Ganhador.com

NBA

San Antonio Spurs devolve surra e empata série com o Houston Rockets: 1-1

Foto: Ronald Martinez/Getty Images

Kawhi Leonard brilha e apaga o jogo insano de James Harden

Empatou. O San Antonio Spurs fez a lição de casa e brilhou. Aproveitou o mando de quadra e impôs seu jogo organizado para vencer o Houston Rockets e estabelecer o 1-1 em uma das semifinais do Oeste. O que poucos imaginavam era a verdadeira surra que os Spurs fizeram questão de devolver aos Rockets: um 121×96 que não deixou discussões sobre como o Jogo 1 foi anormal.

E vejam que curioso: somando os placares das duas partidas, a contagem agora estaria 222×220 para o Rockets, uma grande prova de equilíbrio e de como as possibilidades seguem abertas para as duas equipes.

O enredo já era mesmo esperado – e muito por conta da famosa eficiência de Gregg Popovich, técnico que preza sempre pelas análises certeiras e pelas múltiplas saídas que encontra para as suas equipes. Não à toa, ele é considerado o melhor treinador do momento e um dos grandes da história, algo comprovado a cada temporada.

Foi assim nesta quarta-feira, mas com uma ajuda valiosa de alguém que também acordou para a vida. Kawhi Leonard de novo jogou como Kawhi Leonard. Fez 34 pontos, 7 rebotes e 8 assistências e apagou sua discretíssima atuação na primeira partida.

O jogo suicida dos Rockets desta vez não funcionou, algo que também era esperado. O estilo do técnico Mike D’Antoni não preza pela constância – daí a expectativa de esta série apresentar muitas idas e vindas.

James Harden, por exemplo, foi neste Jogo 2 ainda pior do que Leonard havia sido no 1. O “Barba” conquistou 13 pontos, 7 rebotes e 10 assistências, mas acertou só 3/17 arremessos, uma média muito aquém dos padrões que o colocaram como potencial ganhador do MVP da Temporada Regular.

Expulso no Jogo 1, o pivô brasileiro Nenê Hilário também atuou um pouco abaixo do previsto. Começou entre os reservas, como sempre ocorre, e contribuiu com apenas 10 pontos e 1 rebote.

A baixa dos Spurs nesta quarta-feira foi a lesão do armador Tony Parker, que vivia uma noite especial. O francês de 34 pontos anotou 18 pontos e se consagrou como apenas o nono homem na história a ultrapassar a marca de 4 mil pontos em playoffs.

Com esse dado, ele se juntou a LeBron James. Ambos agora são os dois únicos a somar esta pontuação à condição de superar também as 1.000 assistências na pós-temporada.

A festa, porém, acabou não acontecendo porque Parker se machucou no último período. Ele caiu de mau jeito e só deixou a quadra carregando pelo corpo médico do San Antonio.

Os Spurs ainda esperam os exames para divulgar a gravidade da lesão, mas Popovich já se antecipou afirmando que não conta com Parker para as próximas duas partidas, em Houston.

A ausência do armador francês pode bagunçar o tabuleiro e colocar os Rockets como favoritos nas próximas partidas. A primeira delas vai ser nesta sexta-feira, com o duelo 4 ocorrendo no domingo.

 

Em 24 segundos…

…Os Cavs atropelaram de novo os Raptors: 125×103 e 2-0 na série, com os dois jogos até aqui sendo disputados em Cleveland.

…A facilidade chamou de novo a atenção. Em momento algum – e nas duas partidas – o Toronto foi capaz de oferecer resistência.

…King James segue sua saga. LeBron cravou 39 pontos, 6 rebotes e 4 assistências.

…Ele passou Abdul-Jabbar e agora é o segundo maior cestinha da história dos playoffs. Está com 5.777, atrás apenas de Michael Jordan (5.987).

…Kyle Lowry, do Toronto, também teve seu momento de lesão e precisou deixar a quadra depois de trombar com um companheiro e machucar o tornozelo. Já é desde já uma grande dúvida para as próximas partidas.

…E o que dizer da “estrela” dos Raptors DeMar DeRozan, que só fez 5 pontos, mesmo em normais condições físicas? O Toronto corre o sério risco de ser a grande decepção dessas semifinais.

…Isaiah Thomas, quem diria, está recebendo dicas de Kobe Bryant para melhorar seu jogo. Uma lenda dos Lakers ajudando um atleta dos Celtics!

…Thomas revelou que ele e Kobe são muito amigos, e que do início do playoff para cá esta amizade se converteu em conversas constantes para ajeitar detalhes que, pelo visto, estão fazendo a diferença na eficiência do jogo do brilhante baixinho do Boston.

…Mais um Jazz-Golden State nesta noite – e mais uma previsão de sonolento domínio dos Warriors. Inevitável 2-0 na série.

 

Os dois jogos da NBA nesta quinta são:

  • 21h00 – Washington Wizards x Boston Celtics (Celtics 2-0)
  • 23h30 – Golden State Warriors x Utah Jazz (Warriors 1-0)

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar