Ganhador.com

Basquete

Semana movimentada no esporte da bola laranja!

Foto: fiba.basketball / Divulgação

Basquete teve semana agitada e título para os Estados Unidos

A bola laranja quicou em várias partes do mundo por diversos certames. A WNBA definiu quem jogará a pós-temporada. Os homens norte-americanos comemoraram o título das Américas. As seleções europeias digladiam entre si pela hegemonia do Velho Continente. No Brasil, foram definidos os 15 participantes do NBB, os interessados na LBF e um suposto emparelhamento da próxima Liga Sul-Americana de clubes. Confira as últimas notícias.

 

Estados Unidos campeões da Copa América

Os Estados Unidos enviaram para a Copa América uma seleção que teve como base atletas da NBA G-League, o certame de preparação para a liga profissional. Invictos, os norte-americanos prevaleceram sobre Panamá, República Dominicana e Uruguai na primeira fase. Depois, ganharam das Ilhas Virgens Americanas por 90 a 62 na semifinal, antes de superar a anfitriã Argentina por 81 a 76 na grande final.

Os sete primeiros da classificação final garantiram vagas nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019. Foram eles: Estados Unidos, Argentina, México, Ilhas Virgens Americanas, Porto Rico, Uruguai e República Dominicana. O oitavo escrete será o Peru, dono da festa. Em outras palavras, o Brasil ficou de fora.

 

Começou o Eurobasket 2017

Assim como na Copa América, para reduzir custos, quatro nações dividiram a organização da primeira etapa, antes do mata-mata final: Finlândia, Israel e Romênia. Todo o playoff, assim como uma das chaves da etapa inicial, será na Turquia.

Após as três primeiras rodadas, a Eslovênia lidera o grupo A, que tem Finlândia, França, Polônia, Grécia e Islândia.

Na chave B, a Itália está na frente, seguida por Alemanha, Lituânia, Geórgia, Ucrânia e Israel.

A ponteira do hexagonal C é a Espanha, que encara Croácia, Montenegro, Hungria, República Checa e Romênia.

O grupo D traz a Rússia em primeiro. Letônia, Bélgica, Turquia, Sérvia e Reino Unido são os seus oponentes.

A detentora do título é a Espanha, que venceu três das últimas quatro edições.

 

Tudo definido para o NBB 2017/18

A tradicional UNICEUB, de Brasília, foi vítima da crise financeira que abala o Brasil. O time perdeu todos os seus patrocinadores e não tem como entrar em quadra no próximo Campeonato Brasileiro. Outro que desistiu foi o Macaé, que sem um investidor máster, ainda consegue ter recursos para encarar a Liga Ouro, a segunda divisão.

Para os lugares dos dois desistentes a Liga Nacional de Basquete convidou o Caxias Basquete, que havia sido rebaixado, e o Joinville, vice-campeão da segundona. Os demais concorrentes são Basquete Cearense, Bauru, Botafogo, Campo Mourão, Flamengo, Franca, Liga Sorocabana, Minas TC, Mogi das Cruzes, Paulistano, Pinheiros, Vasco da Gama e Vitória.

O regulamento prevê turno e returno na primeira fase. Os doze melhores se classificam para os playoffs e os dois últimos caem para a série B.

 

LBF deverá ter novidades

A Liga de Basquete Feminino, que organiza o Campeonato Brasileiro Feminino, tenta conseguir novas agremiações e novas fontes de recursos para revitalizar sua liga. Em 2016/17, foram apenas seis as equipes inscritas.

Além de visitar diversas instituições, os cartolas da LBF promoveram o I Meeting LBF visando a próxima temporada. Um recorde de 22 interessados apareceu neste evento: Campinas, Catanduva, Joinville, Maringá, Mixto, Mogi das Cruzes, Osasco, Ourinhos, Pindamonhangaba, Presidente Venceslau, Sampaio Corrêa, Santo André, Santos, São Bernardo, UNISSAU e Vasto Verde. Já Araraquara, Caxias do Sul, Flamengo, Novas, Palmas, Petrolina e Sorocaba deram bolo.

 

Liga Sul-Americana de 2017

A FIBA não se manifestou oficialmente mas vazou na internet o que seria um esboço dos quadros e dos grupos da Liga Sul-Americana de 2017, que classifica seu campeão para a Liga das Américas de 2018.

Se o boato estiver correto, o grupo A está marcado para Quibdó, na Colômbia, e contaria com a presença do Flamengo, além dos anfitriões Cimarrones del Chocó, do Hebraica, do Uruguai, e do San Martín, da Argentina.

A chave B ainda não tem sede e contaria com Malvin, do Uruguai, Pinheiros, Quilmes, da Argentina, e Osorno, do Chile.

O terceiro quadrangular tampouco tem local definido mas abrigaria Aguada, do Uruguai, Estudiantes Concordia, da Argentina, Guaros de Lara, da Venezuela, e o Vitória.

Finalmente, o grupo D teria a Bolívia como anfitriã. Estariam confirmados ali Olimpia, do Paraguai, e Regatas Lima, do Peru, além dos campeões nacionais de Bolívia e Equador, que ainda não foram conhecidos.

 

Definidos os playoffs da WNBA

Terminada a temporada regular, apenas quatro franquias foram desclassificadas: Chicago Sky, Atlanta Dream, Indiana Fever e San Antonio Stars.

Na segunda fase, teremos um único embate entre Seattle Storm e Phoenix Mercury e entre Washington Mystics e Dallas Wings.

Quem sobreviver ao primeiro confronto pega o Connecticut Sun na terceira etapa também em apenas 40 minutos. O vencedor da segunda eliminatória encara o New York Liberty.

Nas semifinais, Minnesota Lynx e Los Angeles Sparks aguardam seus desafiantes.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar