NHL

Pittsburgh Penguins bicampeão da NHL de 2016/2017!

Foto: Justin K. Aller/Getty Images

Foi o quinto título da história da franquia.

Um título histórico! O Pittsburgh Penguins faturou o bicampeonato consecutivo, o quinto título de sua história, justamente no ano em que a NHL completou sua centésima edição.

 

Como foi a temporada 2016/17?

A primeira edição da Liga Nacional de Hóquei aconteceu em 1915. No entanto, em 1919 e em 2005, não foi disputada. Por isso, a temporada 2016/17 marca o centenário da competição.

Na temporada regular, cada uma das 30 franquias da NHL (23 dos Estados Unidos e sete do Canadá) disputou 82 partidas. A melhor campanha no geral foi do Washington Capitals, que somou 118 pontos (55 vitórias, 19 derrotas e 8 revezes na prorrogação). Este desempenho lhe valeu o Troféu dos Presidentes, além dos títulos da Conferência Leste e da Divisão Metropolitana.

Ainda pela Conferência Leste, Pittsburgh Penguins, Columbus Blue Jackets, Montreal Canadiens, Ottawa Senators, Boston Bruins, New York Rangers e Toronto Maple Leafs se classificaram para os Playoffs.

Na Conferência Oeste, o Chicago Blackhawks conquistou o título. Além dele, Minnesota Wild, St. Louis Blues, Anaheim Ducks, Edmonton Oilers, San Jose Sharks, Calgary Flames e Nashville Predators garantiram presença na briga pelo título do certame.

Os eliminados foram New York Islanders, Tampa Bay Lightning, Philadelphia Flyers, Carolina Hurricanes, Florida Panthers, Detroit Red Wings, Buffalo Sabres, New Jersey Devils, Winnipeg Jets, Los Angeles Kings, Dallas Stars, Arizona Coyotes, Vancouver Canucks e Colorado Avalanche, o pior time do ano.

Nos playoffs pela Copa Stanley, o Washington Diplomats eliminou o Toronto Maple Leafs por 4 jogos a 2 mas foi surpreendentemente batido pelo Pittsburgh Penguins na segunda rodada por 4 a 3.

Aliás, a representação da Pensilvânia chegou à decisão com a segunda melhor campanha na temporada regular e por ter passado por Columbus Blue Jackets (4 a 1), Washington Diplomats (já dito acima) e Ottawa Senators por 4 a 3.

Já o Nashville Predators foi a agremiação de pior performance a chegar no mata-mata. O time do Tennessee soube crescer na hora decisiva e ganhou de Chicago Blackhawks (4 a 0), St. Luis Blues (4 a 2) e Anaheim Ducks (4 a 2).

 

As Finais

A final da Copa Stanley (ou Stanley Cup) foi disputada pela segunda melhor equipe da fase de classificação contra a décima-sexta, que se tornou a grande surpresa dos playoffs e chegou até onde ninguém esperava.

Nos cinco primeiros compromissos da finalíssima, ganhou sempre quem atuou diante de sua torcida. No sexto capítulo, o Pittsburgh Penguins ignorou o fator mando de quadra, venceu o Nashville Predators por 2 a 0 e pôde receber o troféu mais desejado do hóquei no gelo mundial.

No sexto embate, o jogo foi bastante equilibrado. Se os locais haviam feito 5 a 1 e 4 a 1 nas batalhas 3 e 4, desta vez isso não iria acontecer. Muito focado, o Pittsburgh Penquins neutralizou as ações de seu rival e foram inclusive ligeiramente superiores. Vale comentar que no início do duelo, um bagre foi arremessado em quadra. Este peixe é o símbolo da instituição de Nashville e teoricamente daria sorte.

No segundo período, os donos da casa equilibraram as forças, empurrados pela fanática torcida, que lotou a arena. No último tempo, a disposição e a tática dos de Tennessee fluíam melhores. Os de amarelo eram mais perigosos.

Foi num puck respingado para trás da baliza, sem muitas pretensões que o ala direito sueco Patric Hörnqvist usou a inteligência para tabelar com as costas do goleiro Pekka Rinne e marcar o gol que definiria a peleja e o título da temporada. O curioso é que o autor do tento, foi descoberto no Djugardens escandinavo pelo Nashville Predators, por onde atuou até 2013/14.

No desespero, a poucos segundos do apito final, Carl Hagelin aproveitou um contra-ataque sem goleiro, para calar de vez a Bridgestone Arena. A muitos quilômetros dali, a PPG Paints Arena vinha abaixo. Ela estava lotada de fãs dos Pinguins que assistiam à partida pelo telão.

Ano passado, diante do San Jose Sharks, o troféu também foi levantado longe de seus domínios. O sexto enfrentamento terminou 3 a 1, em 12 de junho de 2016.

O clube da Pensilvânia pôde comemorar a quinto Copa Stanley de sua história, repetindo os feitos de 1990/91, 1991/92, 2008/09 e 2015/16.

 

Outras curiosidades do ano

A principal novidade foi o anúncio que a NHL aprovou a entrada do Vegas Golden Knights a partir da temporada 2017/18.

O All-Star Game aconteceu em Los Angeles e o selecionado da Divisão Metropolitana ficou com a taça.

A temporada regular contou com quatro pelejas ao ar-livre, onde se aproveitou o rigoroso inverno da América do Norte.

 

Finais da AHL

A American Hockey League, principal liga de acesso à NHL, está em sua grande decisão. Grand Rapids Griffins, de Michigan, e Syracuse Crunch, de Nova York, decidem a Copa Calder. Na melhor de sete partidas, a liderança é do Grand Rapids Griffins por 3 a 2.

 

Finais:

  • 29 de maio: Pittsburgh Penguins 5×3 Nashville Predators
  • 31 de maio: Pittsburgh Penguins 4×1 Nashville Predators
  • 03 de junho: Nashville Predators 5×1 Pittsburgh Penguins
  • 05 de junho: Nashville Predators 4×1 Pittsburgh Penguins
  • 08 de junho: Pittsburgh Penguins 6×0 Nashville Predators
  • 11 de junho: Nashville Predators 0x2 Pittsburgh Penguins

    

Os Campeões:

  • 1915 – Vancouver Millionaires
  • 1916 – Montreal Canadiens
  • 1917 – Seattle Metropolitans
  • 1918 – Toronto Arenas
  • 1919 – —-
  • 1920 – Ottawa Senators
  • 1921 – Ottawa Senators
  • 1922 – Toronto St. Pats
  • 1923 – Ottawa Senators
  • 1924 – Montreal Canadiens
  • 1925 – Victoria Cougars
  • 1926 – Montreal Canadiens
  • 1927 – Ottawa Senators
  • 1928 – New York Rangers
  • 1929 – Boston Bruins
  • 1930 – Montreal Canadiens
  • 1931 – Montreal Canadiens
  • 1932 – Toronto Maple Leafs
  • 1933 – New York Rangers
  • 1934 – Chicago Black Hawks
  • 1935 – Montreal Maroons
  • 1936 – Detroit Red Wings
  • 1937 – Detroit Red Wings
  • 1938 – Chicago Black Hawks
  • 1939 – Boston Bruins
  • 1940 – New York Rangers
  • 1941 – Boston Bruins
  • 1942 – Toronto Maple Leafs
  • 1943 – Detroit Red Wings
  • 1944 – Montreal Canadiens
  • 1945 – Toronto Maple Leafs
  • 1946 – Montreal Canadiens
  • 1947 – Toronto Maple Leafs
  • 1948 – Toronto Maple Leafs
  • 1949 – Toronto Maple Leafs
  • 1950 – Detroit Red Wings
  • 1951 – Toronto Maple Leafs
  • 1952 – Detroit Red Wings
  • 1953 – Montreal Canadiens
  • 1954 – Detroit Red Wings
  • 1955 – Detroit Red Wings
  • 1956 – Montreal Canadiens
  • 1957 – Montreal Canadiens
  • 1958 – Montreal Canadiens
  • 1959 – Montreal Canadiens
  • 1960 – Montreal Canadiens
  • 1961 – Chicago Black Hawks
  • 1962 – Toronto Maple Leafs
  • 1963 – Toronto Maple Leafs
  • 1964 – Toronto Maple Leafs
  • 1965 – Montreal Canadiens
  • 1966 – Montreal Canadiens
  • 1967 – Toronto Maple Leafs
  • 1968 – Montreal Canadiens
  • 1969 – Montreal Canadiens
  • 1970 – Boston Bruins
  • 1971 – Montreal Canadiens
  • 1972 – Boston Bruins
  • 1973 – Montreal Canadiens
  • 1974 – Philadelphia Flyers
  • 1975 – Philadelphia Flyers
  • 1976 – Montreal Canadiens
  • 1977 – Montreal Canadiens
  • 1978 – Montreal Canadiens
  • 1979 – Montreal Canadiens
  • 1980 – New York Islanders
  • 1981 – New York Islanders
  • 1982 – New York Islanders
  • 1983 – New York Islanders
  • 1984 – Edmonton Oilers
  • 1985 – Edmonton Oilers
  • 1986 – Montreal Canadiens
  • 1987 – Edmonton Oilers
  • 1988 – Edmonton Oilers
  • 1989 – Calgary Flames
  • 1990 – Edmonton Oilers
  • 1991 – Pittsburgh Penguins
  • 1992 – Pittsburgh Penguins
  • 1993 – Montreal Canadiens
  • 1994 – New York Rangers
  • 1995 – New Jersey Devils
  • 1996 – Colorado Avalanche
  • 1997 – Detroit Red Wings
  • 1998 – Detroit Red Wings
  • 1999 – Dallas Stars
  • 2000 – New Jersey Devils
  • 2001 – Colorado Avalanche
  • 2002 – Detroit Red Wings
  • 2003 – New Jersey Devils
  • 2004 – Tampa Bay Lightning
  • 2005 – —-
  • 2006 – Carolina Hurricanes
  • 2007 – Anaheim Ducks
  • 2008 – Detroit Red Wings
  • 2009 – Pittsburgh Penguins
  • 2010 – Chicago Blackhawks
  • 2011 – Boston Bruins
  • 2012 – Los Angeles Kings
  • 2013 – Chicago Blackhawks
  • 2014 – Los Angeles Kings
  • 2015 – Chicago Blackhawks
  • 2016 – Pittsburgh Penguins
  • 2017 – Pittsburgh Penguins

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar