Futebol Europeu

Real Madrid x Manchester United reacende rivalidade entre espanhóis e ingleses

Foto: Ezra Shaw/Getty Images

Bola rola às 15h45 (de Brasília) nesta terça-feira.

Espanha, Inglaterra e Itália são as três federações que mais levantaram canecos de competições interclubes oficiais da UEFA ao longo da história. Nesta terça-feira, assistiremos a mais um capítulo desta rivalidade. Real Madrid e Manchester United decidem a Supercopa. Confira abaixo palpite, histórico e prognóstico deste embate.

 

Histórico da rivalidade

Real Madrid e Manchester United representam Espanha e Inglaterra, respectivamente. Essas nações disputam junto com a Itália a hegemonia continental interclubes. Vamos ver o histórico dessas infindáveis batalhas?

Na Champions League, a Espanha tem 17 taças (Real Madrid tem 12), contra 12 dos ingleses (o Manchester United tem três).

Na Liga Europa (antiga Copa da UEFA), a Espanha tem 10 troféus (Real Madrid tem dois), contra oito dos ingleses (o Manchester United tem um).

Da extinta Recopa, a Inglaterra tem vantagem: 8 a 7, sendo que os Diabos Vermelhos têm uma taça e o Real Madrid nunca deu a volta olímpica.

Na Supercopa, a Espanha tem 13 conquistas (três dos madridistas), contra sete inglesas (Manchester United tem uma).

No total, os filiados da Fúria possuem 47 títulos, contra 34 dos English. São 17 êxitos dos da capital espanhola contra seis dos do norte da Inglaterra.

 

Como chegaram até aqui?

O Real Madrid conquistou a Champions League. Na fase de grupos, terminou atrás do Borussia Dortmund mas desclassificou Legia e Sporting. No mata-mata, prevaleceu sobre Napoli, Bayern de Munique, Atlético de Madrid e a Juventus, na grande decisão.

Na Liga Europa, o Manchester United também ficou em segundo em seu quadrangular, atrás do Fenerbahçe. No entanto, superou Feyenoord e Zorya. No mata-mata, os Diabos Vermelhos ganharam de Saint-Étienne, Rostov, Anderlecht, Celta e Ajax, na final.

 

Confronto direto

Real Madrid e Manchester United se chocaram pela primeira vez em 1957 e pela última mês passado. Foram apenas doze duelos entre dois dos times mais populares de seus países. Os madrilenhos venceram em quatro oportunidades, contra três dos britânicos e aconteceram cinco empates.

 

Como se prepararam para a Supercopa?

O Real Madrid mudou bastante para a temporada que está começando. Astros internacionais como Pepe, James Rodríguez, Coentrão, Morata, Danilo e Diego Llorente deixaram a capital espanhola. Para compensar, chegaram Theo Hernández, Dani Ceballos, Marcos Llorente, Borja Mayoral, Jesús Vallejo e Burgui. O lucro líquido com as transações de verão superou os € 75 milhões. Em campo, os alvos foram mal: dois empates (Manchester United e MLS All-Stars) e dois revezes (Manchester City e Barcelona).

O Manchester United fez trocas cirúrgicas em seu plantel. Chegaram Victor Lindelöf, Romelu Lukaku e Nemanja Matic. Despediram-se de Old Trafford: Ibrahimovic, Makela, Kayne Roberts, Josh Harrop, Wayne Rooney e Adnan Januzaj.

Em amistosos, os ingleses venceram cinco (diante de Los Angeles Galaxy, Real Salt Lake, Manchester City, Valerenga e Sampdoria), empataram com o Real Madrid e perderam apenas para o Barcelona.

 

As prováveis escalações

Real Madrid: Keylor Navas; Achraf Hakimi, Sergio Ramos, Nacho e Theo Hernández; Isco, Llorente e Toni Kroos; Lucas Vázquez, Borja Mayoral e Asensio. Técnico: Zinedine Zidane.

Manchester United: De Gea; Antonio Valencia, Daley Blind, Victor Lindëlof e Chris Smalling; Paul Pogba, Marcus Rashford e Michael Carrick; Jesse Lingard, Romelu Lukaku e Henrikh Mkhitaryan. Técnico: José Mourinho.

 

O palco da final

A Arena Philip II (ou Estádio Municipal de Skopje) tem capacidade para 33.460 pessoas sentadas. Ela foi inaugurada em 1947 e completamente reformada em 2011.

Além de receber grandes espetáculos futebolísticos, como algumas finais da Copa da Macedônia, é também a casa de concertos mais importante da nação. Carlos Santana, entre muitos outros, já se apresentaram ali.

 

Palpite

Apesar de muitos especialistas apontarem o Real Madrid como franco favorito a ficar com a medalha de ouro da Supercopa, tendo a discordar deles.

Primeiro, é preciso dizer que são duas grandes equipes, com jogadores de renome mundial, que poderiam fazer parte de qualquer um dos quadros mais importantes e ricos da Terra.

Segundo, é preciso atentar ao fato de que ambos estão ainda em fase de preparação para a temporada 2017/18. Apesar de valer um título oficial, os atletas não estão na melhor de suas formas físicas, muito provavelmente evitarão divididas mais fortes e alguns titulares podem não entrar em campo. É o caso de Cristiano Ronaldo, que participou da Copa das Confederações e cujo retorno ao Real Madrid ainda é uma incógnita.

Para fechar, fica a dúvida se os novos contratados já assimilaram os ensinamentos de seus novos comandantes.

Se este jogo acontecesse no final da temporada passada, eu concordaria com o Real Madrid como provável ganhador. Em amistoso recente nos Estados Unidos, eles empataram e os ingleses ganharam nos pênaltis.

Prevejo 1 a 1.

 

Final

  • Terça-feira, 08 de agosto:
  • 15h45: Real Madrid x Manchester United – palpite: empate.

 

Os Campeões

  • 1972 – Ajax
  • 1973 – Ajax
  • 1974 – —-
  • 1975 – Dínamo de Kiev
  • 1976 – Anderlecht
  • 1977 – Liverpool
  • 1978 – Anderlecht
  • 1979 – Nottingham Forest
  • 1980 – Valencia
  • 1981 – —-
  • 1982 – Aston Villa
  • 1983 – Aberdeen
  • 1984 – Juventus
  • 1985 – —-
  • 1986 – Estrela de Bucareste
  • 1987 – Porto
  • 1988 – Mechelen
  • 1989 – Milan
  • 1990 – Milan
  • 1991 – Manchester United
  • 1992 – Barcelona
  • 1993 – Parma
  • 1994 – Milan
  • 1995 – Ajax
  • 1996 – Juventus
  • 1997 – Barcelona
  • 1998 – Chelsea
  • 1999 – Lazio
  • 2000 – Galatasaray
  • 2001 – Liverpool
  • 2002 – Real Madrid
  • 2003 – Milan
  • 2004 – Valencia
  • 2005 – Liverpool
  • 2006 – Sevilla
  • 2007 – Milan
  • 2008 – Zenit São Petersburgo
  • 2009 – Barcelona
  • 2010 – Atlético de Madrid
  • 2011 – Barcelona
  • 2012 – Atlético de Madrid
  • 2013 – Bayern de Munique
  • 2014 – Real Madrid
  • 2015 – Barcelona
  • 2016 – Real Madrid

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar