Ganhador.com

UFC

Quem deve ser o próximo rival de Anderson Silva no UFC?

Foto: AP Photo/Frank Franklin II

Depois da vitória contra Derek Brunson, na decisão dos juízes, pelo UFC 208, realizado em Nova York (EUA), Anderson Silva deve tirar férias, ficar com a família, descansar e talvez só voltar ao octógono em alguns meses. Mas nada disso nos impede de projetar qual seria o adversário ideal para o retorno de Spider ao octógono.

Aos 41, o ex-campeão do UFC parece estar em um nível abaixo dos atletas top 5 da categoria dos médios. Mas ainda assim, devido a sua expressividade no mundo das lutas, nada impede que ele os enfrente. Além das possibilidades na categoria dos médios, três lutadores interessam ao brasileiro fora da divisão: Georges St. Pierre, Conor McGregor e Nick Diaz.

Os possíveis próximos rivais de Anderson Silva:

 

Michael Bisping

Atual campeão dos médios, Spider enfrentou o inglês em fevereiro do ano passado, em Londres (ING), na talvez luta mais polêmica do ano. Depois de nocautear o rival no terceiro round ao soar do gongo, o juiz não interrompeu a luta e o brasileiro acabou superado na decisão dos juízes após cinco rounds apertados. Anderson já declarou que quer fazer uma revanche com o inglês bem longe da Inglaterra, mas o atual campeão já tem alguns compromissos na fila.

 

Conor McGregor

Apesar de não demonstrar um interesse claro em reconquistar o cinturão do UFC, Anderson afirmou antes do UFC 208 que gostaria muito de testar suas habilidade marciais com o maior astro da companhia na atualidade, que na opinião dele é o melhor striker do evento. Seria um combate épico, o problema é que Spider luta na divisão dos médios (até 84kg), e Conor, apesar de ter lutador nos penas (65kg) e se tornar campeão dos leves (71kg) por mais ousado que seja, o mais longe que chegou foi na divisão dos meio-médios (77kg). Acho que a única possibilidade seria o brasileiro descer para os meio-médios, o que seria inacreditável, já que ele tem tamanho e já até lutou pelos meio-pesados (93kg).

 

Vitor Belfort

Essa luta é sonhada pelos fãs há anos. Ambos sempre se esquivam quando questionados a respeito de uma revanche. O assunto voltou a ganhar força recentemente. Eles estão em fase parecida na carreira, um reencontro faria sentido, mas não me parece uma missão fácil para o UFC negociar esse duelo. Trata-se dos dois maiores nomes do Brasil no MMA e, para início de conversa, essa luta custaria caro e teria que acontecer no país, diante dos olhares dos torcedores brasileiros.

 

Chris Weidman

Embora o americano tenha vencido Anderson duas vezes – uma delas mais por conta da traumática lesão de Spider – uma trilogia seria interessante. Weidman não tem apresentado a mesma performance de anos atrás e certamente seria do interesse do brasileiro entrar no mesmo octógono que o único homem do mundo que conseguiu vencê-lo duas vezes.

 

Nick Diaz

Apesar da vitória no primeiro confronto, Spider também já expressou o desejo de uma revanche com Diaz. Como sua vitória na decisão foi revertida para “sem resultado” após os flagras de ambos no antidoping – um por anabolizantes e outro por maconha – um novo confronto seria interessante. Atende ao desejo de Spider de seguir fazendo o que ama em duelos intrigantes e seria altamente vendável por reunir dois dos maiores astros do UFC.

 

Georges Saint Pierre

Uma superluta com o ex-campeão dos meio-médios do UFC sempre esteve no radar de Spider. O problema é que o retorno de GSP ao octógono parece longe. Apesar de demonstrar interesse em voltar, o canadense parece esbarrar em questões contratuais com a direção do UFC. Recentemente, ele chegou a anunciar uma briga judicial com o Ultimate para poder se livrar do contrato em vigor e se tornar um free agent (agente livre) para negociar com outras organizações.

 

Gegard Mousasi, Luke Rockhold e Robert Whittaker

Esses três nomes são lutas competitivas que cabem a Spider no futuro. O brasileiro pode até não ter mais o cinturão da categoria como ambição, mas também não faz muito sentido buscar um rival que esteja abaixo dele na categoria – atualmente, ele é o sétimo colocado no ranking dos médios. Após Brunson (9º), no máximo um duelo com Uriah Hall (13º) pode lhe deixar interessado, já que ambos se enfrentariam em maio do ano passado, mas por conta de uma cirurgia de Spider a luta teve de ser cancelada. Mousasi, Rockhold e Whittaker seriam combates interessantes para Spider. Seria um passo para frente, mas não muito cumprido, bem no tempo que o brasileiro parece caminhar atualmente.

Na sua opinião, qual deve ser o próximo rival de Anderson Silva no UFC? Deixe a sua opinião nos comentários abaixo.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar