Ganhador.com

Paulista A1

Ponte Preta e Corinthians abrem final do Paulistão; veja prognóstico

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians / Divulgação

Primeiro jogo será domingo, em Campinas, onde Ponte venceu Santos e Palmeiras no mata-mata

Quarenta anos depois de uma final histórica, um dos momentos mais importantes da história do Corinthians, o clube da capital reencontra a Ponte Preta na decisão do Campeonato Paulista.

Em 1977, o Corinthians quebrou um jejum de 23 anos sem títulos quando venceu a Ponte no Morumbi, gol de Basílio e muita polêmica. Em 79, os times voltaram a se reencontrar na final do Paulista, novamente com vitória do Corinthians sobre a que talvez tenha sido a melhor Ponte Preta da história.

Recentemente, houve alguns duelos entre os times pelas quartas de final do Paulistão. Em 2012, deu Ponte sobre o time corintiano que seria depois campeão da Libertadores e do Mundial. Em 2013 e 2015, deu Corinthians.

Raras foram as partidas decisivas (especialmente contra grandes do Estado) em que a Ponte Preta conseguiu jogar em seu estádio, o Moisés Lucarelli, na busca do primeiro título de sua história centenária. É uma ocasião especial, e a torcida transformará o estádio em um verdadeiro caldeirão em Campinas.

No mata-mata, a Macaca venceu o Santos por 1 a 0 e o Palmeiras por 3 a 0 em casa. Depois, perdeu fora por 1 a 0 para os mesmos rivais (contra o Santos, avançou nos pênaltis). Em março, pela primeira fase, Ponte e Corinthians empataram por 1 a 1 em Campinas.

São dois times que jogam de forma parecida. Sistema defensivo sólido, buscando transição rápida para o ataque quando toma a bola do adversário. Criar volume de jogo tem sido o grande problema do Corinthians na temporada, e a Ponte se adaptou bem ao estilo proposto pelo técnico Gilson Kleina, que assumiu no meio do campeonato.

O Corinthians conta com o passe de Jadson e Rodriguinho para habilitar Jô, que brilhou nos jogos grandes este ano. A Ponte sempre tenta acionar Pottker, pretendido pelo Corinthians no começo do ano, mas negociado com o Inter de Porto Alegre. O atacante é um dos artilheiros do campeonato.

A arbitragem, fator sempre citado pelos ponte-pretanos quando lembram das finais de 77 e 79, será importante mais uma vez. O Corinthians tem oito jogadores pendurados para a partida de volta. Uma arbitragem mais ou menos dura pode determinar o andamento da decisão.

A grande aposta é para um primeiro jogo de poucos gols. Vitória de 1 a 0 para um dos lados, talvez um empate sem gols ou por 1 a 1. Ninguém vai querer colocar tudo a perder no jogo de vida.

Para meu prognóstico, apostarei no fator casa e a magia criada em torno dos jogos da Ponte contra os grandes neste Paulistão. Ponte Preta 1 x 0 Corinthians.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar