um bom desempenho como visitante na Libertadores e no começo do Brasileirão, mas já coleciona três derrotas seguidas fora de casa. O clube está longe de ser aquele que empatou com o Corinthians e derrotou o Cruzeiro. Diante do Defensa-ARG, nesta quarta-feira, a equipe até foi melhor, e o revés por 1 a 0 só veio nos acréscimos. Porém, antes disso, foi dominada por Ponte Preta e Flamengo e caiu por 3 a 2 em Campinas e 5 a 1 no Rio de Janeiro.

   

O que esperar do jogo

Se fosse considerado apenas o 11 contra 11, o tricolor seria favorito, mas por uma margem pequena. Levando em conta o momento dos times e a capacidade para mudar o jogo de cada técnico, não resta dúvida que o Fluminense é bem superior. Sendo assim, dá para contar com um triunfo carioca por dois gols de diferença. Com a dificuldade dos catarinenses de balançarem as redes, a partida deve ter no máximo dois ou três gols.

   

Campeonato

Com os resultados do final de semana, o Fluminense aparece na 9ª posição. Em caso de vitória pode subir para 5º. Enquanto isso, a Chapecoense está apenas na 15ª colocação, mas saltaria para 6º com o triunfo.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.