Ganhador.com

Copa Sul-Americana

Sul-Americana: Ponte e Sport fazem o jogo do “desespero contra a tranquilidade”. Confira os prognósticos desta quarta-feira

Foto: Alexandre Schneider/Getty Images

Vanderlei Luxemburgo se aproxima de um resultado histórico com o Leão, enquanto só um milagre salva a Macaca

A Copa é Sul-Americana, mas é um duelo 100% brasileiro que agita a competição na noite desta quarta-feira (20). E a partida que começa às 19h15 (de Brasília) leva a campo dois times de grandes contrastes. Sem técnico e sem a presença garantida na Série A do Brasileiro do ano que vem, a Ponte Preta luta para fazer um milagre e sobreviver ao favoritismo do Sport no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pelas oitavas de final da competição. O jogo de ida terminou 3×1 para o rubro-negro de Pernambuco, e agora só um placar de 2×0 para cima daria a vaga à Ponte.

Macaca não terá o experiente Aranha

Será mesmo uma partida diferente pelos lados de Campinas. Além de não contar mais com o técnico Gilson Kleina, demitido depois da derrota do fim de semana para o Atlético-GO, a equipe do interior de São Paulo vai sofrer o desfalque do seu mais importante jogador. Depois de 71 partidas seguidas como titular, o goleiro Aranha, com a coxa machucada, será substituído por João Carlos, que não joga desde julho de 2016.

 

O problema não é o único. O técnico interino João Brigatti também sofre com as ausências do suspenso Fernando Bob e dos lesionados Jadson e Emerson Sheik. A Ponte nesta noite jogadores que vão para o sacrifício – não necessariamente um time que se conhece e que pode levar perigo ao adversário.

 

O treinador interino sabe das suas limitações e mexe o menos possível no restante da equipe. Os zagueiros são os mesmos de sempre, assim como Naldo e Elton, a dupla de volantes. Uma novidade é a entrada do veterano meia Renato Cajá, também com problemas físicos e limitado nos últimos meses, mas que agora será responsável por armar o jogo para os atacantes Felipe Saraiva, Léo Gamalho e Lucca.

 

“Dentro das nossas possibilidades, vamos usar o que temos de melhor. Só posso dizer que vai ser um time guerreiro e batalhador”, admitiu Brigatti. A fase da Ponte no Brasileirão é igualmente complicada: só a 15ª, a equipe está somente um ponto à frente do Z-4.

Leão da Ilha busca primeira ida às quartas

O Sport está motivado e muito perto de obter um feito inédito em sua história: o clube jamais alcançou as quartas de final da Sul-Americana. Ou melhor: nenhum time de Pernambuco obteve esta façanha. Embora a vantagem no confronto agregado seja grande, vale lembrar que o Sport também está complicado no Brasileirão, torneio no qual não vence há sete rodadas. A 12ª colocação, porém, não deixa a equipe por enquanto ameaçada pelo rebaixamento.

 

Vanderlei Luxemburgo vai contar com a volta do zagueiro Henríquez, suspenso do último confronto da equipe pelo Brasileirão, quando perdeu por 2×0 para o Flamengo. Outras comemoradas voltas são as de Diego Souza e do lateral-esquerdo Sander.

 

As ausências são Wesley, Osvaldo e Éverton Felipe. Os dois primeiros não foram inscritos, enquanto o último rompeu os ligamentos do joelho e não atua mais neste ano.

Escalações

Os titulares nesta quarta (20) em Campinas serão:

 

Ponte Preta – João Carlos; Nino Paraíba, Marllon, Luan Peres e Danilo Barcelos; Naldo, Elton e Renato Cajá; Felipe Saraiva, Léo Gamalho e Lucca. Técnico: João Brigatti

 

Sport – Magrão; Raul Prata, Henríquez, Durval e Sander; Patrick, Rithely, Diego Souza e Lenis; André e Mena. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Palpite

A Ponte é um time que sofre com complicações para onde quer que olhe – e o Sport, nesta condição de fragilidade adversária, é sim favorito para obter a vaga. O time de Recife vai correr poucos riscos – o famoso “regulamento debaixo do braço”. É mais do que previsível que haja um empate por 0x0 ou 1×1.

 

A necessidade da Macaca de fazer gols e de contar com o apoio da torcida não se vê na prática neste momento da equipe na temporada. O 3×1 da ida foi muito claro. O Sport vai ter de fazer muita coisa errada para desperdiçar seu favoritismo. Impossível imaginar também a cara de Vanderlei Luxemburgo ao ser eliminado por um técnico interino (e comandando um time inferior).

Jogos das oitavas de final da Copa Sul-Americana 2017

Quarta-feira, 20 de agosto

  • 19:15 – Flamengo x Chapecoense – Palpite: Flamengo
  • 19:15 – Ponte Preta x Sport – Palpite: Empate
  • 21:45 – Racing x Corinthians – Palpite: Racing

 

Quinta-feira, 21 de agosto

  • 19:15 – LDU x Fluminense – Palpite: LDU

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar