Ganhador.com

Copa Sul-Americana

Para cima do freguês! Flamengo vai com Diego e Guerrero atacar a Chapecoense na Sul-Americana

Foto: Leo Correa / AP Photo

Rubro-negro tem excelente retrospecto na Arena Condá

A Copa é Sul-Americana, mas o confronto é brasileiro – entre Chapecoense e Flamengo. O duelo vale vaga nas quartas de final da competição e também um pouco de tranquilidade no ambiente dos dois clubes, que não vivem um bom momento.

 

Para encontrar a paz

Com a demissão de Zé Ricardo e a chegada de Reinaldo Rueda, o Flamengo ganhou alguns dias de paz. O começo do colombiano foi bem positivo, com uma classificação sobre o Botafogo e duas vitórias no Brasileirão. No entanto, a fraca atuação na final da Copa do Brasil contra o Cruzeiro e a derrota diante do rival alvinegro em partida válida pelo campeonato nacional ligou um alerta: o time repetiu velhos erros e mostrou toda a sua fragilidade para marcar gols.

Esses fatores deixam o clima meio tenso, faltando duas semanas para a finalíssima contra o Cruzeiro, no Mineirão. Em caso de novos tropeços, a situação pode esquentar de vez, tudo o que o clube pretende evitar em um momento tão decisivo.

Acontece que Rueda prometeu foco total na Sul-Americana, que é a principal competição para a equipe no resto da temporada, pois a Copa do Brasil termina neste mês e no Brasileirão o rubro-negro não possui mais esperanças.

Com isso, o colombiano vai usar força máxima na Arena Condá para voltar com um resultado positivo. No entanto, o treinador vai ter que solucionar um velho problema da equipe: vencer fora de casa. O Flamengo não sabe o que é ganhar como visitante desde 8 de julho, quando bateu o Vasco, por 1 a 0, em São Januário. Fora do Rio de Janeiro, o último foi contra o Palestino, quando ganhou por 5 a 2. Depois disso, entrou em campo mais sete vezes, com três empates e quatro derrotas. Só que diante da fragilidade do adversário, a chance do jejum se encerrar nesta quarta-feira é grande.

 

Bem diferente da campanha passada

É sempre difícil comparar o time atual da Chapecoense com o da temporada passada, mas este exercício precisa ser feito e a realidade é que o clube neste ano está completamente perdido. Depois de demitir Wagner Mancini com pouco mais de seis meses de trabalho, os catarinenses rescindiram com mais um treinador, Vinícius Eutrópio, que ficou cerca de 90 dias.

O resultado de toda esta lambança feita pela diretoria é uma equipe que não ganha há quatro partidas, mergulhada na zona de rebaixamento e que só repete a façanha de chegar em uma final de um torneio sul-americano com muita sorte. A fase é tão ruim, que mesmo em casa, se a Chapecoense conseguir até mesmo um empate já vai ser um grande feito.

Nem mesmo a Arena Condá serve de inspiração, afinal, foram apenas três vitórias nos últimos 10 jogos no local. Nas últimas quatro partidas no local, o clube perdeu para Atlético-GO, Corinthians e Cruzeiro, além de não ter passado de um empate com o Bahia.

 

Retrospecto de Chapecoense x Flamengo

Como o auge da Chapecoense ainda é recente, as duas equipes se enfrentaram somente sete vezes em toda a história, com ampla vantagem rubro-negra. O Flamengo levou a melhor em cinco encontros, contra um triunfo dos catarinenses e um empate. Além disso, os cariocas não costumam se intimidar com a Arena Condá, tendo vencido as últimas duas partidas no estádio por 3 a 1. Este será o primeiro confronto entre os clubes em um torneio continental.

Prováveis escalações

As duas equipes chegam com força máxima para a partida. O único desfalque é do lado rubro-negro, que não tem o lateral Renê, pois ainda está se recuperando de lesão.

Chapecoense: Jandrei; Apodi, Douglas Grolli, Fabrício Bruno e Roberto; Moisés, Diego Renan e Seijas; Arthur, Wellington Paulista e Túlio de Melo

Flamengo: Diego Alves; Rodinei, Réver, Juan e Pará; Cuéllar, Willian Arão e Diego; Everton, Berrío e Guerrero.

 

Palpite

Apesar do Flamengo não viver um bom momento, o técnico Reinaldo Rueda prometeu foco total nas competições de mata-mata, portanto, deve chegar mais forte para esta partida, tendo grandes chances de sair vitorioso já na primeira partida.

 

Jogos das oitavas de final da Copa Sul-Americana

Quarta-feira, 13 de setembro

  • 19:15 – Chapecoense x Flamengo. Palpite: Flamengo vence por 2 a 1
  • 19:15 – Sport Recife x Ponte Preta. Palpite: Sport Recife vence por 3 a 1
  • 21:45 – Corinthians x Racing Club. Palpite: Racing Club vence por 2 a 1

 

Quinta-feira, 14 de setembro

  • 19:15 – Fluminense x LDU. Palpite: Fluminense vence por 3 a 1
  • 21:45 – Santa Fé x Libertad. Palpite: Libertad vence por 1 a 0

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar