Ganhador.com

Brasileirão Série A

Prognóstico para Atlético-MG x Cruzeiro, clássico da 11ª rodada do Brasileirão 2017

Foto: Bruno Cantini/Atlético

Confronto de gigantes ocorre no Estádio Independência, onde o Galo é sempre favorito

O grande jogo do futebol brasileiro neste fim de semana muito provavelmente vai vir de Belo Horizonte, onde Atlético-MG e Cruzeiro vão medir forças em duelo válido pela 11ª rodada do Brasileirão 2017. A partida será no Estádio Independência, no bairro do Horto, onde a fanática torcida do Galo promete transformar o estádio em um verdadeiro caldeirão para perturbar o esforçado time do Cruzeiro.

   

PRATICAMENTE UM CONFRONTO DIRETO

Cruzeiro e Atlético-MG estão bem próximos entre si na classificação. A Raposa soma 14 pontos e ocupa o décimo lugar, enquanto o Galo até aqui é o 14º, com 13 pontos conquistados e com a necessidade de subir na tabela.

A partida marca a volta do Cruzeiro ao Estádio Independência quase dois meses depois de ser vice-campeão mineiro. O time está bem animado com o ataque. O quarteto ofensivo escalado por Mano Menezes tem mostrado ótimo rendimento. Juntos, Robinho, Thiago Neves, Alisson e Rafael Sobis registraram oito gols em três jogos – 3×3 contra Grêmio, 3×3 ante o Palmeiras e um 2×0 sobre o Coritiba.

Algo que está caracterizando este novo Cruzeiro é o grande volume de jogo e a posse de bola. Isso foi visto no primeiro tempo contra o Palmeiras, quando a equipe fez a sua melhor atuação recente ao marcar três gols e envolver o atual campeão brasileiro.

Outra solicitação de Mano Menezes é para o seu ataque “rodar”. Ou seja – todos os homens de frente se movimentam bastante, confundindo a defesa e aumentando as chances de gol. Tal variação se vê também no desempenho recente dos jogadores. Desses oito gols, três foram de Thiago Neves, dois de Robinho, dois de Rafael Sobis e um de Alisson.

   

UMA PREOCUPAÇÃO CHAMADA DEFESA

Se melhorou no ataque, o Cruzeiro deixou mais fraco o seu sistema defensivo, algo que não combina com a trajetória bastante conservadora de Mano Menezes em sua carreira até aqui.

Nem é preciso ir muito longe para se certificar que os zagueiros do Cruzeiro estão frágeis especialmente no jogo aéreo. Os dois 3×3, contra Grêmio e Palmeiras, são ótimos exemplos disso. É difícil demais uma equipe fazer três gols contra adversários fortes como esses dois. Mas o esforço de nada adianta se os homens de defesa não acompanharem o espírito de luta e o oportunismo dos atacantes.

Tal dificuldade vai ficar ainda mais latente contra o Atlético-MG, que conta, afinal, com atacantes badalados e extremamente competentes. Fred, Robinho e Cazares são alguns dos atletas que hoje vestem a camisa do Galo e que têm totais condições de brilhar em muitas das equipes do continente.

   

A VOLTA DO SISTEMA VENCEDOR NO ATLÉTICO

Extenuado em meio às disputas também da Copa do Brasil e da Libertadores, o Atlético sabe que este 2 de julho é um campeonato à parte na história do clube por se tratar de um grande clássico contra o seu maior rival. E isso deve se refletir no desenho tático do Galo em campo.

O técnico Roger Machado testou diversas formações nesta temporada.  E nenhuma delas lhe agradou tanto quanto o sistema com três volantes de ofício, casos de Rafael Carioca, Adilson e Elias. O sistema 4-2-3-1 pode voltar a campo neste domingo contra o Cruzeiro com a escalação de Roger Bernardo no lugar do suspenso Rafael Carioca.

Algo que tem embaralhado a cabeça do treinador é a boa fase do meia-atacante Luan, que está rendendo muito bem na direita e está deixando no ar a possibilidade de escalar apenas dois volantes, que seriam escolhidos entre Elias, Roger Bernardo ou Adilson.

   

PROGNÓSTICO

O Cruzeiro chega com mais fôlego. Afinal, jogou um dia antes do Atlético na Copa do Brasil. O 3×3 contra o Palmeiras ocorreu na noite de quarta, enquanto o 1×0 do Galo sobre o Botafogo ocorreu na noite de quinta.

E há também a Libertadores. O Atlético tem diante de si logo na quarta-feira o mata-mata contra o Jorge Wilstermann, na Bolívia, e é provável que em determinado momento as pernas pesem ou a opção de poupar jogadores seja a mais coerente – até mesmo no time titular, se Roger Machado assim escolher.

Mas há a mística do Galo nesses clássicos. E é nela que nos agarramos para cravar o arrojado palpite deste domingo: Atlético-MG 3×2 Cruzeiro. E para você? O que dá em Belo Horizonte?

   

JOGOS DA 11ª RODADA DO BRASILEIRÃO 2017:

SÁBADO, 1º DE JULHO

  • 16h00: Palmeiras x Grêmio – Palpite: Palmeiras 1×1 Grêmio
  • 19h00: Atlético-GO x Santos – Palpite: Atlético-GO 1×3 Santos

DOMINGO, 2 DE JULHO

  • 16h00: Atlético-MG x Cruzeiro – Palpite: Atlético-MG 3×2 Cruzeiro
  • 16h00: Corinthians x Botafogo – Palpite: Corinthians 4×2 Botafogo
  • 16h00: Flamengo x São Paulo – Palpite: Flamengo 2×0 São Paulo
  • 16h00: Sport x Atlético-PR – Palpite: Sport 2×1 Atlético-PR
  • 19h00: Avaí x Ponte Preta – Palpite: Avaí 0x0 Ponte Preta
  • 19h00: Coritiba x Vasco – Palpite: Coritiba 2×2 Vasco
  • 19h00: Vitória x Bahia – Palpite: Vitória 1×2 Bahia

SEGUNDA-FEIRA, 3 DE JULHO

  • 20h00: Fluminense x Chapecoense – Palpite: Fluminense 1×0 Chapecoense

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar