Ganhador.com

Copa Sul-Americana

Sport recebe o Arsenal de Sarandí pela Copa Sul-Americana

Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Bola rola a partir de 21h45, na Ilha do Retiro.

Sport e Arsenal fazem a primeira batalha de mais uma guerra desportiva entre brasileiros e argentinos por uma vaga na terceira fase da Copa Sul-Americana.

    

Palpite

O Sport tem tudo para vencer o Arsenal e arrancar para a classificação à terceira fase. Primeiro de tudo, os brasileiros têm mais história, mais cacife, mais tradição de que seu coirmão argentino, que não passa de um pequeno clube familiar do distrito de Sarandí, localizado no município de Avellaneda, na Grande Buenos Aires.

Segundo porque os recifenses estão no meio da temporada, exatamente no auge da forma física. Enquanto isso, seus rivais começaram a treinar nos últimos dias. Eles estão no início da pré-temporada do Campeonato Argentino, que terá 28 participantes este ano.

O terceiro e último ponto é que o elenco rubro-negro é mais experiente e qualificado que o dos rubroanis. Há jogadores capazes de defender as seleções de Brasil e Chile, enquanto que o quadro argentino é composto de meros desconhecidos.

Se jogar com raça e com os titulares, o Sport goleará: 4 a 0.

É bom lembrar que quem sobreviver a este mata-mata terá pela frente Ponte Preta ou Sol de América na sequência.

 

Histórico

Arsenal e Sport jamais se enfrentaram. Na história da Copa Sul-Americana, o Leão encarou os argentinos do Huracán em 2015 e a estória terminou mal. Em Recife, a partida terminou empatada em um gol e no país vizinho o Globo encaixou 3 a 0.

 

Como chegaram até aqui?

No Campeonato Argentino de 2015/16, o Arsenal foi o segundo melhor dentre os participantes que não conseguiram vagas na Taça Libertadores e por isso entrou na Copa Sul-Americana. Na primeira fase, encarou o Juan Aurich, do Peru. Venceu em Chiclayo por 2 a 0 e goleou em domicílio por 6 a 1.

O Sport pegou a última vaga brasileira para o torneio continental. Depois de detonar o Danubio por 3 a 0, em Recife, conseguiu com que este placar fosse revertido, em Montevidéu. Na disputa por pênaltis, os rubro-negros foram mais competentes: 4 a 2.

 

Como se prepararam Sport e Arsenal para este confronto?

O Arsenal foi muito mal na liga doméstica de 2016/17. Entre 30 concorrentes, os do Viaduto terminaram na nada orgulhosa 27a posição. Se não fosse a média de pontos dos últimos três anos que determinasse o descenso, o Burro estaria rebaixado. Na Copa da Argentina, conseguiu a proeza de ser desclassificado nos pênaltis pelo Sacachispas, humilde agremiação da quarta divisão.

Os argentinos reformularam a equipe para evitar novo fiasco na temporada que se anuncia. Diversos atletas foram embora. A instituição promoveu cinco das divisões de base e trouxe outros cinco, entre eles Emiliano Papa, de 35 anos e com passagens pela seleção. O lateral-esquerdo já defendeu as camisas de Independiente, Rosário Central e Vélez Sarsfield.

O Sport não faz uma boa temporada. Campeão pernambucano, perdeu o Nordestão para o Bahia e começou a se recuperar no Brasileirão, após ter ficado algumas rodadas no Z-4. Além do momento um pouco melhor, os brasileiros estarão mais preparados para o embate, já que o futebol argentino está em recesso, pois segue o calendário europeu.

Espera-se que a polêmica da semana, em torno do Leão ter se desfiliado da Liga do Nordeste junto com o Náutico, fique fora das quatro linhas e que o clima político não atrapalhe o futebol.

 

Escalações

Confira como Sport e Arsenal devem começar jogando.

Sport: Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval e Sander; Rithely, Patrick e Diego Souza; Everton Felipe, André e Osvaldo. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Arsenal: Pablo Santillo; Sergio Velázquez, Facundo Monteseirín e Marcos Curado; Claudio Corvalán, Federico Milo, Germán Ferreyra, Juan Imbert e Juan Brunetta; Lucas Wílchez e Franco Gragapane.Técnico: Humberto Grondona.

 

Vitória do Flamengo sobre o Palestino

Depois de um primeiro tempo sonolento, a segunda metade foi alucinante! Réver colocou o Flamengo na frente logo no primeiro minuto. Em falhas da defesa brasileira, Romo e Vidal viraram o jogo para os Árabes. Berrío, Leandro Damião, Rafael Vaz e Éverton Ribeiro espantaram a zebra e deram o primeiro passo para servir a revanche de 2016 bem gelada.

O segundo capítulo entre Flamengo e Palestino está agendado para o dia 09 de agosto, na Ilha do Urubu. Os cariocas poderão perder por até três gols de diferença, desde que não seja por 6 a 3, 7 a 4, etc.

 

Agenda

Os encontros de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana que ainda não foram realizados acontecerão no meio da semana que vem. Os duelos de volta estão programados para acontecerem entre 25 de julho e 09 de agosto.    ‘

 

Jogos de ida da 2ª Fase:

Quarta-feira, 05 de julho:

  • Palestino 2×5 Flamengo

Quinta-feira, 06 de julho:

  • 21h45: Sport x Arsenal

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar