Ganhador.com

Brasileirão Série A

Ponte Preta perde de virada para o Vitória e disputará a Série B em 2018; confira o resumo da 37ª rodada do Brasileirão

Torcida invade o gramado, enfrenta a polícia e vê o alvinegro de Campinas ser rebaixado para a Série B

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Por falta de segurança, o jogo contra o Vitória em Campinas foi encerrado antes dos 90 minutos.

Num final de semana de poucas emoções, a queda da Macaca revoltou a torcida campineira e colocou uma mácula no currículo de Eduardo Baptista que em cerca de um ano foi de técnico cobiçado a grande decepção da temporada. Com o tropeço do Coritiba diante do São Paulo, 4 clubes chegam à 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro da Série A com chances de ficarem com uma das 2 vagas restantes para a Série B de 2018: Vitória, Coritiba, Sport (que venceu o Fluminense na abertura da rodada) e Avaí.

 

Ponte Preta 2 x 3 Vitória

Após um começo arrasador que lhe deu a vantagem de 2 a 0 no placar nos primeiros 15 minutos de jogo, a Ponte Preta perdeu o rumo após a expulsão infantil do zagueiro Rodrigo – que entrou na pilha do Vitória e agrediu o atacante Tréllez – aos 19 minutos do primeiro tempo. Com um jogador a menos por mais de 60 minutos, a Macaca não teve forças para segurar a reação do rubro-negro no segundo tempo.

Logo no início da etapa final, o Vitória diminuiu com André Lima. Pouco depois, Tréllez aproveitou desvio na zaga para empatar. A Ponte recuou e tentou segurar o resultado até que aos 36 minutos, Tréllez, novamente, aproveitou um contra-ataque rápido para decretar a virada do Vitória.

Aos 38 minutos do segundo tempo, a torcida da Macaca derrubou uma das grades do alambrado e invadiu o campo. Assustados, os atletas dos dois times correram para os vestiários enquanto que os torcedores entravam em confronto com a PM. Foram precisos 50 minutos para que a situação no estádio fosse controlada, mas, diante da total falta de segurança para dar andamento ao jogo, o árbitro decretou o fim da partida com a derrota e consequente rebaixamento da Ponte Preta.

O resultado deixa o Vitória na 15ª colocação com 43 pontos e dependendo apenas de suas forças contra o Flamengo na última rodada para seguir na Série A em 2018.

 

Avaí 1 x 0 Atlético-PR

Em outra partida importante para a definição do Z-4, o Avaí conquistou um grande resultado ao vencer em casa o Atlético-PR por 1 a 0.

Pressionando desde o início, a equipe catarinense foi mais eficiente no primeiro tempo e martelou a defesa paranaense até que Maicon, aos 15 minutos, recebeu na área e bateu colocado, sem chances para Wéverton. O Atlético tentou reagir aos 20 minutos com Coutinho numa cabeçada à queima-roupa defendia por Douglas. Depois disso o jogo caiu de produção e não teve emoções até o final da primeira etapa.

O Furacão voltou mais ofensivo no segundo tempo e viu o lateral Fabrício isolar um pênalti para alegria da torcida catarinense que, tensa com o jogo aberto – as duas equipes criaram boas oportuidades –, só respirou aliviada com o apito final.

O resultado deixa o Avaí com chances matemáticas de escapar do rebaixamento na última rodada – mas precisando vencer e dependendo de outros resultados. Para o Atlético-PR, a derrota põe fim ao sonho de conseguir chegar à pré-Libertadores de 2018.

 

Coritiba 1 x 2 São Paulo

O Coritiba também conseguiu entrar na lista de times que se complicaram na rodada ao perder de virada para o São Paulo na tarde de ontem.

Jogando mais leve depois de conseguir garantir sua permanência na Série A o São Paulo impôs a maior qualidade de seu time no Couto Pereira, mas os donos da casa sairam na frente aos 40 minutos do primeiro tempo em um pênalti errôneamente marcado pelo árbitro Anderson Daronco.

No segundo tempo o tricolor paulista dominou o Coxa e com gols de Éder Militão, aos 22, e de Matheus Galdezani (contra) aos 26 conquistou a virada que lhe dá vaga na próxima edição da Copa Sul-Americana.

O Coritiba que precisava da vitória para afastar de vez qualquer possibilidade de rebaixamento, enfrenta agora a Chapecoense na Arena Condá, precisando da vitória para seguir na Série A.

 

Corinthians 2 x 2 Atlético-MG

Depois de ver seus reservas levarem um “baile” por 3 a 0 do Flamengo na rodada anterior, o Corinthians foi para o jogo de ontem com sua equipe titular e, mais ligado, fez um jogo digno de campeão contra o Atlético-MG, que saiu na frente em uma cobrabça de falta perfeita de Otero aos 28 minutos.

Jadson, ainda no primeiro tempo e também de falta, empatou (35 minutos). Marquinhos Gabriel, que entrou no segundo tempo no lugar de Camacho, colocou o Timão na frente com um belo gol aos 12 e Fred, aos 19, aproveitou boa assistência (escanteio) de Otero para empatar o jogo e, aos 22, perdeu o gol mais feito do duelo e que poderia ter dado o triunfo ao Galo.

Campeão há mais de 10 dias, o Corinthians só queria saber de pegar a taça e dar a volta olímpica diante de sua torcida. Não foi com vitória, mas foi com uma apresentação digna de um campeão. O Galo, por sua vez, deixou escapar mais uma chance de se aproximar do G-7 e chega à última rodada precisando vencer o Grêmio – o que não deve ser um problema se o tricolor gaúcho erguer a Libertadores nesta quarta-feira – e ainda torcer por tropeços de seus concorrentes diretos (Vasco, Botafogo e Chapecoense). Não está impossível, mas ficou muito difícil.

 

Grêmio 1 x 1 Atlético-GO

Sem nenhum interesse no Brasileirão e poupando inclusive alguns reservas, o Grêmio mandou a campo uma equipe pra lá de alternativa para enfrentar o rebaixado Atlético-GO em sua última partida do ano em Porto Alegre.

Focado apenas no jogo da próxima quarta-feira contra o Lanús que pode lhe dar título de Campeão da Copa Libertadores de 2017, o Imortal saiu atrás no placar aos 24 minutos do segundo tempo – depois de uma primeira etapa ruim e sonolenta. 2 minutos depois, o garoto Lucas Poletto, que havia entrado na vaga de Cristian no intervalo, empatou para os donos da casa. E foi só. Sem nada mais a buscar no Brasileiro (o Grêmio ainda corre atrás de um bom prêmio em dinheiro) os dois times fizeram um segundo tempo mais animado que o primeiro depois dos gols, mas perigo mesmo não houve.

 

Flamengo 1 x 2 Santos

Com Alex Muralha novamente no gol após a contusão de Diego Alves no primeiro jogo da semifinal da Copa Sul-Americana na última quinta-feira, o Flamengo voltou a testar os limites da paciência de sua torcida na Ilha do Urubu e sob gritos de “time sem-vergonha” (além de coros que pediam a contratação do ex-jogador em atividade Adriano “Imperador”), perdeu para o Santos por 2 a 1. E, como não poderia deixar de ser, os 2 gols santistas nasceram em falhas de Muralha que viajará até a Colômbia com toda a pressão do mundo em suas costas (isso se ele for escalado como titular por Reinaldo Rueda nesta quinta-feira).

E, por mais maluco que isso possa parecer, o Flamengo foi superior ao Santos durante todo o jogo e saiu na frente com Lucas Paquetá no primeiro tempo. Mas, 4 minutos após abrir o placar, numa falha de Muralha, tomou o empate na finalização de Bruno Henrique. Sem dar chances ao Peixe, o rubro-negro voltou para o segundo tempo ainda mais disposto a conquistar os 3 pontos até que Alex Muralha mostrou mais uma vez porque a torcida pede – agora com certa razão – sua saída do clube: nova falha (ainda mais bizarra que a primeira) em chute despretensioso de Arthur Gomes decretou a derrota do Urubu que ainda teve a chance de empatar em seguida com Lucas Paquetá.

O resultado garante o Santos no G-4 e pode ameaçar o Flamengo no G-7. 6º colocado com 53 pontos, o time da Gávea pode ser ultrapassado pelo Botafogo que joga hoje contra o Palmeiras no Allianz Parque e chegar para o duelo de volta das semifinais da Copa Sul-Americana ainda mais pressionado pelos resultados de uma temporada, até aqui, muito mais que decepcionante.

 

Cruzeiro 0 x 1 Vasco

O Vasco finalmente aproveitou uma chance de  se aproximar do G-7 e com o gol de Paulão e grandes defesas de Martín Silva, chegou aos 53 pontos, assumiu a 7ª posição e agora torce por uma derrota do Botafogo hoje contra o Palmeiras para depender apenas de si para garantir vaga na Copa Libertadores de 2018.

O Cruzeiro por sua vez, sem ter com que se preocupar uma vez que, como campeão da Copa do Brasil, já garantiu seu lugar na competição continental no ano que vem, segue em 5º lugar e fazendo experiências de olho em 2018.

 

Bahia 0 x 1 Chapecoense

Após fazer um primeiro tempo com um “domínio ineficiente”, o Bahia foi para os vestiários, merecidamente, atrás no placar na Fonte Nova. A Chapecoense, com menos posse de bola e muito mais objetividade, conquistou a vantagem com Wellington Paulista.

O Bahia voltou muito melhor para o segundo tempo e trocou o excesso de toque lateral por um jogo mais vertical. Mas o futebol pune e o primeiro tempo preguiçoso irritou os deuses do futebol. Aos 10 minutos, Edigar Junio cobrou pênalti na trave. Mendoza também perdeu uma chance clara de gol e Junio, em seguida, mais uma. Sentindo o perigo, a Chape se fechou na defesa, bloqueou o espacos e gastou o tempo como pôde à espera do apito final.

O resultado mantém a Chapecoense na briga por uma vaga na Libertadores – está a 2 pontos do Vasco, 7º colocado com 53. O Bahia, por outro lado dá adeus a qualquer possibilidade de chegar ao G-7 e concentra-se em garantir uma vaga na Copa Sul-Americana de 2018.

 

Jogos, Palpites e Resultados da 37ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2017

Sábado, 25 de novembro

  • 17:00 – Fluminense 1 x 2 Sport – meu palpite foi: Fluminense

Domingo, 26 de novembro

  • 17:00 – Avaí 1 x 0 Atlético-PR – meu palpite foi: Avaí
  • 17:00 – Corinthians 2 x 2 Atlético-MG – meu palpite foi: Corinthians
  • 17:00 – Coritiba 1 x 2 São Paulo – meu palpite foi: Empate
  • 17:00 – Cruzeiro 0 x 1 Vasco – meu palpite foi: Cruzeiro
  • 17:00 – Grêmio 1 x 1 Atlético-GO – meu palpite foi: Atlético-GO
  • 17:00 – Ponte Preta 2 x 3 Vitória – meu palpite foi: Ponte Preta
  • 19:00 – Bahia 0 x 1 Chapecoense – meu palpite foi: Bahia
  • 19:00 – Flamengo 1 x 2 Santos – meu palpite foi: Santos

Segunda-feira, 27 de novembro

  • 20:00 – Palmeiras x Botafogo – Palpite: Empate

Comentários

2 Comentários

2 Comentários

  1. Pingback: Com o 4º goleiro em campo, Flamengo buscará a classificação para a final da Sul-Americana na Colômbia | Ganhador.com

  2. Pingback: Vasco encara a Ponte por uma vaga na Libertadores | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar