Ganhador.com

Copa Libertadores

San Lorenzo tem boa vantagem sobre o Lanús e bota medo nos brasileiros

Foto: Divulgação / Club Atlético San Lorenzo de Almagro

Duelo de volta deve ser equilibrado e com isso a vantagem da ida deve ser decisiva

Com o River Plate com a corda no pescoço, o duelo entre San Lorenzo e Lanús tem grande potencial para definir qual será o único representante argentino na semifinal da Libertadores. Como venceu a ida por 2 a 0, o clube de Almagro larga com boa vantagem e tem tudo para avançar na competição.

Com camisa vs sem camisa

Isso não é a separação dos times para a pelada, mas a expressão vale para este confronto. De um lado, temos o San Lorenzo, com 17 títulos nacionais e três continentais, incluindo uma Libertadores. Do outro, está o Lanús, que só tem uma conquista nacional e duas continentais.

Com um passado bem menos glorioso, a equipe da casa ainda tem que lidar com um presente horrível. Deste que voltou de férias, no final de agosto, o clube ganhou somente dois jogos e perdeu quatro.

A fase é tão ruim que nem o mando de campo tem ajudado, com reveses seguidos para Union Santa Fé e Boca Juniors. No entanto, o Lanús chegou a colecionar oito vitórias consecutivas em casa neste ano e, portanto, é bom não duvidar muito da força do estádio Néstor Díaz Lanús.

Acontece que para vencer com dois gols de diferença e sem sofrer nenhum teria que contar quase que com uma ajuda divina. O problema é que até o Papa está fechado com o adversário.

No embalo de Blandi

Campeão de 2014, o San Lorenzo chegou até aqui com muito sofrimento. O clube só passou pela fase de grupos com um gol nos acréscimos e ainda precisou dos pênaltis para despachar o modesto Emelec, nas oitavas de final. Acontece que é exatamente com classificações assim que os argentinos ganham moral e saem de meros participantes para fortes candidatos à taça.

Além disso, conta com Blandi inspirado no ataque. O artilheiro deixou dois no jogo de ida e tem tudo para fazer a diferença também nesta quinta-feira. Com o time podendo jogar no contra-ataque, o jogador não deve ver a bola chegar muitas vezes, porém, é sempre uma grande ameaça.

Outro ponto que traz confiança para o San Lorenzo é que o clube enfim vai se recuperando na temporada. Depois de ser eliminado pelo modesto Deportivo Moron, na Copa da Argentina, a equipe se acertou e não sabe o que é perder há quatro jogos, sendo que nos últimos três sequer sofreu gol. No período, ficou no empate com Racing e Rosário e venceu o Arsenal e o próprio Lanús.

Retrospecto de Lanús x San Lorenzo

Se depender do histórico, o torcedor do Lanús pode ficar esperançoso. O clube leva vantagem no confronto direto, com 20 vitórias, 16 empates e 17 derrotas nos 53 jogos oficiais entre os dois. Jogando em casa, a vantagem é ainda maior, com 13 triunfos, sete reveses e sete igualdades.

Além disso, desde 2012, o time conseguiu golear o rival por três ou mais gols de diferença em três ocasiões. Para fechar, não sabe o que é perder para o adversário com o seu mando de campo há treze anos – desde dezembro de 2004. No entanto, vale lembrar que o San Lorenzo avança até com uma derrota por um gol e conseguiu este feito em todas as últimas quatro vezes que foi ao Néstor Díaz Pérez.

Prováveis escalações

As duas equipes chegam com força máxima para este jogo de volta das quartas de final.

Lanús: Fernando Monetti; José Luis Gómez, Ronaldo García Guerreño, Diego Braghieri e Maximiliano Velázquez; Román Martínez, Iván Marcone e Nicolás Pasquini; Lautaro Acosta, José Sand e Alejandro Silva

San Lorenzo: Nicolás Navarro; Paulo Díaz, Víctor Salazar, Marcos Angeleri, Matías Caruzzo e Gabriel Rojas; Juan Mercier e Franco Mussis; Fernando Belluschi e Bautista Merlini; Ezequiel Cerutti e Nicolás Blandi

 

Palpite

Com muito esforço o Lanús pode até sair de campo vitorioso, mas não classificado. A expectativa é que o San Lorenzo segure a sua vaga e até mesmo arranque um empate fora de casa. O jogo deve ser muito amarrado e certamente terá poucos gols.

Jogos das quartas de final da Libertadores 2017

Quarta-feira, 20 de setembro

  • 21:45 – Grêmio x Botafogo. Palpite: Grêmio vence por 3 a 1
  • 21:45– Santos x Barcelona. Palpite: Santos vence por 2 a 0

 

Quinta-feira, 21 de setembro

  • 19:15 – River Plate x Jorge Wilstermann. Palpite: River Plate vence por 3 a 0
  • 21:45 – Lanús x San Lorenzo. Palpite: 1 a 1

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar